Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não há deserto em Sarabia

Rui Gomes, em 03.02.22

Vitória tranquila do Sporting no Jamor frente ao Belenenses SAD (4-1), num jogo em que o carrilhão na direita Sarabia e Porro deu ao campeão nacional a efetividade que a espaços lhe faltou em janeiro. O avançado marcou e ofereceu, com a regularidade que lhe começa a parecer simplesmente natural.

A ausência de Pedro Porro, afastado por lesão, não será de descartar quando se olha para um momento de menor fulgor e intensidade do campeão em título. Pela disponibilidade física, pela forma como dá outra dimensão ao ataque do Sporting e, como se viu esta quarta-feira no Jamor, pelo carrilhão de classe que conjuga com Pablo Sarabia naquele lado direito hispanohablante de qualidade certificada, o seu regresso será mais importante que qualquer reforço de inverno.

273216163_488209892671035_8500110599468009823_n.jp

A espaços, Porro e Sarabia continuavam a brincar na direita: pouco depois da meia-hora construíram mais uma jogada de ataque simples que Pedro Gonçalves não aproveitou, rematando por cima. Quem não falhou foi mesmo Sarabia, que momentos antes do final da 1.ª parte estava lá ao poste mais distante para receber e dar seguimento ao cruzamento de Nuno Santos. Não há deserto em Sarabia, porque daqueles pés saem ideias em forma de assistências e golos, soluções simples e combinações. Jogos decididos com tanto e sendo preciso tão pouco.

Excerto da crónica de Lídia Paralta Gomes, em Tribuna Expresso

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 03.02.2022 às 16:26

O lugar de defesa/ala direito está salvaguardado por muitos anos. Além de Porro temos três craques técnicos e mentais na calha: Gonçalo Esteves, Diogo Travassos e Leonardo Barroso. Para o lado esquerdo é que, ao mesmo nível, ou próximo, já só vejo o Nazinho. Seria bom equilibrar os talentos por posição nas camadas jovens. Centrais, por exemplo, vislumbro três com muito potencial: Chico Lamba, João Muniz e, embora só o tenha visto num jogo, Catena (um portento físico com grande passada e boa condução de bola). No meio campo defensivo, Eduardo Felicíssimo acima dos outros em quem acredito: Dário Essugo e, embora menos convictamente, João Daniel e Renato Veiga. No ofensivo, o puto que me enche as medidas: Guilherme Santos. Um prodígio de classe, visão de jogo, objectividade, técnica, passe (então o último...), finalização, tudo. De resto, vejo com muito entusiasmo o crescimento de Rodrigo Ribeiro e algum o de Chermiti. Entre os extremos, é aquela coisa, tanto podem dar como não dar, têm fantasia e rapidez mas para já são imaturos e intermitentes, todos, do Diogo Cabral ao Rafael Moreira, do Isnaba Mané ao André Gonçalves. Vemos, por exemplo, um jogo inspirado do Saná Fernandes e pensamos que é um mágico, mas no jogo seguinte já o achamos um brinca na areia. Há um puto que me parece claramente diferenciado: o Winilson Lopes. Mais presente, mais lutador, muito veloz, com melhor leitura do jogo, apesar da idade, e cheio de técnica. Mas, enfim, a minha ideia inicial, que agora retomo para fechar, era a de que devíamos pegar no grande exemplo da ala direita (parece uma linha de montagem de máquinas de jogar futebol) e estendê-lo ao resto do campo. Se um dia esse nível estiver generalizado, meu Deus, o presente e o futuro são nossos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.02.2022 às 17:20

O caro Marcos Cruz estará melhor informado sobre a nossa formação que a maioria dos leitores.

Sendo apenas a sua opinião, não deixa de ter muito valor e nós agradecemos.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 03.02.2022 às 17:30

É só isso, Rui, de facto. A minha modesta opinião. Partilhada com apreço.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.02.2022 às 17:37

A diferença é que aparenta ser uma opinião bem fundamentada!
Perfil Facebook

De Helder Mestre a 03.02.2022 às 18:16

E, para lateral-esquerdo, o Gonçalo Costa já não vai lá depois da grave lesão ou ainda vai?
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 03.02.2022 às 19:55

Caro Marco Cruz,
Numa leitura de relance à sua completa e fundamentada exposição notei a falta de um avançado que me enche as medidas e em quem deposito grandes esperanças no futuro. Vivaldo Semedo. Com 17 anos tem andado entre os sub-17 e sub-19 e em qualquer dos escalões, quando o vi jogar, impressionou-me. Tem qualidades inatas, fisicas e técnicas, para a posição, sendo raras de encontrar. Só espero que confirme o que espero dele.
Achei curiosa a referência ao Winilson Lopes. Tem uma forma de jogar que chama bastante à atenção e destaca-se dos demais, mas, futebolisticamente falando e sem por em causa o seu potencial, ainda está na fase de "comer papa"!
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 04.02.2022 às 14:44

Caro Leão do Norte,

Estas análises têm naturalmente muito de subjectivo, pelo que talvez digam mais do observador, e do que ele valoriza no futebol, do que do observado. Também já vi alguns jogos do Vivaldo, e admito que venha a tornar-se um bom ponta-de-lança. Um abraço.
Sem imagem de perfil

De RCL a 03.02.2022 às 22:41

Marcos Cruz
Dos jogadores que mencionou , retirando o Nazinho e o Gonçalo Esteves , Rodrigo Ribeiro,que ja foi chamado à primeira equipa, é o que parece ter mais futuro, não só pelas condições técnicas mas sobretudo pela atitude, tem 16 anos mas parece ter mais.
Muitos destes jogadores vão passar ao lado, outros, de que não se fala agora, vão vestir a A; lembro que Nuno Mendes era pouco chamado nos júniores .
SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo