Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O entusiasmo de Sousa Cintra

Rui Gomes, em 08.09.18

 

img_920x518$2018_09_07_22_59_52_1444961.jpg

 

Em entrevista à SIC Notícias, José Sousa Cintra adiantou as suas considerações finais enquanto membro da Comissão de Gestão e presidente da Sporting SAD. Não é invulgar o antigo líder do Clube exceder-se com o seu entusiasmo, mas esperamos que para o bem desta Instituição centenária as suas previsões se concretizem:

 

"Na minha opinião, o Sporting vai acabar por receber para cima de 100 milhões com estes jogadores que rescindiram. E se for pelos números dos contratos será para cima dos 200 milhões de euros. Ninguém pode pôr em causa que não defendo os interesses do Sporting.

 

Disse que a proposta é de 100 milhões, referentes à cláusula, e o At. Madrid começou a oferecer 15 e 17 milhões de euros. Pensaram que o Sporting estava com dificuldades e ia aceitar qualquer coisa mas enganaram-se. Cheguei a 45 milhões, mas estou convencido que o Atlético Madrid tem todo o interesse em fazer acordo com o Sporting e vai fazer.

 

São jogadores do Sporting. O Sporting não vai perder estes processos. Não há motivos para os perder. Se tivesse dúvidas recebia os 20 milhões do Atlético Madrid. Mas quis que fosse a próxima Direcção a negociar.

No que diz respeito a Rui Patrício, não foram 10 milhões mas sim 18 milhões de euros que o Wolverhampton ofereceu. Não sei é se a nova Direcção aceita os 18 ou quer mais. Podia ter tratado, mas deixei para a nova Direcção".

 

José Sousa Cintra também aproveitou o ensejo para fazer um balanço do seu desempenho enquanto líder da SAD:

 

"Esta era a equipa que idealizava; muito forte, um plantel com qualidade. Fomos buscar alguns à nossa casa, vê-se agora o Jovane, que estava com um vencimento muito baixo que não se justificava.

 

Alguns jogadores cairam por terra no mercado, mas todos com quem falei queriam vir. Mas não ia comprar jogadores sem o aval do treinador. Muriel foi um dos jogadores. Nós é que não o quisemos contratar. Havia diálogo mas o nosso treinador teve alguma culpa nisso, primeiro queria o jogador e depois já não e depois queria ver outros. Depois chegámos à conclusão que não valia a pena mandar vir só por vir.

 

O Viviano esteve para ser transferido. Se houvesse proposta boa teria saído, mas nunca equacionei ir buscar outro guardião. Fiz contrato com um miúdo de 14 anos que já lá estava que é um fenómeno. Mandei 42 jogadores embora, todos profissionais, e comprei meia dúzia.


Não se gastou sequer 10 milhões de euros e os jogadores que rescindiram e voltaram não foram aumentados. Ganham o que ganhavam, houve algumas alterações mas o Bruno Fernandes ganha exactamente o mesmo. Quis aumentá-lo mas não ele não quis. Eles gostam do Sporting, se assim não fosse não voltavam.

Estamos de saída e está tudo preparado para a nova Direcção fazer o novo empréstimo obrigacionista no montante que quiser. O Sporting tem agora essa credibilidade. Estava de facto com algumas dificuldades e fomos nós que tivemos de pagar os impostos e a segurança social. Havia penhora das contas. Depois ganhámos a confiança dos sócios, que estavam um pouco desiludidos.

 

Ficaram recursos, o Sporting não está descalço. Posso dizer que o Sporting tem honrado os seus compromissos, incluindo aos seus fornecedores. Há dívidas mas vai-se pagando, todos os clubes têm problemas de tesouraria.

As contas com o V. Guimarães por Raphinha estão em ordem, pagámos 3,5 milhões de euros. Situação semelhante no negócio da contratação de Battaglia ao Braga. O Sporting não deve nada ao Braga, pagámos tudo. Battaglia tem contrato novo com o Sporting e esse contrato não tem nada a ver com o do passado."

 

publicado às 03:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds