Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O "autocarro" até resultou !

Rui Gomes, em 02.05.14
 
 

 

Fica a ideia que Jorge Jesus recorreu a uma página do livro de José Mourinho - aquela que o treinador do Chelsea não utilizou ontem - e apresentou um autocarro reforçado em Turim, e o resultado está à vista. Futebol quase não existente - tempo útil de jogo não deve ter passado dos 35/40 minutos -  e com uma Juventus sem conseguir penetração consequente e eficácia nos remates. Mas nos tempos de hoje, mais do que nunca, é o resultado que conta, e estamos então perante mais uma final para o clube da Luz. Jorge jesus - num abrir e fechar de olhos - passou de super-besta a super-bestial a herói "nacional", num clube que conta com uma massa associativa que só existe em torno dos superlativos, reais ou imaginários.

 

Ainda não decidi quem eu mais desejo ver vencer na final, mas uma coisa é certa -  por politicamente incorrecta que seja - sei que vou torcer por Daniel Carriço e Beto. Come já tive ocasião de dizer a um leitor, dois entre muitos outros mal amados do Sporting. Além de formar "Bolas de Ouro", também somos fertéis nisto... infelizmente.

 

Nota: Não resisto publicar esta breve mas brilhante nota adicional que nos chegou pela gentileza do nosso leitor RRAleixo, com origem em um comentário que Pedro Mendes - nosso atleta de formação - escreveu nas redes sociais:

 

«Parabéns à única equipa de portugueses na final da Liga Europa: o Sevilha... O resto é simplesmente uma vergonha e falta de respeito para com os nossos».

 

A eloquência de Pedro Mendes é penetrante e a sua observação cem por cento certeira !!!

 

Afirmou Beto, guarda-redes do Sevilha: "Orgulho jogar final frente a equipa portuguesa". O antigo jogador do Sporting enganou-se nas contas; o clube é português, a equipa é tudo menos portuguesa.

 

publicado às 03:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


19 comentários

Sem imagem de perfil

De HY a 02.05.2014 às 18:12

Embora compreenda a lógica da crítica ao facto de o Benfas quase não jogar com portugueses, penso que o PM não foi muito feliz nas suas declarações. Pela sua lógica, que estão dois portugueses a fazer no Sevilha? A roubar o lugar a dois jovens espanhóis? E seria bom não esquecer que jovens como o PM não hesitaram em sair do Sporting para o estrangeiro...com o sucesso que sabemos.

Não se pode ter sol na eira e chuva no nabal...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.05.2014 às 18:28

É tudo muito subjectivo meu caro e para fazer justiça teríamos de analisar caso por caso.

Tanto o Beto como o Daniel Carriço ainda hoje podiam estar no Sporting, entre um número dos notórios mal amados que são "banidos" da casa que os criaram.

Acredito que haverá jovens espanhóis com queixas sobre o número de estrangeiros também na Espanha. Isto até lhe toca perto de casa caro HY ", em que a União Europeia aplica as mesmas regras ao desporto profissional que se verificam em outros sectores , injustificadamente, perante a realidade da indústria. Não obstante as leis vigentes, é absurdo que seja permitido um tão elevado número de inscrições no futebol de estrangeiros por equipa.

O caso de Pedro Mendes requer uma discussão à parte.

E ainda lhe digo mais: a exemplo do que secedeu com outras modalidades em outras partes do Mundo, o dia chegará em que clubes como o Sporting se questionarão sobre a razão de ser da formação.
Sem imagem de perfil

De HY a 03.05.2014 às 09:48

Estou a ver que o Rui sabe mais sobre mim do que eu sobre si :-)... Também se apercebeu que agora postei aqui pelas suas paragens? :-)

Sobre o PM o que eu quero dizer é que fica mal a quem beneficia da importação de jogadores estrangeiros dar lições a quem o faz. Não está em causa que acho ridículo que o Benfas às vezes nem um português tenha na equipa. Para mais alguém como ele, que até é capaz de ter dado cabo da carreira (espero para bem dele enganar-me) para ir brilhar no estrangeiro. É como uma conversa que tive há muitos anos em Paris com uma emigrante português que protestava contra a invasão dos emigrantes (magrebinos, entenda-se) e quando lhe fiz notar que ele próprio era um emigrante e clandestino quando chegou a França me respondeu "mas era diferente"... É sempre diferente, quando nos convém.

Quanto à questão da UE. Bom, com uma indústria como o futebol, que movimenta milhões, vejo mal como poderia o Tribunal de Justiça decidir de outro modo. A não ser que os Tratados mudem. Mas para isso é preciso que os 28 estados membros estejam de acordo, o que me parece muito difícil.

Mas essa é uma falsa desculpa das mafias da UEFA e da FIFA.

A UE não proíbe a introdução de regras, por ex, que cada clube tem de inscrever X jogadores que tenham sido formados no clube (ou no país). Ou limitar o número de jogadores a inscrever por cada clube. Ou até limitar os salários a pagar. Ou prever regras específicas para proteger melhor os clubes formadores. Isto para não falar em organizar a çontratação de jogadores de modo diverso, como fazem as ligas profissionais dos desportos mais populares pelas bandas onde o Rui reside.
A UE apenas proíbe a discriminação de profissionais com base na nacionalidade. Há muitas outras maneiras de la chegar...

Assim os Platinis deste mundo tivessem vontade de fazer outra coisa que não fosse proteger os grandes da Europa....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2014 às 10:24

Seja como for, só através da UEFA a contenda poderia ser resolvida, pela livre circulação de trabalhores na UE. No caso de Portugal, ainda temos o problema dos brasileiros.

P.S. Agora estou um pouco mais fixo, mas as "bandas" por onde ando ou resido são várias. E, por mera coincidência, tenho um primo direito que até há relativamente pouco tempo foi Deputado em Bruxelas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2014 às 10:32

P.S. Cuidado, porque onde se encontra, a "casa" fica sempre a ganhar.
Sem imagem de perfil

De HY a 03.05.2014 às 15:35

Não há problema. Isto foi apenas o final logístico de um périplo dedicado às belezas naturais - em sentido próprio :-))

Comigo a "casa" não se safa...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2014 às 15:54

Agora não visito tanto, mas durante anos visitava frequentemente, num ir e vir, para jantar e ver um dos espectáculos da nossa preferência. Para ser sincero, apreciava mais o ambiente de outrora... menos carnavalesco.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo