Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mudam-se os tempos…

Leão Zargo, em 19.07.15

 

18645634_4GFSl.jpg

 

“Estamos a construir uma equipa que nos permita lutar por títulos. Queríamos contratar jogadores com mais experiência que acrescentassem mais-valia ao plantel. É esse trabalho que estamos a fazer com o treinador e penso que as pessoas estão a ficar contentes com os reforços. Vamos continuar a colocar o Sporting como candidato assumido para ganhar os títulos nas competições que vai competir.” Bruno de Carvalho, A Bola (18.7.2015)

 

Mudam-se os tempos… ainda há um ano prevalecia o discurso de se contratarem jogadores “jovens, baratos e de elevado potencial”. Em apenas dois anos foram mais de vinte! De repente, como se nada de relevante tivesse acontecido, alterou-se o discurso e optou-se por “jogadores com mais experiência que acrescentassem mais-valia ao plantel”. Uma mudança assim parece revelar uma confissão de fracasso estratégico, embora não assumido por Bruno de Carvalho.

 

A explicação para a nova estratégia decorre, essencialmente, de duas teorias preconizadas de acordo com o enfoque do observador: verificou-se uma mudança de poder no Sporting ou a banca credora reforçou os cofres da SAD.

 

Sendo assim, é natural que muitos sportinguistas questionem, agora, o que é que falhou com as contratações dos dois anos precedentes e se, afinal, na época anterior não haveria condições efectivas para aspirar a mais do que ao 3º lugar no campeonato da Liga e à conquista da Taça de Portugal. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:07

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


58 comentários

Sem imagem de perfil

De Smoker a 19.07.2015 às 12:46

http://www.cortinaverde.pt/tag/uma-defesa-arrasadora-em-nome-de-bruno-de-carvalho-baseada-no-ataque-impiedoso-a-quem-critica-o-presidente-do-sporting/
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 12:54

smoker

Permita que lhe diga que a conversa do novo gestor para as relações internacionais é fraca e não vai além de alguns lugares comuns. Li e reli, mas o que me ficou na memória, para além de papagaios e gaiolas, da lata e hipocrisia e dos croquetes e taças de champanhe, foi uma longa vénia ao “doutor Bruno de Carvalho”!
Sem imagem de perfil

De Filipe Costa a 19.07.2015 às 12:47

A explicação é simples e fácil de entender: os projectos não são estanques nem imutáveis. Há essa coisinha chamada EVOLUÇÃO, pensar a médio-prazo.

Os jovens contratados... continuam lá. O potencial continua lá. Paulo Oliveira, Jonathan, Gauld... O que se está a fazer agora é a consolidação e complementação dessa aposta, com mais experiencia.

A EVOLUÇÂO explica e implica que após o 7º lugar e desastre herdado pela anterior direcção é alucinante pensar que nas duas época seguintes se pensasse em ser campeão, ainda que se assumisse a natural candidatura no ano passado.

Tendo-se mantido a maior parte dos jogadores, com mais experiencia tanto dos jovens que chegaram como dos mais velhos que agora entram, é natural que os objectivos se redefinam

É assim, a EVOLUÇAO
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 12:58

Filipe Costa

Prezo essa teoria evolucionista, mas a verdade é que não cola com a realidade. A "estrutura" do ano anterior foi despachada, temos novos protagonistas a decidir na área do futebol, o treinador que antes seria uma "peça" passou agora a decisor...

Fico à espera de uma teoria melhor fundamentada e que não venha com as bengalas do costume.

Sem imagem de perfil

De Filipe Costa a 19.07.2015 às 17:40

Ó Leão Zargo, qual "bengala"? Se você esperar que os outros escrevam apenas o que você quer ler, nada do que se escreve lhe vai agradar... E vai sempre refugiar-se nessa da "bengala"...

A realidade mostra essa EVOLUÇÃO que, sim, é feita de MUDANÇAS! A estrutura, modificada, diferente, está lá. O presidente é o mesmo, muda o treinador, o objectivo continua a ser o mesmo: aproximar o Sporting das exigências de ser Campeão.

Se tudo se mantivesse na mesma... aí é que não, não é melhorias, nem crescimento... nem evolução.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:47

Filipe Costa

Louvo a sua confiança e credulidade. No entanto, não queira impor a outros uma espécie de "bloqueio" quando apenas querem perceber o que se passa e fazem questão de manter espírito crítico.

Uma coisa e outra não impedem BdC de gerir e JJ de treinar. Não vale a pena exagerar quanto às consequências para o Sporting.
Imagem de perfil

De Profeta a 19.07.2015 às 13:05

Há males que vêm por bem. Após a porcaria feita na época passada, tanto com o treinador, tanto com os jogadores, só desembolsando uma fortuna para contratar o Jesus, é que ele não perderia popularidade, pois era impensável o Marco Silva permanecer no Sporting após tudo o que lhe fizeram!
Tenho pena da forma como o Marco Silva saiu, mas os verdadeiros Sportinguistas não têm nada contra ele!
Assim, Bruno de Carvalho está hoje obrigado a estar calado e quieto no seu cantinho, e deixar o futebol para quem sabe, sob pena, de continuar a dizer merda, e a não lhe darem segundas oportunidades!!! Pois Jesus já anda nisto há muitos anos, tem uma carreira feita, e com ele ninguém come arroz; ao contrário do Marco Silva, que apesar de excelente treinador, é ainda um treinador de baixo-perfil dada a sua curta carreira!
Foi inclusive obrigado a engolir um sapo como Octávio Machado, que disse há uns tempos que BdC era intelectualmente-desonesto, defendendo Marco Silva! Foi obrigado a engolir o sapo chamado Manuel Fernandes!!
Ora assim é que eu gosto...
Só falta o presidente sair do banco, e parar de dizer disparates! De resto, este Sporting de Jesus está a montar uma equipa interessantíssima, na minha opinião!
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.07.2015 às 13:37

LOL é correr com BdC esse malfeitor!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 14:22

Profeta

De facto, analisando o que se passa no futebol do Sporting é lícito concluir que o tempo de BdC já lá vai. Ocorre-me com frequência essa convicção.
Agora, chegou a vez de outros protagonistas e BdC ficou apenas com a função institucional e administrativa, para além das modalidades desportivas.
Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 19.07.2015 às 20:23

Agora o Zargo "deixou-me preocupado"...
"...O tempo de BdC já lá vai..."?

Não me diga que vamos voltar ao tempo do GL...?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 20:58

Max

O tempo não volta atrás, felizmente. Creio que o Max percebeu que me refiro ao exercício do poder no Sporting actual e que houve uma redefinição do mesmo com a chegada de Jorge Jesus.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.07.2015 às 20:52

Mas que raio de coisa é esta, O tempo de BdeC acabou? Há muito tempo que não via nada que representasse tanto a a confusão entre o desejo e a realidade. Mas em que mundo é que vivem. Felizmente para o meu Sporting não é neste!

Vitor
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 21:01

Vítor
É uma opinião, de facto, não sendo uma confusão entre o desejo e a realidade. De qualquer forma dentro de pouco tempo perceberá melhor o que afirmei. Em dois ou três meses, no máximo, tudo ficará mais claro.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.07.2015 às 16:39

Uiiiiii!! se fossemos a falar de sapos!! e da QUANTIDADE de gente que teve que os engolir!
Sem imagem de perfil

De Fernando Pais a 19.07.2015 às 13:11

Só vocês é que não mudam nada!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.07.2015 às 13:41

Se se refere que recusamos abdicar do nosso direito a liberdade de expressão, é bem verdade.

Curiosamente, salvo ao prestar vassalagem ao Bruno, não abdica da sua !
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.07.2015 às 13:17

A minha leitura da politica de contratações até agora é esta:

1º ano de BDC (com LJ):
- com o pouco dinheiro disponível tentar construir um plantel +/- competitivo, baixando os gastos com salários e tentando colocar as 2ª linhas (+caras) fora do pais, apostando em jogadores essencialmente internacionais pouco conhecidos (Montero, Slimani), Mauricio, Jefferson, Magrão pelo baixo custo e outros por empréstimo Vitor, Piris e Welder.

2º ano com MS
- com alguma folga financeira tentou-se apostar em jovens internacionais pelas suas selecções com potencial(apostar no "potencial" tem muito que se lhe diga), com vista ao crescimento e valorização dos jovens jogadores.

3º ano com JJ e com a maior exigência dos últimos anos:
- Passadas as 2º primeiras fases avançou-se agora para uma 3º onde se procuram jogadores feitos com experiência (Brian Ruiz, Teo, Ciani) e negócios de oportunidade (O GR Esloveno, Naldo!?... só compreendo esta contratação pela lesão do Ewerthon).

Neste 3º ano não se poderia repetir a aposta do 1º ano porque é necessário elevar o nivel da equipa, a aposta do 2ª ano também dificilmente elevaria o nível da equipa ... por tudo isso a aposta deste ano parece-me correcta.

A realidade que vivemos não é estática é dinâmica ... e no futebol mais ainda.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 14:32

Sérgio Palhas

Essa teoria nunca foi delineada em tempo anterior. Aliás, basta ler o que BdC afirmava até ao fim de semana do jogo da final da Taça para concluir que isso não corresponde ao pensamento e à realidade do presidente.
Na verdade, os acontecimentos foram velozes nos dias a seguir a 31 de Maio, mas o que se está passar é algo de absolutamente novo e imprevisto.
Há todo o pensamento de BdC para o futebol do Sporting que foi apresentado na campanha eleitoral e durante dois anos em sucessivas entrevistas.

Posto isto, é natural que muitos sportinguistas considerem que houve uma redefinição da estratégia de um ponto de vista financeiro, desportivo e institucional (verificar o que se passou com o sorteio dos árbitros e agora com a presidência da Liga), e que essa alteração foi imposta por quem não estava directamente ligado ao exercício do poder.

Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.07.2015 às 14:46

O Zargo persiste mas não concretiza de onde vem a ideia que há mudança no capital sociedade ou então mudança na liderança do SCP , vai insinuando no: ou é assim ou é assado , mas ninguém vê a carne de que fala o Zargo.

A mudança visível não é sequer o perfil dos jogadores , mas sim na questão da massa salarial e do teto individual que me parece ter subido para o dobro para permitir maior competitividade ao SCP.

1M de euros ano limpos é o que me parece ser o máximo a que o SCP pode chegar , e aumentará certamente a competitividade visto que por exemplo do outro lado da segunda circular o administrador financeiro pretende um teto de 1,2M.
Dentro daquilo que é a minha visão , o Sporting conseguiu algo positivo após ter dado provas de gestão financeira 2 anos seguidos com todos os exercícios operacionais positivos , mas o ideal seria não ter um teto salarial individual , pois para mim 5+5 é igual 8+2 ou 6+4 , foi esta ma das razões pelas quais não conseguimos ter Douglas.

Sporting é um clube condicionado pelos credores , isso não quer dizer que os credores mandem no clube , o que foi conseguido foi mais suavidade na reestruturação financeira.

Terá de nos explicar o que é fracasso estratégico , quando nos 2 últimos anos o Sporting conseguiu as melhores pontuações da década , sendo que num ficou à frente do FCP , passando o playoff estará pela 7ªvez na fase de grupos , isto de um clube que estava na ruína e totalmente falido financeiramente e moralmente.

Os 30 e tais jogadores não impediram o relativo(!) sucesso desportivo nem o sucesso financeiro ( todos os exercícios operacionais positivos pela primeira vez na Sporting SAD) , logo não se compreende onde há falhanço estratégico.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 15:00

m1950

Eu não insinuo, pois afirmo que há uma alteração estratégica que é evidente na nova estrutura para o futebol, no reposicionamento do poder no clube, na contratação de jogadores e na intervenção institucional.

A leitura que cada um faz perante a nova realidade leonina depende de vários factores que até serão legítimos. Cada um utiliza a sua grelha de análise para avaliar o que se passa à sua volta. Sempre foi assim.

Quando falo em fracasso estratégico refiro-me à teoria que determinou a acção da Direcção durante cerca de 26 meses. Basta consultar os jornais. Considerou-se que a estratégia anterior não conduziria às vitória em tempo útil.

Entretanto, há um novo paradigma que decorre do poder do treinador e das pessoas que ele escolheu para o acompanharem que respondem perante ele. É uma realidade desconhecida durante a gestão de BdC.



Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.07.2015 às 20:49

Tem pregado várias vezes , Álvaro Sobrinho , Ricciardi , perda da maioria da SAD ( na qual votou) e não concretiza nem explica as bases que tem para essas suposições.

Refere que há mudança de poder em Alvalade , porque ?

" uma alteração estratégica que é evidente na nova estrutura para o futebol, no reposicionamento do poder no clube, na contratação de jogadores e na intervenção institucional "

Se há hoje credibilidade financeira que nos permite aumentar o nosso teto salarial com o aval dos credores perante o nosso programa de reestruturação financeira , foi porque antes gastamos pouco e tivemos resultados ( não falhanços) e hoje há um aumento em 100% do teto salarial do SCP mas mesmo assim o rigor financeiro mantém-se. Uma coisa é ter estratégia para andar a lutar para estar sempre nos 3 primeiros , outra é lutar para ganhar.

Após 2 anos , o Sporting tem hoje ativos intangíveis de valor como é o caso dos jogadores que percebemos que pelo menos a maioria do 11 tem mercado , e alguns mesmo teem excelente mercado.

O passo em frente não significa que alguma coisa falhou significa que alguma coisa melhorou. Nunca o Sporting insano a nível de contas poderia estar a oferecer salários de 1M limpos a 5 jogadores como vai fazer agora. Como diz o povo só os burros não mudam , e não compreendo o celeuma e a questão em relação à mudança de agulha na política de contratações quando podemos afirmar que o Sporting teve sucesso desportivo tendo em conta o seu atual enquadramento nessas mesmas épocas , sucesso esse que se aliou a sucesso a nível das finanças.

Não compreendo muito bem o que se procura , sinceramente , quanto mais ver um falhanço estratégico confessada por quem nos lidera.

Estou aqui a fazer um analise aos plantéis dos rivais , e diria que o Sporting tem tanta qualidade como o Benfica , mesmo a nível de mercado serão porventura equipas semelhantes , sendo que o Porto vai à frente.

"Entretanto, há um novo paradigma que decorre do poder do treinador e das pessoas que ele escolheu para o acompanharem que respondem perante ele. É uma realidade desconhecida durante a gestão de BdC."

O Sporting ao contratar Jesus , sabe perfeitamente que é assim que ele trabalha , o paradigma passa por termos um dos melhores treinadores do mundo , e que leva homens que pensa que vão reforçar a estrutura do Sporting , da minha parte estou de acordo com as escolhas.

Eu vejo o clube a evoluir , mas outros preferem ver que está assumir que falhou a sua estratégia , é como diz o Zargo cada um tem a sua visão sobre as situações.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 21:11

m1950
Estou absolutamente convicto que antes de 2025 uma ou duas entidades particulares terão a maioria na Sporting SAD. Tal como estão as coisas é inevitável afirmar que Álvaro Sobrinho será uma dessas pessoas (ou entidades).

Creio que o m1950 concordou comigo relativamente à reconfiguração do poder no Sporting que implicou remeter Bdc para funções mais restritas e Inácio para uma prateleira dourada.
Isso não é necessariamente mau, até será benéfico em termos competitivos e institucionais. Concretamente, há uma racionalidade na gestão do Sporting que antes não existia.

Jorge Jesus é parte incontornável da nova realidade e admito que BdC a aceitou. Isto é, o instinto de sobrevivência de BdC "disse-lhe" que "o que tem de ser tem muita força", como na canção dos Deolinda!
Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.07.2015 às 21:20

Continua a fazer suposição e escrevendo proposições sem as concretizar e mostra a sua base além de convicções , de onde oarte a sua convicção que o Sporting perderá a maioria da SAD antes de 2026 ( correção).

Concordei onde e como com a reconfiguração de poder que descreve ?

Meter o BdC em funções mais restritas ??? Quem ? Os sócios que eu saiba elegaram o BdC. Colocar o Inácio numa prateleira dourada ? Sabe qual era o cargo do Beto do SCP ? Sabia que era um cargo vazio , não foi inventado para se entregar ao Inácio. Inácio foi afastado da estrutura de futebol , porque é incompatível com o novo treinador.

"Jorge Jesus é parte incontornável da nova realidade e admito que BdC a aceitou. Isto é, o instinto de sobrevivência de BdC"

Aceitou ? Não me diga que ele foi forçado a receber Jesus no Sporting , este tão indesejado treinador.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 21:39

m1950
Ambos estamos convictos do que cada um afirma. Sendo assim, o melhor é aguardar alguns meses porque tudo isto ficará clarificado em pouco tempo.

Não é justo comparar o Inácio com o Beto. O Inácio foi a alavanca que permitiu o desconhecido Bruno de Carvalho ser aceite por muitos sócios na campanha de 2011 e, depois, conquistar o poder em 2013. É membro dos corpos gerentes e tem um peso que o Beto nunca teve. A prateleira dourada foi a solução necessária para quem desempenha um papel incontornável no Sporting actual.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.07.2015 às 16:47

Nao entendo porque se insiste tanto na mesma lenga lenga , nas mesmas explicações , que necessidade á para tanta explicação quando os resultados estão á vista em que não á comparação possível, a diferença é da noite sombria e neblosa para o dia com sol radioso , é da vida para a morte?
Tanto bla bla bla sem sentido.
Mas qual é o adepto ou que tipo de adepto do clube gostaria de voltar ao passado recente?
Não entendo...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 16:54

Julius
Cada um é livre de avaliar e questionar a realidade e os acontecimentos. Não é com uma conversa pretensamente superior e com invocações de "lenga lenga" e "bla bla bla" que convence alguém da sua razão.

Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.07.2015 às 17:00

nao á conversas com pretenções de superioridade,longe disso, é que as explicações repetem-se e repetem-,cansa , ninguem com bom senso quer voltar a viver o drama que se viveu em tempos recentes, asfixia total. Ainda nao está bem é verdade (perfeito nunca estará) mas está melhor, já se pode respirar , á que aproveitar estas novas "bases" e nao deixar que volte a acontecer.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:10

Julius
Cada um estabelece a sua medida. Por enquanto ainda é assim.
No Sporting não há crítica a mais, mas durante muitos e muitos anos houve vigilância a menos. Quem governa tem a preocupação de prestar contas e aguentar com nervos de aço.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.07.2015 às 17:19

Os sportinguistas hoje estão mais vacinados que nunca, mas apela-se á contenção de exageros , os exageros nunca trouxeram nada de bom, á que ter o senso de alguma moderação e equilíbrio mantendo a crítica justificável.
À que dar alguma liberdade e crédito mínimos que sejam a quem trabalha o presente do clube neste momento , estarmos atentos sim mas nao entrarmos numa ideia de política do contra tudo o que mexe sem que seja primeiramente analisado correctamente e com isençao.
È só disso que comento.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 18:19

Julius

E quem que define o que é a "crítica justificável"? Quem é que estabelece se o copo ainda está vazio ou se já está deitar por fora?
Sem imagem de perfil

De J. a 19.07.2015 às 15:26

Só há uma coisa que não percebo na sua análise.
Se a politica de contratações foi assim tão fraca nestes ultimos 2 anos, como é que se conseguiu então um tão grande upgrade em função daquilo que tinha sido o Sporting?
É claro que não deu para ser campeão, mas ter conseguido um apuramento directo para a Champios e uma Taça de Portugal tendo em conta também que Porto, Benfica e até o Braga continuam a apostar forte, é algo que deve ter tido algum mérito.
Digo eu...

Por fim, na final da Taça entraram em campo : RP, Cedric, P.Oliveira, Ewerton, Jefferson, William, J.Mario e Adrien, Nani, Carrillo e Slimani.
Destes 11, 5 foram reforços desta direcção, outros 5 vieram da formação e apenas 1 foi contratado anteriormente.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 15:45

J.

Refiro na resposta a m1950 que a estratégia levada a cabo durante dois anos não permitiria a vitória (isto é, o que na cúpula do Sporting se entenderá por vitória) em tempo útil. Obviamente, este "tempo útil" é até às eleições de 2017.

Assim, foram tomadas decisões relativamente à equipa técnica e à contratação de jogadores que não encaixavam no padrão anterior.

Depois do 7º lugar, era previsível que o Sporting regressasse ao seu estatuto normal em termos competitivos. Aliás, aconteceu noutros anos em que se obteve a "pior classificação", que na altura era o 5º lugar, o Sporting ser campeão na época seguinte.


Sem imagem de perfil

De J. a 19.07.2015 às 16:16

Acho que não de podem comparar com outras épocas do futebol, onde se calhar o tema financeiro não era assim tão decisivo na competição entre as diferentes equipas.
Ainda me lembro de ver por exemplo um Sporting-Real Madrid em Alvalade e ver que as equipas até não eram assim tão diferentes assim....e não foi há tanto tempo assim!!!

O Sporting teve que conseguir um apuramente directo para a Champions e uma Taça de Portugal, contra duas (para não dizer 3) equipas em alta a nivel de orçamentos, contratações, apoios de empresários, etc.
E conseguiu isso pelo seu próprio pé, por seu próprio mérito e rigor na sua gestão e actividade.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 16:33

É o J que estabelece uma comparação com o passado, o que se compreende apesar das diferenças temporais de vária ordem. Quando se refere o presente também se perspectiva o futuro, o que também não constitui problema em termos de análise.

O post procura reflectir sobre a realidade actual e os paradoxos com que se confronta. Estes não me surpreendem, apenas procuro descortinar o que se passa apesar da ausência de explicação oficial, para além de meia dúzia de banalidades demasiado óbvias.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 19.07.2015 às 16:34

SL
Mais uma vez....
Se ataca BdC porque no passado disse...
E porque alterou a sua "estratégia"...
E porque assim ou "assado"...
Ainda nem a bola rola no campo e já criticamos tudo e todos... por ventura teremos dinheiro para os jovens que estão no mercado?
Porque não fazer um MIX dos jovens que temos como a experiência dos que estão a chegar??? Será isso errado?
Caro Leão Zargo... Nunca disse uma coisa num ano e no seguinte disse o oposto ou diferente..... bem se NUNCA o fez... acredito que seja muito avesso a mudanças!
Deixem a bola rolar...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:02

PSousa
Ainda ontem, BdC invocou numa entrevista ao JN a transparência do clube e a informação aos sócios, considerando que o que se passa no Sporting nesse aspecto não acontece em mais nenhum clube em Portugal.
No entanto, nada é explicado aos sócios e sportinguistas em geral sobre o que de facto acontece. Há quem não se importe e lhe baste a bola a rolar, mas há quem queira a bola a rolar e perceber o que se passa no clube.

Durante muitos anos os sportinguistas quase que não perguntaram e confiara. O resultado ficou à vista durante a gestão de Godinho Lopes. É natural que muitos agora sejam mais exigentes e questionem quem dirige o Sporting.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 19.07.2015 às 17:08

É giro e "engraçade" ...
Agora é que estão mais exigentes??? Porque não o foram sempre e prestaram vassalagem aos que gostavam...olhe de mim, nem este nem outro presidente.... só mesmo SPORTING!
O que estranho é a critica permanente a quem está a tentar de tudo para ver o SCP no topo dos topos... ora se critica porque a aposta nos jovens não dava.... ou agora se critica porque fomos "comprar" experiência... acha que isto é exigência? A meu ver é critica... só porque sim...!
Se querem saber do que se passa em Alvalade, vão lá, perguntem, andem nas assembleias e etc... mas não critiquem... façam chegar as vossas ideias ao local certo, quem sabe não são postas em prática!
Eu quero é ver a bola rolar...para ver estas novas aquisições que espero que me venham dar uma ALEGRIA que não tenho ....
Não foi a Taça de Portugal que me encheu as medidas... vamos ver se este ano há melhor!....
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:18

PSousa
Ainda bem que isto tudo é "engraçade". Antes assim. De resto, não me convence a sua lógica dos "todos bons" de um lado e dos "todos maus" do outro pois considero que terá consequências nefastas para o clube.
E não vale a pena estar a confundir-me com gestões anteriores do Sporting porque a realidade é mais dinâmica e plural do que, pelos vistos, imagina!

Sem imagem de perfil

De PSousa a 19.07.2015 às 17:23

Meu caro...
Eu não digo que são todos bons ou todos maus....
Mas questiono eu porque só agora se levantam as vozes? Porque não se levantaram com Godinhos, Roquetes, etc...?
Eu não confundo ninguém com gestões anteriores nem com nada...até porque eu conheço muito pouco os quadros de qualquer direcção do SCP...porque para mim só mesmo o SPORTING em campo é que me interessa... o que eu fico "triste" é de diariamente temos um "ataque" ao SCP, seja pela via do seu presidente, seja por que fomos contratar este ou aquele jogador... e dizemos nós que somos do SPORTING!!!
Deixem a bola rolar... poucos conhecem os que vieram... porque criticar antecipadamente??? Parecem os do outro lado da circular... são sempre campeões mesmo antes de começar a bola a rolar!!!!
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:34

PSousa
Provavelmente não se lembra, mas houve vozes que se levantaram durante as gestões de Soares Franco, Bettencourt ou Godinho Lopes. Era uma minoria, é certo, mas que esteve sempre presente nas assembleias gerais, na Ofensiva 1906 ou no blogue Visão Leonina.
Aliás, foi essa oposição que criou condições para o aparecimento de BdC nas eleições de 2011 amparado ao braço de Inácio, pois ninguém sabia quem ele era. E muitos dessa oposição acreditaram em BdC.
Imagem de perfil

De Profeta a 19.07.2015 às 17:46

Nos últimos 30 anos, tivemos 11 presidentes!!!

Se há clube em que sempre se questionou tudo e todos, penso que terá sido o Sporting, dada a tanta instabilidade directiva...

O que me começa a incomodar, é os complexos que este presidente populista está a meter na cabeça de muita gente. Antes de BdC são todos uns merdas de uns incompetentes e vigaristas, e ele em tudo o que toca é ouro !

Isto será justo para o Sporting???

Ele só não tem mais simpatizantes por culpa própria. Porta-se como um garoto!! Mas qual é o presidente de um clube como o nosso, que anda a vasculhar o facebook para processar sócios?? Qual é o presidente que precisa de um Zé dos tacho para difamar o treinador com quem não soube coabitar, para que fosse mais fácil o seu despedimento??? Queres que meta aqui mais podres do BdC que faz com que muita gente não goste dele??

Até o Octávio Machado que está hoje no Sporting pela mão do Jesus, afirmou há tempos que ele é intelectualmente desonesto !!! LOL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:51

Profeta
Fez bem em recordar que o Sporting é um clube onde se preza a liberdade de espírito. Por alguma razão, o clube distingue-se dos rivais.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 20.07.2015 às 12:30

Caro Profeta,
Da minha boca não ouviu que tudo o que era antes de BdC era mau!
O que eu acho é que há mais criticas a BdC no seu mandato do que no total das direcções anteriores.
E nem digo que tudo o que toca é Ouro, porque também não consigo saber tudo e sobre tudo... e não sei o que o futuro nos dirá!
Espero que seja para bem do SCP...
Assim como só neste presente é que estamos a ver alguns "erros" de anteriores direcções.... só devemos ter conhecimento dos erros desta no final do mandato ou quando forem substituídos....
Vamos esperar que o futuro seja melhor e com as boas e más decisões da direcção o nosso SCP seja o melhor de Portugal...
SL
Sem imagem de perfil

De NunoAmsterdam a 19.07.2015 às 16:44

Outra vez arroz????Voces não se cansam sempre a bater no mesmo?Se são jovens .... Estamos mal porque não existe experiência ....se agora se contrata jogadores com mais experiência é o assumir dos erros da época anterior ...enfim todos os dias o mesmo e parecem umas cassetes gravadas e de má qualidade .
Queiram ou não queiram vão levar com ele (BDC)por muitos anos e é melhor começarem a preparar mais posts e puxar pela imaginação e peço eu não seja tão repetitivo como agora .... É que não passa disto.
Espero que de facto seja por vossa coincidência e não de outros que têm interesses próprios e sabem muito bem do que estou a falar.


Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 17:05

NunoAmsterdam

Não compreendo por que razão se dá ao trabalho de comentar este post considerando o seu optimismo perante o futuro do Mestre e o desprezo por quem cozinha arroz todos os dias. Surpreende que perca o seu precioso tempo!
Sem imagem de perfil

De NunoAmsterdam a 19.07.2015 às 20:07

Leao Zargo,

Só quero que me diga uma coisa .
Ficamos a perder com a vinda de BDC que está a elevar nosso clube quer financeiramente quer desportivamente ?e não falo só no Futebol.
Ficamos a perder com a vida de JJ?
Estes jogadores contratados nao transmite mais confiança?

Considero que seja uma pessoa justa ....então seja justo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 20:55

NunoAmsterdam


Quando se estabelece uma comparação tem de ser em termos razoáveis. Percebo onde é que quer chegar, mas respondo directamente e com franqueza.

Se estabelece a comparação entre Godinho Lopes e Bruno de Carvalho dir-lhe-ei que nos parâmetros que refere, no imediato, a gestão de BdC é inquestionavelmente superior à de GL. No entanto, temos de aguardar pelo final do mandato de BdC para concluir sobre o estado em que deixará o Sporting.

Como sabe, o treinador está muito dependente dos resultados. Frequentemente é injusto, mas é assim que os adeptos avaliam. O caso de Jorge Jesus não é diferente, pelo que é melhor esperar algum tempo.




Sem imagem de perfil

De TARB a 19.07.2015 às 18:56

Todo o mundo é composto de mudança/ Tomando sempre novas qualidades. Eu diria que a estratégia tem de ser actualizada consoante as condicionantes do momento. Há um termo em biologia evolutiva que define isso muito bem "adapt or perish"! A coerência é um princípio que deve ser estimado, mas no limite pode levar à extinção. Portanto, se há meios este ano para comprar jogadores feitos para lutar pelo título, porque não mudar a estratégia? Nos últimos 2 anos os meios eram escassos, daí que tentar comprar jovens com potencial e tentar valorizá-los pareceu-me, em teoria, uma abordagem correcta. No entanto, concedo que não teve grande critério.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 19:40

TARB
Compreendo que a sua argumentação é quase irrefutável no que se refere à dinâmica evolutiva e ao próprio paradoxo da coerência.
O que me incomoda e constitui motivo do post é a alteração estratégica que se desenrola perante os nossos olhos e que é justificada com o recurso a argumentos para crianças. A própria colocação de Inácio numa prateleira dourada foi apresentada como uma promoção!

Considero, ainda, que esta alteração estratégica implicou uma redefinição do poder no Sporting, à custa de BdC.

De resto, não vejo grande mal em tudo isto, seja na nova estrutura do futebol, na alteração da área de competências de BdC ou nova linha de intervenção nas instituições desportivas. Quem não se adapta fica pelo caminho!
Sem imagem de perfil

De m1950 a 19.07.2015 às 21:12

"Considero, ainda, que esta alteração estratégica implicou uma redefinição do poder no Sporting, à custa de BdC."

Foi isto que questionei e não me respondeu.

De onde tira que há uma redefinição de poder no SCP à custa de BdC ??

LFV tinha menos poder por causa de JJ , ou o Pinto da Costa tem menos poder por causa do Lopetegui ? Quem tem o poder , é quem tem o graveto , o Jesus não gere o orçamento do Sporting que eu saiba , tem os mesmos poderes que Lopetegui tem no FCP , no entanto este tipo de conversa só existe no Sporting , muito porque se pretende subalternizar a figura de BdC perante Jesus. Esta é a forma de trabalhar de Jesus , são as condições que o Sporting aceitou e concordou , e não compreendo a razão pela qual existe esta novela persistente e repetitiva , mas o Zargo nos comentário já diz : "que é lícito pensar que o tempo de BdC já lá vai".

Basicamente é a oratória que tenho vindo a dizer que é a que oposição segue , subalternizar a figura de BdC perante Jesus , fazendo dele um rainha de Inglaterra , em caso de vitória é porque Jesus ganhou e BdC não "meteu o bedelho" (como diz a CarlinhaMR) , em caso de derrota é porque o projeto de BdC falhou e tem de ser "corrido" (como diz o City). De qualquer forma pode-se concluir que ganhando BdC não tem nada com o assunto , e até pode vir um novo Presidente , visto que é um vegetal na estrutura do Sporting , a carne está no Jesus e pode ser mantida.

São truques de escrita que pessoas como eu , antecipam muito facilmente.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 19.07.2015 às 21:32

m1950
Tem toda a razão, quem tem o graveto é quem tem o poder. Ora, no Sporting não é BdC quem tem o graveto e é fácil saber que o tem.

Sobre a reconfiguração do poder no Sporting aconselho-o a fazer uma análise comparativa do que BdC afirmava até 31 de Maio e o que passou a dizer a partir dessa data. Refiro-me, concretamente, a quem tem capacidade decisória no Sporting.

Isto não é um truque de escrita, obviamente, pois decorre da análise e da observação atenta. Acrescento que não voltará a ouvir BdC a ler a lista de reforços de Inverno nem a escrever no facebook sobre o jogo da véspera. E isso não acontecerá porque esse poder foi-lhe retirado.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo