Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




D6I5MVhXoAA5F-E.jpg

O cientista Michael Levitt - tem tripla nacionalidade, britânica, americana e israelita - , que venceu o prémio Nobel da Química em 2013, desdramatizou os cenários apontados de milhões de mortes em todo o mundo derivados da pandemia de Covid-19.

Levitt teve ocasião de fazer um modelo de investigação que aplicou à China e acertou na previsão sobre a desaceleração e queda da curva de casos registados e de mortes, pelo que agora aplicou o mesmo método ao Ocidente, chegando à conclusão de que a pandemia não será tão fatal quanto muitos epidemiologistas perspectivam.

"Para por as coisas em perspectiva, o número de mortes por coronavírus em Itália é de 10% das mortes por influenza entre 2016 e 2017. Há pânico injustificado que temos de controlar. Não é o fim do mundo. Vamos ficar bem.

Tem de se encarar o corona como uma gripe severa, de quatro a oito vezes mais forte, e mesmo assim a vasta maioria das pessoas vai continuar saudável e a humanidade vai sobreviver. Esta não é a altura para sair com os amigos. A situação real não é nem de perto tão terrível como dão a entender".

O cientista justifica a perspectiva de um decréscimo de casos a partir de agora com o facto de todos os governos estarem a tomar medidas bastante mais severas de isolamento social, fundamental para combater o problema.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Perfil Facebook

De Indiana Julio a 25.03.2020 às 10:13

Estamos a caminhar para os meses mais quentes o que fará conter e estabilizar a pandemia na Europa mas no inverso os países da América do Sul que caminham para o Inverno terão mais dificuldade em contê-la e terâo que manter as medidas severas.
O que coloca em pânico muita gente são o numero de mortes diárias em Itália e Espanha principalmente, onde estâo a morrer mais de 1000 pessoas por dia no conjunto dos 2 países é surreal.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2020 às 19:24

Essa de o vírus ser mais volátil ou não consoante a temperatura, na minha opinião não faz sentido. Se assim fosse ele morria dentro do nosso organismo, pois a temperatura dentro do nosso organismo ronda os 37 graus
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.03.2020 às 19:26

Faltou a identificação!
Sem imagem de perfil

De Hugo a 25.03.2020 às 19:32

Peço imensa desculpa mas não reparei

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds