Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

podenceDR1.jpg

 

«Fiquei sem palavras com a recepção dos adeptos à chegada. Já tinha cá estado e fui muito bem recebido, mas ontem houve um apoio muito importante. Os adeptos chegaram em massa ao aeroporto para nos receber e ficámos muito surpreendidos, principalmente quem chegou. É uma motivação extra saber que vamos para o estrangeiro e somos recebidos por dezenas ou centenas de pessoas. Assim se vê a grandeza de um clube e acho que é uma motivação muito forte para quem cá está e para quem chegou.

 

O ADN do Sporting é a aposta na formação. Isto é a prova de que se continua a apostar forte e bem. A mistura entre a experiência e a juventude tem de continuar. De um lado, a irreverência de quem conhece o clube desde sempre. Do outro, a experiência de quem conhece o futebol europeu, mundial ou até mesmo português.

É pensar jogo a jogo e ganhar cada partida de forma convincente. Acho que assim conseguiremos não só o objectivo inicial, que é entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões, como vencer e dar bastante luta no Campeonato e nas Taças em Portugal».

 

Declarações de Daniel Podence, um dos talentos mais promissores da actualidade leonina. Satisfeito com o estado das coisas no estágio na Suíça, o jovem avançado deixa no ar a convicção - ou talvez seja esperança - que a "formação" faz parte das prioridades de Jorge Jesus.

 

Não partilhamos inteiramente dessa sua convicção, mas nem por isso deixamos de desejar que tenha razão. Há muito que insistimos que a exemplo do que sucedeu com Rúben Semedo e Gelson Martins, terão de ser os jovens a forçar a tomada de decisão deste treinador, não lhe permitindo a sua bem conhecida tendência de recorrer aos jogadores mais experientes, em alguns casos até já veteranos de longa data. Só assim Jorge Jesus "apostará" na formação, propaganda em voga não obstante.

 

publicado às 05:23

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo