Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Negócio Nani

Desert Lion, em 20.08.14

 

Por favor entendam: também me vieram as lágrimas aos olhos quando foi confirmado o regresso do Nani! Nem sei como vão passar os próximos dias até o ver de novo em jogo com a nossa camisola. O Nani foi o meu jogador favorito no Sporting e, mais do que isso, apesar de ser visto como um ídolo no Mundo inteiro, nunca negou o seu profundo Sportinguismo e o seu desejo de voltar a estar com a sua família “verde e branca”.

  

Mas, e desculpem lá este “mas” no meio de toda a euforia, como gestor e como sócio, também tenho de colocar algumas interrogações ao modo como este “feito” foi conseguido. Deixo, pois, dois alertas que espero que tenham sido levados em devida conta pela Direcção ao concretizar este negócio.

 

1) Parece que temos mais um processo às costas - e desta vez de valor muito relevante para a débil situação da SAD. Ao rasgarmos o contrato com a Doyen, deixamos de lhes pagar 12 milhões de euros. Acresce que, certamente, para efeitos de contabilização processual, a Doyen vai alegar que o Sporting recebeu um valor adicional de 5 Mio Euros (salários de um ano do Nani), dos quais 75% deveriam ser seus. Ou seja, são mais quase 4 Mio Euros. Já vamos em 16 Mio Euros. Se acrescermos Juros de Mora e alguns artificios de prejuizos provocados, danos a imagem e mais alguns “etcs”, facilmente teremos um processo de valor global na casa dos 20 ou 25 milhões de euros. Ora, tanto quanto sei, hoje em dia, estes casos estão a ser resolvidos nos Tribunais do Comércio em prazos entre um a dois anos. Poderá o Sporting enfrentar uma penhora no valor de 20 milhões de euros, ou mais, nos próximos dois anos? Ou melhor dito, já terá o Sporting crescido neste curto espaco de tempo para poder “aguentar” uma sentença negativa desse montante? Só espero que nunca venhamos sequer a saber...

 

2) Imaginem agora. Eu sou o João. Sou o accionista maioritário da J&Companhia. A J&Companhia é uma empresa falida, que apresentou resultados largamente negativos desde que foi criada. Aliás, a sua situaçãoo é tão má que os seus gestores afirmam que esteve muito próxima de se apresentar a um PER. Descobriu-se agora que um dos activos da J&Companhia vale muito dinheiro. Ao sabê-lo, os gestores trataram de vender esse activo por uma boa maquia. Recebido esse valor, resolveram doá-lo à “Missão Iate de 12 Metros” do João. Que sou eu. E que, portanto, vou ter um Iate de 12 Metros a conta de um activo bem vendido por uma empresa que está falida. O que dirão os credores da J&Companhia, especialmente aqueles que, de boa fé, aceitaram renegociar a salvação da J&Companhia? E os outros accionistas, apesar de grande parte deles serem meus amigos, estarão dispostos a que o retorno de um dos activos da empresa em que participam reverta a meu favor? Não perguntarão eles se e' objecto social da J&Companhia entregar donativos ao João, só por este ser o principal accionista da J&Companhia? Não estará a J&Companhia a “abusar” da sua situaçãoo de participada e a fazer um negócio ilegítimo, desprotegendo os restante stakeholders?

 

Estas são as questões que levanto. Espero, desejo, e bem lá no fundo penso saber, que a actual Direcçãoo do Sporting as tenha ponderado antes de tomar as decisões que tomou no que toca a este negócio. Quero crer que existiu algo de realmente grave no comportamento da Doyen que assegura totalmente a posição da SAD no processo judicial que se seguirá. Quero também crer que as decisões tomadas quanto à Missão Pavilhão o foram de forma totalmente informada e concertada com credores e outros accionistas.

 

Enfim, e apenas para terminar, só espero que convençam o Slimani a não sair ou, se sair mesmo, que contratem outro com características semelhantes. E que agora que temos dois mágicos (Nani e Carrillo) a cruzarem das pontas, tem de haver alguém forte no meio para as enfiar lá para dentro.

 

publicado às 11:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds