Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O dilema chamado Fredy Montero

Rui Gomes, em 28.04.15

 

4139_1242003a5bee3b9a06186dcdf47d1908.png

Gostaria de deixar aqui uma sugestão quanto ao futuro de Fredy Montero no Sporting mas, muito sinceramente, não a tenho para oferecer, e até desconfio que a própria estrutura da SAD, que inclui o treinador, também não tem uma ideia definida.

 

As estatísticas da época em curso indicam que participou em 22 jogos da I Liga, 15 como titular e 7 como suplente utilizado, acumulando 1416 minutos de jogo (15.7 jogos), com 9 golos marcados. Regista ainda 4 jogos como titular na Taça de Portugal com 3 golos marcados; 5 jogos como suplente utilizado na Champions e 92 minutos em 2 jogos da Liga Europa. Nas competições da UEFA não marcou golos.

 

Pela minha indicação no post sobre o jogo em Moreira de Cónegos que Fredy Montero estava em jejum desde o dia 1 de Fevereiro, pela visita do Sporting a Arouca, um nosso leitor - numa procura de justificação - perguntou em quantos jogos foi titular desde essa data. A pergunta que devia ter sido feita é o que fez ele até Fevereiro para merecer a titularidade. Pela ausência de Slimani ao serviço da selecção argelina, durante mais de um mês, a sua contribuição foi quase nula.

 

Reconheço o desde sempre argumento que não tem características para jogar no 4x3x3 mais usual do Sporting e que a sua produção aumentaria caso jogasse atrás de um ponta de lança, como aconteceu ontem frente ao Moreirense. Este cenário alternativo não deixa de ser potencialmente válido, salvo por um muito importante factor: o Sporting, neste momento, não tem plantel para jogar excepto no 4x3x3, e mesmo neste sistema, como bem sabemos, carece de um goleador, que não é Slimani nem Tanaka e o futuro dirá se Diego Rubio poderá ser uma solução.

 

Uma das razões para o que acabo de indicar é que os actuais alas/extremos não são eficazes na cobertura defensiva e não acompanham, o suficiente, os lances de transição dos adversários. Mesmo em 4x3x3, temos 27 golos sofridos na Liga, mais 15 que o FC Porto, mais 12 que o Benfica e até mais 8 que o SC Braga.

 

Voltando à questão fulcral deste artigo, o que deve ser feito com Montero ?... Continuar a apostar nele na esperança que ainda venha a dar os dividendos desejados ou tentar a sua transferência ? Neste último cenário, o único mercado provável será a MLS, mas hesito em garantir que o Sporting poderá recuperar o seu investimento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:10

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds