Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O armazém de talentos

Rui Gomes, em 23.04.18

 

Conjugado com os bês, o campeonato de sub-23 é uma boa ideia cá dentro e um problema de açambarcamento lá fora.

 

19668301_GZJst.jpg

O campeonato de sub-23 que a FPF vai lançar é uma mudança séria. Se impusesse a extinção das equipas B, seria um tiro no escuro - a troca do certo pelo incerto -, por isso percebe-se que Fernando Gomes se tenha envolvido pessoalmente na destrinça entre os dois objectivos.

 

Um campeonato de sub-23 não é alternativa aos rigores da II Liga, mas será melhor do que o campeonato de juniores A. Se o objectivo é submeter os jogadores a ritmos e graus de dificuldade acima dos lhes seriam naturais, fica criado um patamar intermédio que beneficiará quem não encontrava vaga nos bês. O número de jogadores rotinados vai aumentar.

 

Onde a ideia piora, para os interesses portugueses, é no estrangeiro. Uma das nuvens sobre esta prova é a dificuldade de recrutamento que até Benfica, FC Porto e Sporting já sentem cá dentro. Os melhores juvenis e juniores são cada vez mais disputados com italianos, ingleses e espanhóis. Dar-lhes a possibilidade de armazenarem outros 25 ou trinta jogadores nas suas próprias equipas de sub-23 agrava o problema. Defender a formação também é combater o açambarcamento de talentos pelos mais ricos. Até porque, na maioria dos casos conhecidos, só conseguem destruí-los ou adiá-los.

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernandes a 23.04.2018 às 17:12

Claro que acumulam os talentos, será que acredita que o nível da formação é igual no Feirense e Estoril? Texto absurdo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.04.2018 às 17:43

Não leu com muita atenção ou então não compreendeu. O ponto principal do texto não é o armazenamento de jogadores, muito embora haja essa referência.
Sem imagem de perfil

De Fernandes a 23.04.2018 às 20:07

Obrigado pela correcção, de facto li com pouca atenção.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo