Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Na baliza está uma das bases do sucesso

Leão do Norte, em 18.04.21

Há algum tempo que este post estava preparado, mas pelo ambiente e pela realidade que, recentemente, envolveu o Sporting CP, não achei muito oportuna a sua publicação. A feliz coincidência da excelente exibição do Antonio Adán contra o Farense veio tornar a sua publicação uma "obrigatoriedade".

Ao longo de uma temporada, um guarda-redes de futebol pode evitar tantos golos, com clara tradução significativa em pontos, que tornam a sua posição imprescindível em equipas com elevadas aspirações competitivas. Habitualmente, não têm a mesma fama e o proveito (a nível monetário) dos jogadores de campo, nem a sua valorização comercial, mas são tão, ou mais, importantes que eles.

Eqwlp6MXMAE1n-B.jpg

Esta época, na baliza do Sporting, Antonio Adán tem sido o reflexo dessa realidade e, se nos lembra-mos da importância de Peter Schmeichel na conquista do título de 1999/2000, percebemos não só o alcance, como o acerto, da sua contratação.

Apesar de todo o talento, capacidades e qualidades que um jovem guarda-redes pode ter, a especificidade de um clube que luta por títulos, exige outras características, as quais serão decisivas nas contas finais. A experiência acumulada, ao longo de anos, em clubes de topo, sempre habituados a conquistar títulos, permite aos guarda-redes adquirirem a confiança, a imprescindível segurança, a leitura de jogo e a capacidade para orientarem os colegas de equipa, aspectos que são fundamentais para um clube com aspirações.

Num clube como o Sporting a exigência para com o guarda-redes é enorme e não se esgota nas suas qualidades técnicas, por mais elevadas que elas sejam. Habitualmente, e por jogo, não fará muitas defesas, mas terá inevitavelmente uma constante pressão psicológica de não poder falhar. Qualquer erro ou falha pode ser fatal para a equipa.

Antonio Adán, para além das evidentes qualidades técnicas, tem vindo a provar possuir essas outras importantes características necessárias ao sucesso da equipa e, através disso, tem conseguido transmitir à própria equipa e aos adeptos a confiança necessária. Como exemplo recordo os jogos contra o Braga, Boavista, Portimonense, Santa Clara, Guimarães e recentemente o Farense, onde, e apesar de não ter sido submetido a intenso trabalho, efectuou defesas cruciais, que foram decisivas para as vitórias da equipa. Viu até ser-lhe dado o reconhecimento individual, traduzido nos vários prémios de melhor guarda-redes do mês da Liga.

No futebol a posição de guarda-redes não pode, nem deve, ser subavaliada e congratulo quem, na preparação da presente época do Sporting, teve a lucidez não só para o perceber, como a coragem para o efectuar.

Adán no presente e outros grandes nomes no passado assim o demonstram.

publicado às 05:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


33 comentários

Sem imagem de perfil

De João Tavares a 18.04.2021 às 08:44

Confesso que no início achei a sua contratação desnecessária, não via mais valias em relação ao Max que a justificassem. Vi-lhe até algumas falhas e hesitações nalguns jogos que acentuaram essas minhas dúvidas.
Hoje parece-me óbvio que será um dos principais responsáveis pela posição atual do Sporting no campeonato. Não só pelas defesas que faz mas pela contribuição que dá a toda a organização defensiva.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 09:45

Caro João Tavares,

Porventura a maioria dos sportinguistas questionou a oportunidade da sua contratação, tendo em conta as qualidades e o rendimento do Max.
Mas é um facto que, após o necessário período de habituação ao clube e aos colegas ele tem mostrado a importância da sua contratação, principalmente porque, fazendo uso de toda a sua experiência, contribui decisivamente, como diz, para a organização defensiva.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 18.04.2021 às 08:55

O Sporting é uma equipa sólida a defender, que dá poucas oportunidades aos adversários. O sucesso de Adan (que foi ganhando confiança com os jogos) tem muito a ver como o jogo se desenrola à sua frente. Estou em crer que, se tivesse sido Max o titular desde o inicio, a diferença não seria muita. Afinal, onde andaria hoje Rui Patrício se Paulo Bento não tivesse embirrado com o guarda redes que na altura ocupava a baliza?
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 09:58

Caro Orlando Santos,
O elogio à importância e qualidade do Adán não implica descrença ou descrédito no Max. E é uma realidade que a insistência na aposta em jovens pode trazer benefícios, como no exemplo do Rui Patrício. Caso contrário nunca teriamos afirmações de jovens guarda-redes.
Mas é um facto que cada plantel tem o seu momento e especifidades e o actual do Sporting, com forte aposta em jovens jogadores de campo, muito provavelmente necessitaria de mais experiência na baliza.
É uma situação recorrente em vários clubes. Não foi por acaso que o Porto, tendo também um guarda-redes jovem de grande potencial, Diogo Costa, contratou um guarda-redes experiente, Marchesin, e que foi decisivo no conquista do título do ano passado.
Sem imagem de perfil

De RCL a 18.04.2021 às 10:38


Max poderá vir a ser ser um grande guarda-redes. Ainda não é!
Adán jogou no Real e Atlético de Madrid. Suplente dos melhores guarda-redes do Mundo. Quem jogou futebol sabe o que é ter um guarda redes seguro , lá atrás e o contrário. Adán foi uma grande contratação.
Paulo Bento não era candidato ao título, podia fazer experiências.
SL
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 11:00

RCL, pode fazer experiências e aguentar, bem na minha opinião, as "dores" (e falhas) do crescimento do Rui Patrício.
Algo que, na minha opinião, a actual conjuntura do Sporting não permitiria ao Rúben Amorim.
Sem imagem de perfil

De RCL a 18.04.2021 às 14:36

Leão do Norte
Ninguém defendeu mais Rui Patrício do que eu. Cheguei a discutir com vizinhos, no estádio, que o apupavam mal ele entrava em campo. Rui Patrício ,que se percebia viria a ser um grande guarda- redes, demorou a impor-se. Até houve aquela cena entre Liedson e Sá Pinto.
Mas foram outros tempos, o Sporting apenas era candidato à LC.
Esta equipa tão jovem precisava de um guarda-redes como Adán, Max tem muito tempo e treinar com Adán vai ajudá-lo muito.
SL
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 14:55

RCL,
Concordei e subscrevo tudo o que disse sobre a evolução do Rui Patrício.
As condições e as exigências que o Paulo Bento tinha não são as mesmas que o Rúben Amorim tem.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 18.04.2021 às 09:58

Caro Leão do Norte

Na verdade, um campeonato começa a ganhar-se lá atrás, na baliza e na defesa, nos processos defensivos que abrangem todo o campo. Adán tem grandes qualidades e integrou-se muito bem no modelo de jogo do Sporting.

Não sendo excepcional no jogo com os pés, é capaz de corresponder ao que se exige e sabe-se como isto é importante num guarda-redes. Entrou "devagar" por ter jogado relativamente pouco em algumas das últimas épocas, ganhou confiança e autoridade a cada jogo e tornou-se um dos esteios da equipa.

A calma, a tranquilidade dele, é verdadeiramente contagiante. Não é exuberante como era Schmeichel, comunica muito com os defesas, mas de uma maneira diferente do dinamarquês. A contratação de Adán é uma aposta ganha. Oxalá Max permaneça no Sporting, evolua, para talvez daqui a duas épocas assumir a baliza leonina.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 10:09

Caro Leão Zargo,
Totalmente de acordo com a avaliação que faz das qualidades do Adán e na forma como se integrou no clube e na equipa.
Em relação ao Max, a utilização do Adán não pode significar um abandono na sua aposta futura, mas sim uma etapa na sua evolução.
Relembro o caso do Nelson. Em 99/00, com a chegada do Schmeichel, ficou compreensivelmente na sombra do dinamarquês, mas dois anos volvidos foi peça importante na conquista do título de 01/02. Que o Max aproveite e também tenha este percurso.
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 18.04.2021 às 10:03

Leão do Norte

O nosso guarda-redes tem sido nos últimos jogos uma peça fundamental para não sofrermos tantos golos. O SCP nesta época foi sempre elogiado por ter uma defesa excelente, que sofria poucos golos. Os entendidos dizem que é na defesa que se começa a ganhar os jogos. Nos últimos encontros toda a consistência que tínhamos , tem abanado, pois por lesões , por quebra de forma, temos tido a sorte do Adan manter a baliza quase inviolável, pois de jogo para jogo cada vez mais está melhor. Até ao final do campeonato precisamos que a nossa defesa ultrapasse esta fase e que o Palhinha volte ao seu normal e já agora que os outros jogadores marquem mais golos , embora para mim um golo de diferença a nosso favor a seja muito bom. Para concluir o Adan é o guarda-redes das equipas que vão à frente (?) que sofreu menos golos. 5 ***** Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 10:54

Caro Fernando Albuquerque,
Os americanos, em particular na NBA, dizem que o ataque ganha jogos e a defesa ganha campeonatos.
Apesar das especificidades do futebol, esta realidade não anda muito longe da verdade e o Sporting preparou-se para isso. Como diz o Rúben Amorim, não é fácil marcar golos ao Sporting.
Atenção que a defesa que se fala não é jogar à defesa, mas sim ter consistência defensiva. São situações totalmente distintas.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 18.04.2021 às 11:22

Concordo em parte que a defesa tem abanado. Agora, p.f. não diga que temos tido sorte nas defesas que Adan tem feito, que de sorte têm nada. Aquilo é pura competência e concentração.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 18.04.2021 às 13:32

João Tavares

Se ler todo o meu comentário dou os maiores louvores ao nosso guarda-redes. Quando digo que temos tido a sorte de não sofrermos golos, é porque a nossa defesa não está tão segura, como tem sido durante todo o campeonato. e a sorte foi termos o Adan a defender a nossa baliza com defesas extraordinárias. e com muita classe. Fernando Albuquerque (SCP)

Sem imagem de perfil

De João Tavares a 18.04.2021 às 15:43

Caro Fernando Albuquerque,
Entendo o que pretende transmitir, contudo discordo que continue a usar o termo "sorte". Para mim, "sorte" são aqueles acontecimentos frutos do acaso, que ocorrem sem nada se ter feito para tal. Não é aqui o caso..😉
SL
Imagem de perfil

De PSousa a 18.04.2021 às 10:19

Não é qualquer um que é suplente de Casilas ou Oblak.
É um bom GR, com experiência e maturidade.
Grande ADAN!
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 10:57

Caro PSousa,
Muito ele aprendeu nesses grandes clubes e com essa concorrência.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 18.04.2021 às 10:38

Caro Leão do Norte, não poderia estar mais de acordo, mas eu ao contrario de si e de alguns comentários que já vi não sou grande crente das capacidades do Max, acho mesmo que Gonçalo Inácio por exemplo aparece porque tem um guarda-redes que transmite muita confiança! Em relação à comparação que faz e bem com Peter Schemeichel eu só gostaria de lembrar é que nos anos do título também havia Beto Acosta e mais tarde Mário Jardel e tem sido esta a nossa principal carência, com um avançado que garantisse 30 golos esses campeonato já estava garantido
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 11:18

Caro Fúlvio Amaral,

Um abraço para o nosso assíduo representante da bela região dos Açores.
Eu confio nas qualidades e capacidades do Max e não "desisti" dele, mas é verdade que a experiência e maturidade do Adán transmite a confiança necessária para os "miudos" da defesa evoluirem mais rapidamente.
Em relação ao avançado, eu penso que os campeonatos começam a ganhar-se na consistência defensiva, mas é verdade que no futebol português é muito útil ter um avançado que marque muitos golos, mas há sempre excepções e espero que a equipa do Sporting deste ano seja uma delas.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 18.04.2021 às 12:26

Esperamos todos
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.04.2021 às 15:07

Caro Leão do Norte,

Numa equipa há onze jogadores fundamentais, mas a posição de guarda-redes é a mais ingrata, porque um simples falhanço, num jogo, pode custar pontos. Ao contrário, o avançado pode falhar algumas oportunidades, mas concretizar outras. O papel de Adán, como diz, tem sido muito importante, sem esquecer a competência defensiva. Na frente falta, de facto um "matador", mas não podemos esquecer que estes só são eficazes se forem bem servidos. Nesta equipa, na minha opinião, falta quem faça cruzamentos teleguiados.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 16:54

Caro Nação Valente,
Sobre o guarda-redes, como último obstáculo para a inviolabilidade das balizas, cai sempre o ónus da perda de pontos.
Muita da competência defesiva que refere passa pela tranquilidade e segurança que o Adán transmite aos colegas de sector.
A questão dos cruzamentos teleguiados é uma das lacunas da equipa. Nesse aspecto só se evidencia o Nuno Santos e os laterais quando em acções ofensivas, mas penso que é um aspecto "aceite" pelo Rúben Amorim. O seu estilo de jogo passa mais pelo futebol apoiado, que privilegia o passe curto e a progressão em combinações de passes seguros.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 18.04.2021 às 15:39

Boa tarde caros amigos e em especial ao amigo Leão do Norte,

Analisemos:
Não conhecemos como se deu início este projecto para a construção desta nova equipa do Sporting, não sabemos o que conversaram Rúben Amorim e o presidente Drº Frederico Varandas quando no início da época mas partindo do princípio que a ideia era ambiciosa, era construir uma equipa forte em todos os sectores que viesse a ter possibilidades de ser muito competitiva e disputar titulos e troféus mas que ao mesmo tempo desse garantias de segurança para que se apostasse nos jovens da Academia que mostrassem estar preparados para o salto teriam que forçosamente começar pelo guarda redes.

Acredito que Rúben Amorim construiu o seu plano na sua mente sempre na base de ter um keeper com experiência internacional e que desse totais garantias sem colocar em causa as boas qualidades que o Max ja vinha a desenvolver.
Uma grande equipa constrói-se apartir da defesa e a escolha de um guarda -redes que traga segurança principalmente nos cruzamentos seria fundamental e foi desse forma que chegaram ao Adán.

Se analisarmos as principais caractrísticas do António Adán teremos que reconhecer que o Rúben tinha razão no que queria e exigia para a sua ideia de equipa, Adán é seguríssimo nos cruzamentos e aí dá cartas ao Max , são idênticos entre os postes mas no jogo de pés apesar de não ser uma das melhores qualidades do Adán, fá-lo com mais segurança que o Max.
Depois a sua experiência na leitura dos lances fá-lo transmitir uma frieza e tranquilidade do tipo "no pasa nada" mesmo que os nossos coraçôes já em pãnico comecem aos pulos.

Nessa base de toda essa segurança e tranquilidade vemos nascer os nossos jovens centrais do futuro que crescem com bases sólidas e vemos uma equipa que acredita muito na defesa que tem e se transformou de facto numa equipa extraordinária, muito comepetitiva e que já leva 27 jogos sem perder no campeonato.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 17:04

Boa tarde caro amigo Julius,

Não tenho qualquer dúvida que a contratação do Adán obedeceu a uma ideia e a um desejo do Rúben Amorim, com concordância da estrutura directiva. Não foi por acaso que, muito antes da época se iniciar, se falava constantemente do desejo do RA em contar com um guarda-redes experiente, com currículum em grandes clubes e que transmitisse segurança à equipa.
Para além dos efeitos directos da prestação do Adán, não podemos ignorar o seu efeito indirecto, e altamente positivo, na evolução dos jovens colegas de sector.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 18.04.2021 às 15:45

Com certeza a melhor aposta para a baliza do Sporting.
Subscrevo tudinho


Beijinhos Leão do Norte
Feliz Domingo
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 17:17

Boa tarde Luísa, uma grande leoa e que é a nossa pérola vinda do atlântico!

Com certeza que foi uma aposta ganha.

Feliz Domingo e beijinhos
Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 18.04.2021 às 15:54

Eu também não fiquei muito satisfeito, quando da sua contratação, não critiquei, mas a falar verdade achei que estávamos bem servidos de guarda redes e que não necessitávamos mais nenhum, mas tenho que dar as mãos a’ palmatoria a estou convencido que se não fosse o Adan, não estávamos em primeiro lugar.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 18.04.2021 às 17:26

Boa tarde Manuel Parreira, um leão "americano" do "estado dourado".
Esperemos que esta época o sucesso do Sporting brilhe tanto como o cognome do estado em que o Manuel está!

Já anteriormente referi que muitos sportinguistas não viram na contratação do Adán uma grande necessidade, mas, passado este tempo, não podemos negar a sua importância.
Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 18.04.2021 às 21:44

Esperamos todos, meu caro Leão do Norte.
Um abraço.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo