Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Meu pobre Sporting !

Rui Gomes, em 19.05.18

 

bruno-de-carvalho-et-andre-geraldes__225090_.jpg

 

O "dia mais negro da história do Sporting" parece que está dividido em capítulos e com o passar de cada dia somos confrontados, ou melhor, afrontados, com mais informações e suspeitas sobre o que realmente tem sido o consulado terceiro-mundista do lunático e ainda presidente Bruno de Carvalho.

 

Não duvido, minimamente, que o destino deste desprezível figurante está traçado, e será tudo menos um mar de rosas. A grande dúvida, neste momento, é sobre o que ainda está para vir que arrastará, ainda mais, o honroso nome e história do Sporting Clube de Portugal pelo infame lamaçal.

 

O nosso leitor Fernandes teve a gentileza de me alertar para uma extensa reportagem do jornal Observador, que, confesso, me deixou deveras abatido com o mais que está entre mãos judiciais.

 

A reportagem, intitulada "Operação Cashball quer saber como era fianciado o alegado saco azul do Sporting e desconfia do envolvimento de mais dirigentes do clube", da autoria de Luís Rosa Bruno Ribeiro, começa por descrever o que foi encontrado no cofre situado no gabinete de trabalho de André Geraldes e tudo daí proveniente.

 

Por ser um escrito muito extenso, como já referi, vou apenas transcrever dois parágrafos para dar uma ideia ao leitor do que consta a reportagem. O link devidamente sublinhado acima dá acesso ao artigo, na íntegra.

 

"No caso do Sporting, a grande surpresa chamou-se “cofre” e foi encontrado no gabinete de trabalho do principal alvo daquelas buscas: André Geraldes. Um pequeno cofre com um recheio muito significativo: 63 mil euros e mais uns trocos devidamente acondicionados em vários envelopes. Na face de alguns deles estavam iniciais escritas à mão, enquanto que outros continham documentos".

 

"Estes indícios sobre a existência de um saco azul no Sporting vão levar inevitavelmente à abertura de uma nova linha de investigação que terá mais dirigentes do clube na mira. Os investigadores não acreditam que um funcionário como André Geraldes (que nem sequer faz parte dos órgãos sociais do clube nem da SAD, mas sim de team manager do futebol desde a saída de Octávio Machado, depois de ter sido responsável pelo Gabinete de Apoio aos Atletas e Modalidades) fosse capaz de implementar este alegado esquema sem o conhecimento de outros dirigentes do Sporting. Nesse sentido, o DIAP e a PJ do Porto suspeitam que mais dirigentes poderão estar envolvidos".

 

Como se tudo isto não fosse suficiente para deixar qualquer mente sensata perturbada, verifica-se que ainda existe um bando de supostos sportinguistas que continuam a apoiar o actual presidente e o que resta da sua direcção.

 

Perante este abjecto cenário, não vou dar ensejo ao que verdadeiramente me vai na alma, porque seria linguagem susceptível a censura rigorosa.

 

Muitas perguntas sobre os interesses vigentes dos dirigentes agarrados ao poder. Eis parte da explicação, muito embora, na minha opinião, não explicar tudo, nem de perto:

 

img_FanaticaBig$2018_05_19_08_58_25_1399674.jpg

 

Bem, se alguém estava à espera que Bruno de Carvalho anunciasse a demissão, ficou esclarecido que nada está mais longe da sua mente. O seu monólogo de cerca de uma hora serviu, fundamentalmente, para se apresentar como a maior vítima de tudo quanto se está a passar no Sporting, e ainda para apontar o dedo a uns quantos terceiros a quem atribui um leque de culpabilidades.

 

img_770x433$2018_05_19_12_11_10_1399734.jpg

 

Confesso que quase que adormeci a ver/ouvir a conferência de imprensa de Bruno de Carvalho, e digo isto sem o mínimo de sarcasmo à mistura. Vou tentar, em sinopose, fazer um resumo de alguns temas de maior relevo que o ainda presidente abordou:

 

- A Direcção do Sporting está a ser vítima de bullying e terrorismo;

 

- O maior culpado da actual crise é José Maria Ricciardi, nas suas palavras, o estratega de tudo o que se está a passar, apesar de andar a passar pelos "pingos da chuva";

 

- Apelidou Álvaro Sobrinho (sarcasticamente) de herói nacional e disse que a Holdimo não é a marca ideal para dar nome e prestígio ao Sporting;

 

- Um outro que tem estado à espera de voltar a tentar tomar a tentar tomar o poder à Rogério Alves;

 

- Rui Patrício, pelos vistos, também tem as suas culpas. Foi ele, sem ser confrontado decerto, que chamou nomes aos adeptos que esperavam os jogadores no estacionamento de Alvalade, no regresso da equipa do jogo em Madrid. Também, que o guarda-redes do Sporting não devia ter acusado os tais adeptos de serem pagos para as acções deles.

 

- Ninguém da SAD deu autorização seja a quem for para entrada na Academia no dia da invasão;

 

- Não há juridicamente razões para qualquer jogador rescindir com o Sporting;

 

- Atacou Jaime Marta Soares por várias razões que eu não tomei nota;

 

- Numa próxima Assembleia Geral estará disponível para responder a tudo. Mais do mesmo, as reuniões magnas são sempre o seu milieu mais desejado, onde se sente bem protegido e à vontade para manipular confrontações;

 

- Garantiu que não actos de corrupção por dirigentes do Sporting e que não há saco azul;

 

- Fez referência a Luís Filipe Vieira e ao Benfica, em contexto que eu também não tomei nota, mas alegando que o rival está prestes a eliminar o seu maior inimigo;

 

- Se não percebi mal, Bruno de Carvalho não vai ao Jamor, tentando evitar qualquer confusão pela sua presença;

 

- No epicentro de tudo o que disse estão os termos terrorismo e terroristas, repetido incessantemente, em vários sentidos e em referência a várias pessoas.

 

Bem... a conferência ainda decorre, com perguntas de jornalistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos a 19.05.2018 às 10:34

Rui, como por aqui já o disse eu fui um apoiante desta Direção. Não fujo como os ratos de navio a afundar. Já o disse aqui há dois dias que defendo a saida neste momento de Bruno de Carvalho, até porque também como disse a mim interessa é o superior interesse do Sporting. Volto a frisar estou solidário com os jogadores no ataque em Alcochete, mas não estou com eles em mais nada. Aliás cheira-me que muitos que agora andam a falar bem dos jogadores daqui a uns dias iriam chmar tudo e mais alguma coisa aos mesmos, quando eles começarem supostamente a rescindir(com ou sem razão, não sei), apenas quero os interesses do Sporting. Mas estou em querer em tudo o que tenho ouvido e lido, começo a ver que muitos sportinguistas na ânsia de destruirem Bruno Carvalho, começam a dizer coisas que não tenho qualquer duvida de que irão prejudicar e muito os interesses do clube, sobretudo nessa questão das possiveis rescisões de jogadores. Nessa altura espero que exista alguém que faça esse levantamento para punir de forma severa toda essa gente. Já agora todos aqueles que ainda acreditam que os jogadores amanhã vão a jogo pelos interesses do clube, estão redondamente enganados. Vão a jogo pelos seus próprios interesses e a partir de segunda feira, iremos ver isso com mais acuidade. Defendo efetivamente neste momento a saida de Bruno Carvalho, porque seria o melhor para o clube, mas não me revejo em muita da porcaria e mentiras que a comunicação social anti-sporting e muitos ditos sportinguistas tem dito nestes dias. Por exemplo o desmentido do Jesus é um desses exemplos, mas teremos mais.Para terminar sou solidário com os jogadores no que aconteceu na Academia, mas em mais nada estou do lado deles.
Sem imagem de perfil

De Luis Borges a 19.05.2018 às 16:43

Parece-me que já vem tarde, neste momento os jogadores ainda veem a maioria com BdC e com os jogadores, quando eles queriam que seja: ELES ou ELE.
Os sportinguistas armonizadores que querem o melhor dos dois mundos ainda não perceberam que neste momento tem que optar como BdC está a fazer, tentando puxar para o seu lado o irreal.
Com as novas criticas ao plantel vai ser certo que 2ª feira muitos irão apresentar a rescisão com justa causa, tambem por culpa da posição dos adeptos que tardam em demonstrar sentido de justiça.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 19.05.2018 às 17:33

Caso apresentem a rescisão e são livres para o fazer, apenas espero que o Sporting saiba defender as posições e direitos do clube, quanto a carreiras de jogadores que saiam do Sporting, pouco me preocupa. Aliás apenas apoio jogadores enquanto vestem a verde e branca, caso saim para mim é indiferente que possam ficar o resto do contrato sem poderem jogar por ninguém.
Sem imagem de perfil

De Luis Borges a 19.05.2018 às 18:03

Não sendo eu jurista despertou-me à atenção este comentário:
http://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/comunicado-do-conselho-directivo-4079539?thread=40251571#t40251571

Fui pesquisar e verifico que é sumário e de imediato.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds