Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

4O63DDBX.jpg

 

Já lá vão cinco anos e Bruno de Carvalho continua a dar indicações de que nada aprendeu. Ou se aprendeu, o seu ego e sentido de prepotência impedem-no de agir com sensatez e racionalidade, nomeadamente no que ao futebol diz respeito.

 

No final do encontro desta quinta-feira com o Astana, o novo "rei" de Alvalade falou aos jornalistas presentes no estádio, fazendo passar uma mensagem dirigida ao todo da equipa e em especial aos jogadores. Ninguém refuta o seu direito de o fazer, mas não em público... nunca em público, e muito menos ainda com referência a considerações técnicas do domínio do treinador. É evidente que se o fizer em particular, como compete, não vai dar tanto nas vistas pelo menor impacte mediático, ao fim e ao cabo, o seu objectivo primodial, hoje e sempre.

 

Obviamente desagradado com o empate, especialmente pela forma como este a surgiu ao cair do pano, eis o que ele teve para dizer:

 

"Contra o FC Porto será importante se ganharmos na segunda, senão isso deixa de ter importância. É bom pensar jogo a jogo. Não há lugar a mais deslizes em nenhuma das frentes. Se queremos ser campeões temos de almejar ganhar os jogos todos que faltam. Jogos importantes serão todos, independentemente de serem rivais directos ou não. Temos de estar concentrados. O que se retira deste resultado é que passámos, Portugal continua a ser devidamente representado nas provas europeias pelo Sporting. Cumprido um objectivo, temos pena de não contribuir com mais pontos para o ranking. Tornámos o jogo fácil e depois a parte final não estávamos à espera. Estamos nas frentes, com atitude e compromisso a querer dar alegrias.

 

Fizemos gestão, mas que nunca colocou em causa a passagem. Queríamos vencer e apanhámos um balde de águia fria. É a vida, é o futebol, com o Tondela foi ao contrário. É fácil todos falarmos, em cada português há um treinador. A gestão do plantel deve ser feita pelo treinador. Confiamos plenamente no treinador para essa missão. Foi evidente que no último jogo havia necessidade premente para vencer, lutámos até ao último segundo e fomos compensados. Hoje facilitou-se um pouco, pelo excesso de jogos e por estarmos qualificados. Distraíram-se um pouco e depois foi um primeiro golo duvidoso e dois daqueles fortuitos que acontecem uma vez. Não era o resultado que queríamos, mas missão cumprida e olhar já para segunda-feira".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


16 comentários

Sem imagem de perfil

De de Vigia a 23.02.2018 às 17:22

Boa tarde Rui Gomes

Com toda a franqueza não percebo onde quer chegar com os 2 primeiros paragrafos.

O homem foi questionado e respondeu de acordo com o que aconteceu no campo e com o que todos também vimos no campo ou na TV.

Não vejo que esteja a meter-se no trabalho do treinador ou a penalizar os jogadores.

Se calhar sou eu que não entendo determinadas subtilezas....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.02.2018 às 17:30

Boa tarde,

A questão é que a haver este tipo de discurso, deverá ser exclusivamente no foro interno. Quem andou no futebol sabe isso muitíssimo bem.

O facto de lhe fazerem perguntas - aliás, ele é que vai à procura dos jornalistas para dar nas vistas - não significa que deva responder directamente. Deve recorrer ao politicamente correcto, falar pouco e dizer ainda menos.

A mensagem que "não há lugar para mais deslizes em nenhuma das frentes" visa exercer pressão em quem ?

Sem imagem de perfil

De de Vigia a 23.02.2018 às 18:00

Caro Rui

Estou inclinado a dar-lhe alguma razão! No entanto acho que o BdC já teve intervenções públicas bem mais gravosas para o grupo.

Assim não vamos bater no homem sempre que como agora foi "low profile"!
Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 23.02.2018 às 17:50

Rui...já reparou como o homem mudou? Numa semana era uma pessoa só, triste, abandonada, que corria o risco de o jogo em Astana ser o último no banco...agora que é Rei da Paródia já se esqueceu do que disse. Ele não é capaz de estar calado. Depois fica ofendido por falarem nele. Ninguém entende.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.02.2018 às 17:55

Bem... acho que entendemos mas não aprovamos.

Ele até já esteve pior, muito pior aliás, do que nesta ocasião, mas o ponto é mesmo esse, não consegue ficar calado.
Imagem de perfil

De PSousa a 23.02.2018 às 18:08

"Não há lugar a mais deslizes em nenhuma das frentes"

Caríssimos, acho que podemos interpretar estas palavras não como pressão mas como uma constatação. É verdade que o SCP que quer vencer todas as frentes que ainda está, não pode ter mais deslizes. Mesmo ditas em publico, não as vejo como qualquer tipo de pressão - mas isso sou eu!

No campeonato, com mais um deslize... podemos ficar irremediavelmente afastados do titulo!
Na taça de Portugal, se deslizar na 2ª mão, foi à vida!
Na Liga Europa, idem!

Na minha humilde opinião, não são palavras de qualquer pressão mas de uma constatação.
Sem imagem de perfil

De antonio a 23.02.2018 às 22:10

Concordo que nao sao para colocar pressao. Sao, sim, para sacudir pressao de si.

Bruno de Carvalho sabe que o Sporting muito dificilmente será campeao esta época. Qualquer desaire no campeonato dever-se-á à equipa/treinador e ele, o rei da paródia, nada tem a ver com isso pois foi recentemente legitimado.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 23.02.2018 às 18:20

Honestamente, acho que BdC tem mais perfil para ser presidente do steaua!
Estou farto de o ouvir e de ouvir falar dele!
Quero ver futebol a ser jogado e quanto menos ouvir falar o presidente melhor.
Até nos tiram o prazer de ver um jogo, e apreciar uma vitória!

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.02.2018 às 22:57

Sem imagem de perfil

De José Sousa a 23.02.2018 às 18:42

Não vejo nada de extraordinário no discurso de BdC.
Chegou a hora das decisões e a margem de erro diminui à medida que o final da temporada se aproxima.
Nada de novo que todos, de todas as cores não saibam.
A pressão é algo intrínseco a quaquer profissão nos dias que correm, em que é tudo para ontem, o futebol pelas somas avultadas que entram e saiem, tem uma pressão acrescida.

Qualquer agente desportivo que não saiba lidar com a pressão, não está a fazer rigoramente nada num clube grande.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 23.02.2018 às 18:46

Apesar de poder e de, talvez, dever ter dado este aviso em privado, no balneário, apenas com a equipa técnica e atletas, creio que o intuito foi o de demonstrar, publicamente, que está a esforçar para que o Sporting retire títulos ainda esta época. Depois de ter visto o Estoril miar ao Porto com as garras recolhidas, numa 2ª parte deplorável, quer em termos de juízo, como de desportivismo por parte da equipa do Estoril, depois de cederem em todas as exigências para o reagendamento desta e do Porto se afastar para 5 pontos de isolamento na liderança, BdC viu a sua vida a andar para trás e lembrou-se de avisar a equipa e, quem sabe até, desresponsabilizar-se publicamente da terrível época que poderá vir a resultar. Terrível porque, caso nada ganhem, visto que a Liga Europa é algo que não podemos realmente contar com os ovos no rabo da galinha, tendo em conta que até ao momento temos tido mais sorte do que o normal, o campeonato é aquilo que os sportinguistas realmente almejam para esta época, e ele sabe-o. Desta forma, poderá vir dizer que fez o que podia para termos o caneco mas que os jogadores é que não fizeram a parte deles, ou algo parecido. Talvez, sendo apenas suposições. Agora, que seria algo que deveria ter dito em privado, no balneário, acho que seria mais correcto. Mas também não vejo muito aqui para ficar revoltado com a atitude. É uma forma de chamar a atenção aos jogadores mais distraídos, quem sabe até ao treinador, que por vezes lembra-se de inventar onde não há necessidade.

Um aparte, espero que o Bas Dost recupere depressa e que não seja nada de grave. Quando se souber algo, por favor, façam um post.
Sem imagem de perfil

De Agá Éme a 23.02.2018 às 19:39

Caro Rui
Desculpar-me-á a ignorância, mas pode fazer o favor de me esclarecer esta dúvida existencial e que me mata, me deixa triste e só? O sr presidente falou aos jornalistas?!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.02.2018 às 19:52

Garanto-lhe que eu não falei:)
Sem imagem de perfil

De Pastor a 23.02.2018 às 21:54

Não sei esta entrevista é fiavel porque não passou na SCP TV e não tem qualquer palavrão, asneira ou insulto.
Sem imagem de perfil

De Agá Éme a 23.02.2018 às 22:13

ahahaha
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.02.2018 às 23:03

O Bruno e o JJ estão num concurso!!
A ver quem consegue meter mais vezes, os pés por as mãos.
Uff!!.. Que liderança mitológica.
Com tanta calinada que até perdemos o fio à meada.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo