Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O adeus de Pedro Madeira Rodrigues

Rui Gomes, em 04.09.18

 

image.jpg

 

Quando se colocou o cenário de eleições, não tinha como condição imprescindível voltar a avançar e, na altura em que decidi fazê-lo, foi sobretudo por não ver em nenhum dos candidatos assumidos até à data em que avancei, a capacidade para assumir a condução do Sporting.

 

Para além disto, decidi avançar a partir do momento em que tinha asseguradas boas soluções para o futebol e para a área financeira. Estou habituado a tomar decisões e decidir pelo que entendo ser o melhor e não pelo que é politicamente correcto.

 

Chegando a este ponto e após reflexão e por nunca ter estado obcecado em ser presidente do Sporting Clube de Portugal, mas antes empenhado em contribuir para uma solução eficaz que traga de volta o grande Sporting e para evitar que o seu rumo fique entregue a experimentalismos, decidi apoiar José Maria Ricciardi. Dos actuais candidatos é aquele que reconheço que tem capacidade de gestão e liderança para colocar o Sporting no caminho do sucesso.

 

Dou assim um distinto sinal de união que é fundamental no momento que o nosso Clube atravessa. Agradeço a toda a minha equipa e aos meus apoiantes pela disponibilidade e confiança que em mim depositaram.

 

Pedro Madeira Rodrigues

 

publicado às 20:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo Matos a 04.09.2018 às 21:54

Com este naipe de candidatos, PMR podia ter feito muito melhor, tal como Ricciardi.
Teoricamente os mais capacitados para fazer face às dificuldades que aí vêm a nível de tesouraria, não souberam com o seu discurso, cativar e muito menos impressionar.
A meu ver, o programa de PMR foi muito bem elaborado e continha aspectos muito interessantes. Pena, ele não ser um bom portador das suas ideias.
Tudo se irá decidir entre FV e JB. Sangue novo, mas que me deixa preocupado, quanto a episódios, como os que aconteceram na lista de FV. A inexperiência, paga-se. Resta esperar para que a partir de dia 9, haja união e os interesses pessoais sejam relegados para segundo plano... difícil, mas não impossível.
Sem imagem de perfil

De ALPER a 05.09.2018 às 08:16

Tem que se aceitar a decisão de PMR, pelo simples facto de, embora tardiamente, ter chegado à conclusão que a sua lista não teria condições de obter um resultado apresentável, no próximo dia 8.
Mas sómente a PMR se poderão atribuir culpas, apostou, logo de início, num "cavalo" errado, e não conseguiu, ou não quis, desmontar a tempo.
Há outros factores, que até já foram mencionados, aqui no Camarote, para a sua candidatura não estar na vanguarda da corrida, pelo que não há necessidade de repetir os motivos.
Penso, também, que PMR hipotecou, definitivamente, as hipóteses de um dia se voltar a candidatar, e sair vencedor, de uma eleição para a Presidência do Sporting Clube de Portugal.(Es finito!).

Quanto às três candidaturas que, na minha opinião, terão hipóteses de vencer, no próximo Sábado, Varandas, Ricciardi e Benedito, temo que a acontecer a vitória do primeiro ou do terceiro, venha a gerar uma direcção fraca a de muito curto tempo de vida.

Realmente, face ao muito a que tenho vindo a assistir, e volto a repetir, na minha opinião, José Maria Ricciardi parece-me ser a pessoa que apresenta mais solidez para o cargo, embora com o senão de alguns anti-corpos que a sua lista nos mostra.

O não ter mencionado as outras três listas, já responde ao que penso sobre as suas hipóteses.

Saudações Leoninas!

Sem imagem de perfil

De Luís a 05.09.2018 às 15:53

Este candidato já começou derrotado à partida.
Pelo enorme tiro de canhão que deu no pé.
E pelos que foi dando pelo caminho.
Talvez agora perceba aquela "jogada" contra JB no debate na Sporting TV.
Já se esperava que não fosse até final, porque percebeu que iria ter uma votação residual.
Agora resta esperar para perceber que lugar vai ter ou talvez nunca se venha a saber, se JMR não ganhar.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo