Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Naming para o Estádio José Alvalade

Leão Zargo, em 06.04.15

 

estadio1.jpg

Periodicamente o naming para o Estádio José Alvalade é motivo de notícia. Aconteceu em 2011, com Godinho Lopes, e repete-se com Bruno de Carvalho, primeiro no verão de 2014, agora por estes dias que passam. Segundo os jornais, fonte da direcção do Sporting terá afirmado que “tem havido propostas para o naming do Estádio, mas o Sporting não as considera boas e por isso não aceitou. No entanto, estamos disponíveis para negociar o naming do recinto”. Não houve desmentido oficial.

 

A questão de um naming para o Estádio tem de ser sujeita a esclarecimento e debate pelos sportinguistas e ratificada em Assembleia Geral para alteração dos estatutos do clube que no artigo 4º determinam que o principal campo de jogos se designa por “Estádio José Alvalade”.

 

Aliás, em Assembleia Geral realizada em 2011 os sportinguistas rejeitaram a alteração dos estatutos nesse ponto, o que exigia uma votação favorável de 75% dos sócios presentes.

 

No verão de 2014 os jornais publicaram notícias de que o Conselho Directivo leonino estaria a negociar o naming do Estádio pelo valor de 7 milhões de euros. Mas, 5 milhões também foram citados. Até 3 milhões! Bruno de Carvalho já abordou o assunto no mesmo sentido, embora não referisse valores concretos.

 

Agora, de novo notícia, é difícil calcular o valor que será o referencial para a negociação. Foi informado que o Sporting já recebeu várias propostas, mas foram consideradas insatisfatórias. Pode-se imaginar que os valores oferecidos serão irrisórios.

 

Em princípio, não sou favorável à adopção de um naming para o nosso Estádio principal que tem o nome de um dos fundadores do Sporting e não de uma localidade, bairro ou outro elemento que não decorre da história do clube. A grandeza de um Associação Desportiva, Social e Cultural como o Sporting também resulta das manifestações simbólicas que transmitem o sentido de uma identificação que corresponde a uma visão do percurso histórico, a uma sensibilidade e uma auto-afirmação assentes em códigos de comunicação e de produção de signos profundamente assimilados no decurso do tempo.

 

Por outro lado, considero que uma gestão desportiva, administrativa e financeira rigorosa e exigente dispensaria o recurso a essa estratégia. E haverá outras fontes de receita para além das habituais. Sei que a vida é feita de mudança, mas também é feita de permanências. Não me convence a argumentação que a concessão seria feita por um determinado período de tempo, porque, concessionada uma vez, sê-lo-ia por muitos e muitos anos, tornando-se uma fonte de receita normal e permanente e, em breve, exaurida no sorvedouro da dívida financeira.

 

 

P.S.: Este é o meu primeiro texto no Camarote Leonino. O convite do Rui Gomes constitui um motivo de grande orgulho e entusiasmo por me permitir partilhar de forma privilegiada na blogosfera leonina as minhas convicções relativamente ao Sporting Clube de Portugal. Faço-o imbuído do espírito sportinguista e certo de que a memória, a esperança, a verticalidade e o esforço contribuem para que o nosso Clube trilhe o seu caminho com sucesso. Trarei sempre comigo, no bolso, a recomendação de José Saramago: “Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara.”

 

publicado às 10:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


37 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2015 às 10:13

Caro Leão Zargo,

Bem vindo ao Camarote Leonino. Excelente "pontapé de saída" !

Não tenho dúvidas algumas que os seus textos vão ser muito recebidos pelos nossos leitores e que incentivarão debate muito construtivo sobre o nosso Sporting.

Abraço
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 10:19

Agradeço a oportunidade... e espero estar à altura! Como o ponta de lança que não hesita no momento do remate à baliza ou o guarda-redes que não treme perante a bola na marca da grande penalidade! ;)

Abraço, Rui
Sem imagem de perfil

De Jorge a 06.04.2015 às 10:15

Sou a favor do naming do Estádio, mas não a qualquer preço, apenas se daí vier uma receita importante. A partir de 5M por ano creio que seria algo a ser proposto numa AG, e votaria a favor. É preciso lembrar que esse valor representaria cerca de 20% do orçamento actual. Se esses 5M por ano ajudarem a SAD a ter mais lucro e ir recuperando a dívida, se derem mais margem para manter os melhores jogadores no plantel ou para contratar um ou dois de mais clara valia, então já valerá a pena.

Claro que não gostava de ver o nosso estádio com um sponsor no nome, mas para nós, sportinguistas, será sempre Alvalade. Mesmo que no papel esteja lá outra coisa. Desse modo, sou da opinião que as vantagens são bem maiores que as desvantagens, se o valor for significativo, claro.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 10:24

Jorge

Reconheço que 5 milhões de euros constituem uma verba interessante. É o preço de um avançado razoável... ou a venda dos direitos desportivos de um jogador apenas bom.

Sim, para nós será sempre o Estádio José Alvalade. A questão é se as vantagens materiais serão superiores às desvantagens simbólicas e identitárias.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 06.04.2015 às 10:29

Bem vindo Zargo!

Aceitaria de bom grado uma alteração ao nome do nosso estádio apenas e só se a verba realizada fosse cativada com vista a pagar ao pagamento das VMOCs dessa forma o clube nunca iria perder a maioria da Sporting SAD (~55M€ em 9 anos + juros que dai decorressem parece-me muito bom).

SL,

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 10:37

Sérgio

A questão da maioria na SAD é, para mim, uma das questões mais dramáticas com que o nosso clube se confronta nos tempos mais próximos. Afecta de tal ordem a identidade do SCP que todas as alternativas devem ser equacionadas.

Mas, continuo a pensar que estamos no domínio da gestão financeira e desportiva. Nesse aspecto ainda há muito por fazer.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2015 às 10:37

Caro Zargo,

Hesito em abraçar esta ideia do naming, por razões sentimentais, obviamente, mas reconheço os tempos em que vivemos.

A ser implementado, na minha opinião, nunca por menos de 10 milhões/ano.

Salvo erro, a Puma chegou a ter o nome na Academia por 3 milhões/ano.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 11:14

Creio que esse valor está fora de questão. Consta que o máximo serão 5M€. Veremos... Foi um excelente negócio o pagamento pela Puma de 3M€ pelo naming da Academia!

O Arsenal cobra 30M£ por ano, mas não sei se inclui o patrocínio das camisolas. Creio que não, mas tenho algumas dúvidas.
http://futebolbusiness.com.br/2012/11/emirates-e-arsenal-renovam-patrocinio-ate-final-da-tempora-201819/
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2015 às 11:43

Já publiquei aqui a verba inerente ao patrocínio das camisolas do Arsenal, e muito embora não recorde o valor exacto, é uma autêntica fortuna e não relacionada com o estádio.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 16:45

Rui

Encontrei em http://apostax.blogspot.com/2013/08/valor-do-patrocinio-nas-camisolas-dos.html#ixzz3WXngNj7i os contratos de patrocínio de camisolas na Liga Inglesa de futebol 2013/2014:

1ª Arsenal: Fly Emirates - Transp. aéreos - 35,6 milhões de euros
2ª Manchester United: Aon - Seguros - 23,7 milhões de euros
3ª Liverpool: Standard Chartered - Banca - 23,7 milhões de euros
4ª Manchester City: Etihad - Transp. aéreos - 23,7
5ª Tottenham: HP (Hewlett-Packard) - Tecnologia - 15,5 milhões de euros; AIA - Seguros 7,1 milhões de euros = total: 22,6 milhões de euros
6ª Chelsea: Samsung - Tecnologia - 21,4 milhões de euros
7ª Newcastle: Wonga - Serv. financeiros - 7,1 milhões de euros
8ª Aston Villa: Dafabet.com - Apostas desportivas online - 5,9 milhões de euros
9ª Fulham: Marathonbet - Apostas desportivas online - 5,9 milhões de euros
10ª Sunderland: Bidvest - Distrib. alimentar - 5,9 milhões de euros
11ª Everton: Chang Beer - Cerveja - 4,7 milhões de euros
12ª Stoke City: Bet365 - Apostas desportivas online - 3,6 milhões de euros
13ª West Ham United: Alpari - Serv. financeiros - 3,6 milhões de euros
14ª Swansea: GWFX (Goldenway Global Investments) - Serv. financeiros - 2,4 milhões de euros
15ª West Brom: Zoopla - Info. imobilliária - 1,8 milhões de euros
16ª Norwich City: Aviva - Seguros - 1,2 milhões de euros
17ª Southampton: Aap3 - Tecnologia inf. - 1,2 milhões de euros
18ª Hull City: Cash Converters - Artigos 2ª mão - 1,2 milhões de euros
19ª Crystal Palace: GAC Transportes - fretes - 900 mil euros
20ª Cardiff City: Malaysia - Turismo nacional - 600 mil euros
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2015 às 17:08

Excelente trabalho caro Leão Zargo.

Como sempre, verifica-se o maior impacte de marketing dos "grandes" e as respectivas compensações.

Tenho uma vaga ideia de alguns já terem renovado contratos em tempos mais recentes em pacote, ou seja, períodos de 10 ou mais anos, por valores deveras impressionantes.

É claro que o mercado português não comanda patrocínios a este nível.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 06.04.2015 às 11:35

Ora seja bem vindo Zargo , espero que escreva assiduamente ao contrários de outros que surgem apenas em certos momentos, leio sempre o que escreve seja publicado por você ou outrem como sabe.

Antes de mais , eu detesto este estádio que é um verdadeiro atentado ao Sportinguismo e tanto eu como você certamente sabemos que há quem não meta os pés lá não se identificar com o estádio ,eu aceitaria de bom grado o naming caso a primeira verba fosse para lhe dar uma volta total.

José de Alvalade não é o nome de José Roquette o nome do fundador , é nome atribuído ao neto do Visconde do bairro de Alvalade.

O mercado português é curto , as receitas são escassas , e nos últimos 20 anos fomos-nos afastando a nível de apoios com os nossos rivais , que foram montando através de arbitragens , máquinas de comunicação social , e nos últimos anos uma inflação de mercado por parte de alguns gangsters deste país que lhes permitiu um desnível competetivo enorme em relação ao Sporting , sendo que a nível de receita fixa no mínimo receberão o dobro do que recebemos.

Sendo que ao cair na armadilha de fazer este malogrado estádio sem as costas quentes que eles tiveram , precipitamos apenas a queda financeira do clube e uma prisão que nos coloca sempre a nível de investimento bastante atrás deles.

Hoje tentamos atingir os pontos que os favorecem como os fundos que são o que trouxeram a inflação no futebol e são do domínio de quem lhes permitiu serem maiores que nós nesta década na capacidade do futebol , mas já vamos atrás com 4 campeonatos em 40 anos e apenas 1 taça europeia para mostrar lá fora , pois é para lá que temos de olhar agora e para isso é preciso o prestígio que não temos.E apenas o mal que está feito é suficiente para nestas receitas fixas e nos apoios estarem muito acima de nós.

Temos de inventar receitas , e esta é uma das formas , o naming do estádio , e tenho a certeza que existe um posicionamento dos rivais em expetativa para ver o que pede o Sporting pelo naming para exigirem com superioridade mais pelo naming dos seus respetivos estádios.

E o que vemos é que o Sporting está totalmente desvalorizado nos apoios , sendo que é vitima de sátira profissional nas redes sociais , é um clube sem cultura de vitória mas que a massa crítica é semelhante a do FCP mesmo com os 30 anos que tiveram de crescimento. Ou seja há algo aqui que bate mal . Existe um plano de menorização e com vista ao fim do Sporting enquanto clube grande.

Por isso para mim e digo muitas vezes isto , esta brincadeira de croquetes e brunistas e troca tiros ali e troca tiros acolá , é inconsciêcia pura da situação deste clube. "Nero a tocar harpa com Roma a arder"

Não sucesso onde não há união , e também não há união onde não há sucesso , e esta segunda premissa é o ciclo do Sporting que tem de ser quebrado.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 12:17

m1950
Agradeço a cordialidade das suas palavras, m1950.

José Alvalade é José Alfredo Holtreman Roquette, o jovem neto de Alfredo Augusto das Neves Holtreman , o Visconde de Alvalade. Na lista de fundadores, o seu nome surge em primeiro lugar.

Não considero o nosso Estádio assim tão horrível. Tem, para mim, qualidades estéticas, de conforto e de sonoridade sobre o relvado. Sinto-me bem lá dentro. Não tem a beleza arquitectónica de outros estádios, é verdade, mas tem um carácter próprio e identificável imediatamente. Há alterações possíveis, como intervir na zona do fosso, mas isso implica investimentos elevadíssimos pois é oneroso e complexo intervir sobre edifícios já construídos. Até pode pôr em causa os direitos de Tomás Taveira, como arquitecto.

Sobre o Sporting tenho uma perspectiva muito mais optimista do que o m1950 e não concordo com o discurso das dificuldades eternas e dos malefícios deste e daquele. A realidade é a que é e deve-se agir com ousadia, coragem e sagacidade. Há desculpas que podem justificar a falta de ambição ou uma conversa só pretensamente ambiciosa.

Os sócios do Sporting são o que são. Do melhor que há no futebol português. E prefiro a crítica severa de quem discorda do que falsos unanimismos. A vigilância crítica tem vantagens: exige que quem exerce o poder não adormeça à sombra da bananeira!

Um abraço
Sem imagem de perfil

De m1950 a 06.04.2015 às 12:46

Peço desculpa mas nós não podemos ter um estádio no qual não nos revemos e não temos orgulho , eu olho para aquilo como a desgraça do Sporting até porque é daí que partiu o descalabro, ao menos fosse algo que me desse orgulho.

O pensamento do clube grande tem de ser "Este é o meu estádio , e aqui quem vier morre" , não é "o estádio não é assim tão mau".

A própria imagem do estádio também contará para os patrocinadores , o Tomás Taveira já disse que não se opunha , e se colocar entraves é darem-me a sua morada.

Este estádio retira a magia o e espirito do estádio de Alvalade (eu não uso a palavra mística , é dos benfiquistas). Por mim ia totalmente a obras , por dentro e por fora , a questão não é apenas o fosso mas também o relvado , mas também facto não haver separação da lateral para a central , aliás lá em cima ve-se sempre o clube a ser roubado com adeptos que compram bilhetes para as laterais e sentam-se nas centrais.

O Tomás Taveira nenhuma credibilidade tem enquanto homem , e a sua obra é absolutamente rídicula.

Este é o estádio mais feio da Europa da nova geração, e em nada se identifica com o sportinguismo.

Se o Naming vier para se dar a volta a este campo ( é um campo não um estádio).

O discurso pessimista é a realidade do Sporting , fomos suprimidos a todos os níveis pelos rivais , e somos inferiores hoje e isso é factual , por isso estamos muito atrás no que toca a patrocínios. Mas o que vemos é que vemos o site da liga e vemos afluência aos estádios estamos em cima de Porto e certamente levamos mais adeptos fora de casa , logo há qualquer coisa aqui que não bate certo.

Quanto aos sócios do Sporting tenho muitas dúvidas que sejam os melhores quando vou ao treino aberto , e o cantico que mais puxa pelos presentes são os anti ao clube do outro lado da segunda circular , é o que galvaniza os adeptos do Sporting hoje , uma obcessão patrocinada estupidamente pelas claques , e que atinjiu os extremos de vermos adeptos do SCP que torcem para que o clube seja derrotado como aconteceu quando fomos ao Dragão.

É preciso colocar fim nesta mentalidade , ou pelo menos na sua publicidade , porque também existe no Benfica e no Porto , e nos primeiros em relação a nós , mas é escondida porque interessa que assim seja. Nós o que vemos é adeptos do Sporting a prejudicarem o Sporting , visto que está montado um circo comunicacional para os engradecer e enaltecer e nós apenas damos pontos a essa brincadeira. Não é normal que a publicidade maior que o Sporting tem é falar dos 7-1 quando acabamos muito mal esse campeonato e eles ganharam os jogos todos até ao fim , quando antes fomos humilhados por 5-0 na taça que vieram a ganhar depois , quando já perdemos 6-3 em casa com um dos melhores plantéis na nossa história contemporânea. Pequeninizam o nosso clube sem perceber , e espero ver coragem no Presidente para travar isto , mas infelizmente ao contrário da sua postura inicial já o vejo fazer populismo com o Benfica. eu não tenho a mínima dúvida que há adeptos do Sporting a torcer pelo FCP agora até ao fim do campeonato e se necessário sofrem nos seus jogos para que ganhem....

Concordo que a crítica não deixa adormecer quem lá está , o problema é quando não existe critério na crítica e esta é publicitada ao contrários dos rivais que teem um circo comunicacional outra vez a proteger essas situações , e conseguem transmitir para fora união e confiança que é importante em todos os clubes. E questão aqui tal como disse "Não é preciso ser , basta parecer". E no Sporting nem uma coisa nem outra.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 06.04.2015 às 22:22

LOOOOOLL !!!!
""A própria imagem do estádio também contará para os patrocinadores , o Tomás Taveira já disse que não se opunha , e se colocar entraves é darem-me a sua morada.""

Tenha calma, m1950 !!! Olhe que isso faz mal aos dentes..
LOOOOOLLL !!!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 06.04.2015 às 22:41

Dizer também.......
De resto, ganda comentário.. Gostei. Sporting a sério!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.04.2015 às 16:56

Concordo plenamente consigo m1950.
As estratégias populistas das direções do clube nos ultimos anos tem dado origem à situação que tão bem descreve.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 06.04.2015 às 12:38

Caro Zargo,

É com apreço que vejo o seu 1º texto oficial no CL! não digo isto por partilharmos todas as mesmas ideias... mas sim, pelo facto de que quando leio os seus comentários, fazer sempre um análise "fora da caixa" do comum dos comentários... e isso meu caro não é coisa habitual nos dias que correm!

Quanto ao seu post, deixe-me que lhe diga que eu também sou um adepto tradicional, isto é, também acho que os clubes são mais que meras empresas, e que por essa razão estas questões do naming de estádio terão de ser bem analisadas por todos os sócios.
Mas uma coisa é certa, estando o Sporting na actual situação financeira, sou a favor de tudo o que traga mais receitas ao nosso clube (neste caso teria de ser um valor significativo), e a titulo de exemplo seria a favor de um naming que mantivesse a terminação Alvalade e introduzir o nome do patrocinador, por exemplo, MeoAlvalade.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 12:52

Schmeichel

Agradeço as palavras, Schmeichel. Isto na blogosfera leonina por vezes está tão extremado que as suas palavras surgem como invulgares e surpreendentes. Quando, afinal, divergir nas opiniões deveria ser encarado como normal e saudável. Mas, ambos percebemos o contexto que se vive no nosso clube.

A sugestão que apresenta é muito interessante, permitindo manter uma ligação com a tradição, embora se possa reflectir no valor que é negociado. Se o Estádio se chamasse Estádio do Lumiar ou do Campo Grande, a presença da memória histórica não seria pertinente. Os nossos rivais terão menos problemas nesse aspecto.

Abraço
Sem imagem de perfil

De Virgílio a 06.04.2015 às 13:06

Boas!

Se o "Leão Zargo" é a mesma pessoa que habitualmente assinava os comentários que produzia pela blogosfera leonina apenas por "Zargo" devo referir que o CL fez aqui uma excelente contratação. Boa sorte e bom trabalho.

Sobre o post: subscrevo na integra.

SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 13:24

Virgílio

Obrigado pelas tuas palavras. Sim, de Zargo fui promovido a Leão Zargo.
Voltarei ao Norte! Sempre...

Um abraço leonino
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 06.04.2015 às 14:50

boas leão zargo,

realmente não é uma situação facil de decidir, alvalade para mim
é sempre alvalade e seria dificil no meu caso ter de dizer vou ao allianz arena.
mas ambos sabemos que o futebol hoje em dia já não é o mesmo basta ver a liga dos campeões que de campeões não tem muito é show off.
o sporting precisa de receitas como os rivais também necessitam, também para eles está a ficar apertado.

não me posso pronunciar sobre o real valor do eventual naming, podemos dar palpites obviamente mas acho que todos nós não temos a noção do real valor que o sporting vale.

quando chegar a altura de ser apresentado aos sócios vamos ouvir o que nós estão a propor e se perante os numeros vale a pena.
digo já de antemão se for menos que 5 milhões voto contra.
a minha exigencia perante esta direção é a mesma que tinha com as anteriores, desbarato não.

abraço
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.04.2015 às 15:16

Fight

Concordo consigo no essencial. Tenho a minha opinião, como referi, mas aguarda atentamente a evolução das coisas. Em princípio sou contra. Com argumentos sérios e válidos terei de ponderar. Como quase todos os sportinguistas, aliás.

Sim, a atitude crítica e interveniente deve exercer-se independentemente de quem está no poder em determinado momento. O nosso clube é o Sporting. E como referi ao m1950 é essencial que a Direcção, qualquer sinta que há uma vigilância crítica por parte dos sócios e adeptos em geral.

Abraço
Sem imagem de perfil

De Margil a 06.04.2015 às 16:01

Sou contra a mudança de nome do Estádio. Ponto.
Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 06.04.2015 às 16:56

Deem-lhe as voltas que derem...
Para mim será sempre "Estádio José Alvalade"...

Mas reconheço que para fazer omoletes são necessários ovos e que para adquirir estes é necessário dinheiro...

Por isso e "por uma boa causa"...votarei a possibilidade de um naming para o Estádio favoravelmnete...mas não a qualquer preço...!!

Sporting Sempre...!!

SL

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo