Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




gettyimages-1232253775-612x612.jpg

Obviamente não estou a defender este modelo de negócio (50%) como um padrão para o Sporting. Eu próprio já aqui escrevi que não quero ver o Sporting como "barriga de aluguer" para negócios de outros.O que defendo é uma avaliação caso a caso e se o valor desportivo do jogador o justificar tentar a sua contratação, mesmo que implique, como recurso, a partilha dos direitos económicos do jogador. Não é o cenário ideal, mas sacrifica-se a vertente económica em detrimento da vertente desportiva.O Pote tem de ser mencionado como um bom exemplo de gestão desportiva. Conseguimos, através de uma habilidade negocial, um deveras extraordinário activo desportivo, ao mesmo tempo que impedimos o fortalecimento de um adversário directo. É este sucesso que eu prevejo para o Ugarte.

Texto da autoria de Leão do Norte

NOTA: Segundo Record, Ugarte é esperado em Alvalade para assinar contrato e a SAD "garantiu mais 30% por 6 milhões caso o médio cumpra 90 jogos". Ou seja, a cada 30 jogos oficiais, o Sporting poderá adquirir mais 10% do passe com custo fixo de 2 milhões de euros.

publicado às 05:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


62 comentários

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.08.2021 às 17:20

Nação Valente,

Eu disse que em 2021 estamos melhor que em 2018, estou então a defender que dama?

Se estamos a analisar critérios de contratação, acho importante analisarmos o que foi a história recente do Sporting, para com isso evitarmos erros do passado. Repare que provavelmente não houve ano em que fizemos a melhor politica de contratações do que em 2013, ano do Leonardo Jardim..... aposta na formação e contratações de baixo custo..... O problemas foi quando mudaram este paradigma com o JJ, e por isso os meus receios quando me aparecem iluminados a tentarem-me explicar que contratar por 50% é excelente.

Na minha opinião esta politica dos 50% é empurrar com a barriga, evita-se custos mas evitam-se receitas, assim torna-se impossível inverter a má situação económica do Sporting. É um ciclo vicioso.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo