Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nos tempos da rádio

Naçao Valente, em 28.11.23

A minha mãe que nunca mais me tinha posto os olhos em cima, disse à senhora Laurinha do posto dos correios, para lhe pôr na carta, que tinha ido ouvir-me como combinado: “meu filho, os homens que escutavam o relato, começaram a mangar comigo”.

“Olha a laranjada fresquinha!”

Eu disse-lhes: “venho ouvir o meu Zé” e eles na resposta “o seu Zé vai falar na rádio? Ah, ah, ah”‼

Atenção Amadeu, atenção Amadeu…”

– E eu ouvi-te e conheci a tua voz e eles “pois, ouviu apregoar as bebidas. Sabe lá se é o seu filho, um entre muitos?”

“Olha a gasosa fresca!

– Eu sei que é o meu filho, conheci-lhe a voz. Labregos, invejosos, mortos de fome é o que são!

E o Artur Agostinho: “penalty a favor do Sporting”.

thumbnail_l645n8wl.png

Outras cartas foram e vieram. Outros pregões se gritaram nos campos de futebol. No ensino nocturno fui aprendendo e conhecendo novas realidades. E a adolescência chegou. Comecei a ver as “madamas” com outros olhos. Reparei em pormenores que antes me escapavam. A dona Regina na sua camisa de dormir transparente, a dona Aninhas, mulher do senhor deputado da Assembleia Nacional, de grandes olhos negros e seios a quererem saltar pelo decote ousado e que tinha um tratamento especial: “Olha que o senhor deputado é tu cá tu lá, com o senhor doutor Salazar que Deus o proteja, porque nos livrou da guerra e do comunismo.” Estas e outras senhoras alumiavam-me a existência nas noites solitárias. Mas com todo o respeito. Pecado, apenas em pensamento…

Admito que o doutor Salazar nos tenha livrado da Segunda Guerra Mundial, mas a mim não me livrou de outra guerra, a colonial. Mancebo da nação, fui aprovado para ingressar nas Forças Armadas. Como todos, incluindo os coxos, deram-me uma espingarda e mandaram-me combater.

“Angola é nossa! A rádio Moscovo não fala verdade.”

Excerto do meu livro... "Zé Ninguém – A minha vida não dava um romance"  Obrigado ao Rui pela disponibilidade online, em papel e ebook na Bertrand, Fnac, Livraria Atlântico e em Lisboa, na livraria Martins.

Também envio directamente. Email: as3559225@sapo.pt.

Saudações leoninas, José Mateus Gonçalves

NOTA: Mais uma excelente obra literária do nosso colega e amigo Nação Valente (José Mateus Gonçalves). Parabéns!

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


19 comentários

Sem imagem de perfil

De FF a 28.11.2023 às 11:07

Bom-dia,
Qual é a ortografia em que está escrito o livro?
Está em Português correcto ou segue o famigerado aborto ortográfico, entre cujos mentores havia um indivíduo que tinha sido informador da PIDE?
E esta, hein?!, diria o Fernando Pessa.
FF
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.11.2023 às 12:14

FF,

Obrigado pela pertinente pergunta. Devo esclarecer que sempre fui e serei contra o novo Acordo. Quando o quiserem reverter, assino por baixo.

Ainda uso a anterior ortografia em pequenos textos. Neste livro optei por seguir a grafia actual. Quase toda a gente que escreve o faz, incluindo pessoas muito mais importantes que eu, no meio jornalístico e literário. Nesse aspecto a minha contestação, vale zero.

Por outro lado, não consigo relacionar a nova ortografia com tendências políticas. Há muitos contestatários deste Acordo que são da direita política.
Sem imagem de perfil

De FF a 28.11.2023 às 13:18

Boa-tarde, caro Nação Valente,
Agradeço a sua resposta e lamento muito não poder adquirir o seu livro, mas na minha modesta biblioteca de pouco mais de 700 volumes, todos escritos em Português correcto ou em originais traduzidos seria um crime conspurcá.la com algo escrito segundo o aborto.
Compreendo que tenha sido obrigado, por razões editoriais, a seguir o polìlticamento correcto e recordo-me de há algum tempo, a própria INCM ter recusado publicar um livro de que não me recordo o nome nem o do seu autor, por ter ignorado a imposição ditatorial.
Posto isto, congratulo-me por, quer o Jornal Sporting, quer o próprio canal Sporting TV ainda respeitarem a Língua Portuguesa.
Saudações Leoninas.
FF
Sem imagem de perfil

De FF a 28.11.2023 às 13:29

Boa-tarde,
Ainda que fora do contexto do presente post, e por ignorar como introduzir o assunto no CL, acabei de tomar conhecimento de uma iniciativa com a finalidade de contratar com carácter vitalício o Nuno Dias, o grande mestre do futsal leonino.
Permito-me, por isso, sugerir ao sr. Rui Gomes que, caso concorde, lance no CL essa iniciativa.
FF
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2023 às 13:41

Não concordo!.
Vitalício, só o Papa.

P.S. Todos temos tempo de caducidade.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2023 às 14:12

Caro FF,

Lamento que venha abordar esse tema neste post e ainda por cima com o Carlos a responder.

Já tenho um post preparado, mas ainda não decidi se é para hoje ou amanhã.
Sem imagem de perfil

De FF a 28.11.2023 às 14:30

Boa-tarde, sr. Rui Gomes,
Conforme expliquei, introduzi o tema, ainda que desfazado, por tê-lo considerado
pertinente.
Quanto ao outro comentário, palavras, léva-as o vento.
FF

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2023 às 17:13

Boa tarde,

Se eu estivesse na sua posição, ao querer referir um tema off-topic, eu teria escolhido o post sobre o Rúben Amorim, outro treinador, e não a publicação do nosso colega Nação Valente sobre a sua obra literária.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.11.2023 às 14:37

FF

Comprar ou não comprar o meu livro, não é importante. Ter manifestado algum interesse é uma honra. Respeito a sua opção, mas deixo-me dizer-lhe que na minha modesta opinião, a qualidade ou não qualidade de qualquer texto, não se mede pela grafia utilizada, mas por outros critérios.

Na minha biblioteca existem, com toda a subjectividade, bons e maus livros, uns que li e gostei e outros que nem por isso. Nesse aspecto não sou muito dogmático. De qualquer modo, aprecio quem compra e lê livros. Coisa rara nos tempos que vivemos. Por isso valeu apena ter feito aqui a divulgação.

Saudações Leoninas


Sem imagem de perfil

De FF a 28.11.2023 às 16:16

Boa-tarde caro Nação Valente,
Pondo um ponto final neste assunto, permita-me que lhe diga que me agradou bastante esta troca de mensagens pelo que lhe fico grato.
Concordo que a grafia nada tem a ver com a qualidade dos livros, mas talvez por teimosia, decidi não os comprar quando não respeitem a Língua Portuguesa.
Quando apareceu o AO, duas professoras da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, deram início a um abaixo assinado, com o qual colaborei, para ser presente à AR. Normalmente seriam necessárias 4000 assinaturas. No entanto, foram exigidas 40000. EIucidativo.
FF
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2023 às 13:34


Parabéns!.
(O anterior livro eu comprei.. ainda não o li. Está em Lisboa na casa dum primo à minha espera.😎)

P.S. Nação Valente, o próximo livro é sobre o Camarote Leonino!?.
Nós, os Zés e o Camarote
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2023 às 13:43

Corrijo..
Os Nós, os Zés e o Camarote
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.11.2023 às 14:18

Obrigado Carlos N.T. pelas felicitações e pela aquisição. Não sei se haverá próximo. De qualquer modo seria um tema, para o qual não estou à altura.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2023 às 17:42

Amigo Nação Valente,

Até já pensei nisso, mas é de facto um tema complexo. Também não sei até que ponto haveria interesse na praça pública.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.11.2023 às 18:37

Eu penso que, amigo Rui, além de ser um tema difícil para escrever uma ficção, poderia ter ou não ter interesse. Mas tudo é possível. Se o tema andasse à volta do futebol e das suas peripécias podia despertar interesse, pelo menos de alguns leitores. Talvez o Carlos N.T. tenha alguma ideia mais precisa.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2023 às 20:50

Uff!..Não.!
Cada um no seu lugar..
Não posso competir com o José Mateus Gonçalves.

P.S. É realmente dificil.. talvez a modo de relato, curiosidades.

Era uma vez uma pequena aldeia à beira dum rio chamado Leonino.
Foram chegando Zés e cada dia eram e mais Zés. O rio era caudaloso e trazia sempre consigo pepitas de ouro.
Havia muito ouro e alguns garimpeiros.
Os primeiros habitantes, lutadores como ninguém e muito ocupados em construir uma bela cidade, tiveram o seu primeira dura batalha. Ajudar à expulsão desses garimpeiros que sujavam um rio tão lindo e de beiras transbordantes de verde vida, o rio Leonino.
E cada dia foram chegando mais Zés... e mais nós. Assim se transfomou numa cidade culta e habitável, chamada Camarote.
Alguns graciosos, outros intransigentes, aqueles que todo sabiam, os anti, jardins de belas elas e carros caros e até um Indiana Jones(meio maluco mas, simpático🤣🤣🤣)
......
.....
...
........
Fim
(Esta é a história de um Blog que durante 20 anos referencia e apoio ao Sporting Clube de Portugal)
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.11.2023 às 21:43

Ora, ora, para quem não pode competir, nada mal. Já tem o espaço, o tempo, e até um personagem de filme de acção, sem faltar as belas leoas. É só desenvolver na grafia antiga.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.11.2023 às 15:40

Amigo José Mateus Gonçalves

Parabéns pelo novo livro que publica, o que, para além do muito trabalho que implica, é sempre um acto de coragem.
Estou muito interessado na leitura, pela matéria e pela(s) época(s) que aborda no livro. Também fui adolescente nos anos 60.

Entrarei em contacto consigo via email.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 29.11.2023 às 15:58

Amigo Leão Zargo,

Obrigado pelo elogio e pelo interesse. Os leitores, considerando os que leem, não fazem ideia da coragem que é necessário ter para publicar, por quem não tem estatuto mediático.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo