Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O poço e o pêndulo

Naçao Valente, em 29.09.19

51KptIcrJJL._SX314_BO1,204,203,200_.jpg

"O poço e o pêndulo" é o titulo de um conto de Edgar Allan Poe, que deu origem a um filme de terror, passado no contexto da Inquisição, e que foi  interpretado por Vicente Price, um mestre nesta área da interpretação. O filme em questão, um clássico dos tempos em que o género terror tinha uma matriz muito marcada na cinematografia, conta a história de um louco, filho de um torcionário da Inquisição. No climax final, este coloca a sua vítima preso numa mesa colocada num fosso, fazendo descer lentamente um pêndulo com uma lâmina (ou serra) que a mataria.

Lembrei-me do título e do filme a propósito da situação que se vive no Sporting. Já não estamos no tempo institucional do Tribunal da Inquisição, mas não deixamos de viver tempos inquisitoriais. Usando o filme enquanto simbologia, o Sporting e a sua Direcção eleita há um ano, sempre teve sobre a cabeça, um cutelo bem afiado e que vai descendo a cada desaire da equipa de futebol, que é a face mais visível e mais apropriada para se fazer contestação. 

O Sporting e a sua Direcção eleita há um ano, está dentro de um fosso que não contruiu e no qual entrou para tirar de lá o Clube. E com muito esforço tem escalado o fosso, mas quando olha para cima não vê apoio, mas o pêndulo afiado a descer, movido por "loucos" assombrados por fantasmas.

Os que contestam a Direcção eleita, praticamente desde o dia da sua eleição, são na sua maioria despeitados pela demissão de uma pessoa, que continuam a adorar como um salvador (e de quem gostam mais do que do Sporting) , mesmo perante as evidência das suas malfeitorias. Os que no estádio, grupos organizados, vulgo claques, que insultam o presidente eleito do Clube, apenas são movidos pelos seus interesses, as mordomias que perderam. 

Podemos e devemos acompanhar a acção da Direcção no seu exercício. É lícito usar o direito de crítica com intuitos construtivos. Do que observo concluo, que o Presidente cometeu alguns erros, sobretudo na área do futebol profissional, onde me parece existir uma estrutura frágil e pouco experiente. A falta de uma comunicação clara, objectiva e frontal sobre a vida do Clube, não tem contribuido para um conhecimento da realidade presente e futura.

Esta situação criticável, nada tem a ver com a campanha organizada de oposição de terra queimada, por um grupo que mais do que o Sporting, lhe interessa que o caos se instale para disso tirar dividendos, e numa situção limite, ressuscitar um passado que destruiu a identidade secular do Clube. Mesmo considerando que a época foi mal preparada, e que é preciso fazer mudanças, o Sporting precisa de tranquilidade e de estabilidade.

Uma coisa é certa. Enquanto o Sporting não sair do fosso e não deixar de ter o pêndulo sobre si, não vai ganhar nenhum campeonato, nem agora nem daqui a mais dezassete anos. E os que pensam que estamos em situação de andar a brincar aos presidentes, estão totalmente errados. Esta contestação concertada e revanchista e vou dizê-lo com todas as letras, não passa de uma criancisse de gente sem dois dedos de testa.

Espero que haja adeptos (e tudo me leva a crer que há) com tutano e bom senso, que percebam e contrariem esta campanha orquestrada para fazer regressar o passado que foi largamente rejeitado, para bem do Sporting. Espero que como na história de "O poço e o pêndulo", as pessoas sérias, honestas e lúcidas, parem o pêndulo e acabem com a loucura que pretende destruir o Sporting.

PS: Depois de escrever este texto tenho assistido a cenas lamentáveis no estádio e fora dele, que não podem fazer parte da matriz do Clube. Eventuais erros de má preparação da época, não podem servir de arma de aremesso. O que se tem visto no estádio com grupos de arruaceiros organizados, não para ver futebol, mas para insultar órgão sociais e atletas não se pode admitir. Quem exerce de direito o poder tem que agir. A nossa equipa precisa, mais do que nunca, de apoio para levantar o seu ânimo.

publicado às 03:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


70 comentários

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.09.2019 às 11:34

O problema do Varandas começa exactamente por ter sido eleito sem ter sido o candidato mais votado.... isto já tinha acontecido com o Godinho..... os estatutos que permitem um sócio ter mais de 20 vezes votos do que um outro sócio cria uma ilusão sobre o Varandas ter sido o escolhido pela maioria, coisa que não aconteceu. Depois não se admirem de nos estádios onde as vozes valem todas por igual, o Varandas não colher unanimidade....

Outro ponto é ter sido eleito há 1 ano.... o BdC também o tinha sido e com 90% e não foi por isso que não foi destituído.

O Nação Valente não consegue explicar em que medida o Varandas está a ser um bom presidente.... não cumpriu minimamente o lema da sua eleição de unir o Sporting, a gestão desportiva uma miséria, e para culminar ainda pede um aumento de ordenado, situação demonstrativa de um alheamento da realidade de uma liderança que não se diz croquete.

A anarquia que se vê nos estádios onde o Sporting joga, resulta primariamente de uma anarquia diretiva, de uma falta de rumo e estratégia que os sócios do Sporting não são culpados.
Prevejo uma AG bastante complicada tendo em conta as más decisões financeiras e estratégicas desta direcção, desde o aumento das gamebox à contratação de 3 emprestados no último dia, eu não reconheço capacidade a quem nos lidera. O Varandas tem de ser humilde perante os sócios e reconhecer os seus erros e não enveredar pelas habituais desculpas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.09.2019 às 12:12

O Schmeichel é o mesmo de sempre, um homem com um "h" muito pequeno para quem só o lunático foi um deus.

Não apaguei o seu comentário mas a sua credibilidade é menos do que zero!
Sem imagem de perfil

De Claudio a 30.09.2019 às 14:01

Concordo com De Schmeichel.
Nao é por o senhro Rui estar constantemente contra ele que nao diz algumas verdades.
Varandas tem cometido erros atras de erros.Ponto.

Mas concordo consigo numa coisa. As pessoas que votaram tem que ter sentido de responsabilidade. Aceitar a opiniao da maioria votante e espero que o varandas tenha tempo para desempenhar a sua funçao.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 29.09.2019 às 13:16

Schmeichel,

A questão da eleição que refere, é uma falsa questão, pela simples razão de que é feita de acordo com os Estatutos.

E por falar em razão perde-a totalmente quando envereda por considerar que tudo o que Varandas faz, com a sua Direcção, está errado, como por exemplo a de não unir o Sporting. Ninguém vai unir o Sporting enquanto os fantasmas brunistas não forem exorcizados. E isso só se consegue com resultados positivos.

Sobre erros desta Direcção nunca os deixei de admitir. Comete-os esta ou qualquer outra, porque são compostas por humanos. Mas cometer um ou outro erro, a corrigir, não significa que se generalize.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.09.2019 às 16:29

O Nação Valente utiliza os estatutos para justificar quase tudo..... mas depois perante o direito estatutário do sócio poder mandar abaixo a direcção, nesse aspecto o Nação Valente já questiona a razão do direito desse estatuto. Nesse aspecto o importante é a estabilidade..... no fundo os estatutos só valem consoante o lider que nos representa.... veremos na próxima AG o posicionamento dos sócios, porque relembro os mais distraidos de quem manda no clube são os sócios.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 29.09.2019 às 19:50

Schmeichel,

Nunca escrevi que não se pode destituir presidentes com base nos Estatutos. Pode de deve-se se houver graves ilícitos que neles estejam previstos. O que digo é que não se pode destituir um presidente apenas em função de alguns resultados desportivos negativos. Não está nos Estatutos nem deve estar. Se assim fosse não havia presidente que cumprisse o mandato.
A próxima AG serve para aprovar ou não, creio que Orçamento ou Relatório e Contas. Não tem poder para mais nada.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo