Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_797x448$2017_05_04_09_37_57_223796.jpg

 

"O VAR funcionou no domingo em Braga, anulando bem o que teria sido um dos golos do campeonato, marcado por Hassan. Perdeu-se uma pequena obra de arte, mas ganhou-se verdade desportiva e provou-se, mais uma vez, que o videoárbitro é uma ferramenta que funciona, desde que seja usada. O que só faz aumentar a perplexidade com o número de vezes em que tem sido pura e simplesmente ignorada pelos árbitros.

 

Árbitros agredidos, invasões de campo, jogos interrompidos. Pode dar jeito a alguns discursos dizê-lo, mas o problema não começou nem vai acabar neste fim de semana. E ninguém pode atirar pedras ao vizinho".

 

Jorge Maia, jornal O Jogo

 

Entretanto, o vídeo-árbitro voltou a assumir papel decisivo no Estoril-Portimonense desta segunda-feira. Aos 55 minutos, a equipa algarvia marcou e, numa fase inicial, o árbitro Bruno Paixão validou o golo.

 

No entanto, o juiz recorreu ao VAR para verificar a legalidade do lance e, verificando que um jogador do Portimonense se encontrava em posição irregular, reverteu a decisão, anulando o golo e mantendo o nulo no marcador.

 

Pelos vistos, nem todos os árbitros ignoram o vídeo-árbitro, mas como refere Jorge Maia, o problema não começou nem vai acabar este fim de semana.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De JPT a 05.12.2017 às 10:30

Pena que o jogador que estava em posição de fora-de-jogo não tivesse sido o autor do golo que veio a ser anulado. Mas como o árbitro era o Bruno Paixão...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.12.2017 às 13:51

Reconhece-se que é um lance discutível e desconheço qual foi o critério de decisão de Bruno de Paixão, mas na minha opinião o jogador que está em posição irregular e que não toca na bola, teve influência directa no lance.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo