Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O “corno” que saiu da boca de Vítor Baía

Texto na página do Facebook de Luís Osório

Leão Zargo, em 21.05.22

O corno.jpg

1. O presidente do Sporting, Frederico Varandas, parece ter sido apertado na garagem do Estádio do Dragão por Rui Cerqueira, Sérgio Conceição (que desmente ter lá estado com enorme veemência) e por Vítor Baía, uma das maiores lendas do futebol português.

Parece que o telemóvel de Varandas terá voado e alguém ter-lhe-á encostado a cabeça. O Sporting fez queixa e no processo fala-se dos gritos, das ameaças e até se descreve ao pormenor o que cada um terá dito.

Vítor Baía em matéria de “trinta e um de boca”, a ser verdade o que vem nos relatórios, bateu toda a gente aos pontos.

Indignado com Varandas ameaçou-o com um “anda cá cabrão, rebento-te todo”. Se isto já era mau, Vítor conseguiu finalizar em apoteose - “corno, és um corno. Rebento-te todo, corno”.

2. Caro Vítor.

Perdoa-me antecipadamente por te tratar como se nós fossemos próximos ou até nos conhecêssemos.

Nunca nos cruzámos, nunca trocámos uma frase que fosse, mas somos da mesma geração, eu mais novo dois anos embora não pareça pois quando o país te vê no alto do teu quase 1,90, magro, fit, com casacos com o corte justo, pareces ser bem mais novo do que eu.

Depois a tua simpatia, a tua capacidade de comunicar, a eloquência e a preparação que te distinguem dos velhos dirigentes cujo paleio é próprio de uma outra época, um tempo dos dirigentes e jogadores de bigode, dos pelados e peladinhas, dos mercedes e da ditadura da construção civil, dos jogadores tratados como se fossem gado, do cacau, do pilim em malas, do graveto a circular.

Quando a malta te vê acredita que o futuro será diferente.

Que o futebol português deixará de ser troglodita com a chegada da tua geração à liderança dos grandes clubes.

3. Não me julgues mal, Vítor.

Não é que acredite em santinhos e aparições. Sei que o futebol é um mundo à parte e que não se pode “comer e calar” ou ser “tenrinho” sob pena de nada se ganhar, o que é intolerável para portistas, benfiquistas e agora até para sportinguistas.

Mas “corno”?

Corno” não é para ti, Vítor.

Corno” ou “rebento-te todo” é para “machonitos” e gorilas para quem a virilidade se faz das afirmações e do cabedal moldado em ginásios e caixas de comprimidos que insuflam.

4. Fiz há uns anos uma reportagem na Casa de Saúde Mental do Telhal e no pavilhão dos inimputáveis, os doentes ficaram nervosos com a minha presença. À minha saída um qualquer começou a gritar “ó careca és um corno”.

E logo a seguir um outro repetiu.

Corno”

“Corno”

“Coooorno

E já imaginas o resto.

Saí de lá com a malta louca de satisfação e de virilidade.

5. Vítor, tu serás um dia presidente do FC. Porto.

Depois desta salganhada na garagem diria até que ninguém te derrota quando chegar o momento.

Mas não repitas isso.

Os miúdos veem-te como um exemplo.

E têm de ser as pessoas como tu a provar que o mundo pode ser mudado, que podemos ser melhores.

Mais inteligentes.

Mais respeitadores das diferenças de género.

Menos racistas e menos rascas.

Mais globais e mais capazes de se adaptarem a um mundo tão diverso.

Pensa nisto.

Não ponhas um bigode - não ficas bem de bigode, Vítor.

A sério.

Vai por mim.

Mal por mal, numa próxima vez que te indignes com alguém, até palhaço é preferível a “corno”.

“Corno” é a palavra mais usada pelos gajos que matam as mulheres por acharem que o são.

Não perpetues o que nos faz animais.

Luís Osório

publicado às 14:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De RCL a 21.05.2022 às 17:45

Vi Baia, uma vez, em Alvalade(Sporting 2 x FCP 0) .
Ainda me lembro do primeiro golo, livre de André Cruz enviado para a 5ª gaveta do seu, dele, lado esquerdo; o goleiro esticou-se todo, num gesto digno de um bailarino mas não havia nada a fazer, estava lá dentro.
Baia era mais do "agarra-me senão mato-o", sempre no aconchego do seu reduto, onde tudo era, e é, permitido.
Scollari "botou-o para escanteio" na seleção e lá veio a comandita, com o papa à frente, fazer o chimfrim do costume. Scollari ganhou a seleção nesse momento, acabou com a pressão dos clubes e empresários. O papa nunca o perdoou.
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 21.05.2022 às 18:12

RCL

Houve alguém que disse que o Baía era muito elegante... a sofrer golos! Na vida, é um "valentão" que faz questão de ter as costas quentes.

SL

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds