Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A contratação de Sinisa Mihajlovic está na origem do mais recente processo movido contra a Sporting SAD, processo este registado no início desta semana no portal Citius. A Golden Goal International Management reclama 323 mil euros, valor que, de acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, diz respeito a uma comissão devida à referida empresa pela intermediação do negócio do treinador sérvio.

Mihajlovic assinou com o Sporting a 18 de Junho de 2018. Nesse dia, a SAD liderada por Bruno de Carvalho comprometeu-se a pagar a mencionada comissão à agência, cujo director-executivo é Óscar Dias. O contrato entre o Sporting e a Golden Goal está validado pelas assinaturas do antigo presidente dos ex-administradores Carlos Vieira e Rui Caeiro.

img_920x518$2020_08_29_01_25_36_1746763.jpg

Bruno de Carvalho haveria de ser destituído, em Assembleia Geral, apenas cinco dias depois da contratação de Mihajlovic, a 23 de Junho de 2018. A 27, já no mandato de gestão de José Sousa Cintra, antecessor de Frederico Varandas, o técnico foi despedido, contra o conselho do próprio departamento jurídico da SAD, uma vez que o período experimental invocado, na verdade, só começava a 1 de julho.

Em virtude deste erro do antigo presidente Sousa Cintra, o Sporting foi condenado pelo TAS (Tribunal Arbitral do Desporto), na Suíça, a indemnizar o treinador em 3 milhões de euros. O montante exigido, agora, em tribunal pela Golden Goal poderá aumentar os custos com Mihajlovic em, pelo menos, 323 mil euros. E a factura não está fechada, para desagrado da actual Direcção.

Imposto retido e penhora sobre receitas da UEFA

Dois anos depois, a saída de Mihajlovic continua enredada em acções judiciais. Além do processo da Golden Goal, o Sporting enfrenta um recurso relacionado com a indemnização do TAS. Os leões foram condenados a pagar 3 milhões de euros (o treinador pedia mais de 11 milhões!) e fizeram-no no final de Abril, retendo 25% do valor para descontos legais, ou seja, 750 mil euros.

A defesa de Sinisa Mihajlovic entende que o sérvio tem direito aos 3 milhões e não a 2,25 M€, tendo avançado com queixas na UEFA sobre a licença para as competições europeias, e num tribunal comum na Suíça, onde mantém sob penhora futuras receitas do Sporting na Europa. Um caso (ainda) sem fim à vista.

publicado às 04:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 30.08.2020 às 08:31

"A 27 (...) foi despedido, contra o conselho do próprio departamento jurídico da SAD, uma vez que o período experimental invocado, na verdade, só começava a 1 de julho"

Ou seja, bastaria que se tivesse esperado 4 dias e o Sporting não teria de pagar nada.

Sousa Cintra a ser Sousa Cintra..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2020 às 12:30

Disse bem... Sousa Cintra a ser igual a si próprio.
Sem imagem de perfil

De Eduardo a 30.08.2020 às 16:53

O Sousa Cintra pensou que estava a despedir um tugazito lá na fábrica que depois se ia queixar ao sindicato e andava 10 anos no tribunal para receber 1 pão com queijo!!
Sem imagem de perfil

De RCL a 30.08.2020 às 08:57

Afinal para que serve o departamento jurídico, se não é ouvido?
Cintra gosta de "fazer", já foi assim com Robson.
Eo Sporting aguenta tudo!
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2020 às 12:31

Dar ouvidos a terceiros nunca foi uma virtude de Sousa Cintra.
Sem imagem de perfil

De José Silva a 30.08.2020 às 11:42

Sousa Cintra merece todo o respeito mas, cometeu mais uma vez um erro grave que ainda ! continua a prejudicar o Sporting, SE é verdade que se aconselhou com o departamento jurídico à altura, então este deveria ser responsabilizado e demitido.Aguardemos pelos próximos capitulos.
Sem imagem de perfil

De Manuf a 30.08.2020 às 11:55

Sr. José Silva,
O senhor nao percebeu. O departamento jurídico desaconselhou o Sousa Cintra a fazer o que fez ou seja, a demitir o treinador sérvio.
Assim sendo, porque carga de água é que o departamento jurídico devia ser demitido?!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2020 às 12:29

Tem razão. As decisões são tomadas pelo executivo do Clube ou da SAD e não pelos advogados ao serviço do Sporting.

A culpa é total e exclusivamente de Sousa Cintra, após outro erro grosseiro do ex-presidente destituído ao contratar um novo treinador a escassos dias da AG.
Sem imagem de perfil

De William a 30.08.2020 às 17:55

Mais um caso em que quem prejudica o clube continua sem se preocupar com as consequências dos seus actos.

Sousa Cintra igual a si próprio..

SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo