Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O futebol e a desunião

Rui Gomes, em 23.10.18

 

img_192x192$2015_10_12_12_11_08_1005675_im_6366770

O Sporting não está a jogar bem. Um facto que salta à vista de todos os observadores do futebol português e que não aconteceu unicamente frente ao humilde Loures, derrotado pela margem mínima. A pensar, e bem, na Liga Europa, José Peseiro lançou em Alverca uma equipa com alguns nomes alternativos como Castaignos, Mané ou Marcelo. Ainda assim, o leão tinha a responsabilidade de conseguir um resultado mais descansado e de ter jogado bem mais à bola, problema que vem evidenciando desde o início de época.

 
Daí à resposta que os elementos das claques deram aos jogadores vai alguma distância. Lembra-nos novamente como é autofágico o clube de Alvalade, tantas são as vezes em que dispensa inimigos para arranjar problemas. A equipa não jogou bem, é um facto. Peseiro ainda não encontrou forma de colocar o Sporting a jogar bom futebol, outro facto. Mas não merecerá uma equipa remendada mais algum apoio?
 
Mais, não há ali naquela bancada pelo menos um grupo organizado de adeptos que devia ter o pudor, para não dizer a vergonha, de não assobiar a equipa? É que há quatro meses estavam a atacar o plantel e o treinador em Alcochete, no que foi a maior vergonha de sempre do clube em mais de 100 anos de história.
 
Não fazia mal ter um pingo de decoro e pensar no que andam a fazer os grupos de... apoio. É grande a desunião e poucos os que realmente pensam no que dizem amar.
 
Bernardo Ribeiro, jornal Record
 

publicado às 04:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De antonio a 23.10.2018 às 07:18

O autor quer pedir coerência e bom comportamento a grupos organizados liderados por macacos e mustafas...?

Boa sorte!

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.10.2018 às 09:28

Deixo esta pergunta…. o Sporting é um clube Grande?

É porque parece que um clube com Milhões de adeptos e com a história do Sporting, agora querem transformá-lo num Tondela…. um clube que aceita não ganhar!

Recordo que todos os clubes com uma certa dimensão, em caso de maus resultados ou más exibições são brindados com criticas e vaias…. o que é diferente no Sporting? simples…. aconteceu o ataque de Alcochete…. que foi feito por 50 pessoas, mas à qual os agora 3 Milhões de sportinguistas sempre que criticarem a equipa vão ser comparados a eles.

A critica é um direito democrático, e parece que esta nova gente que lidera o Sporting quer afastar todos aqueles que criticam…. o BdC era acusado de ser ditador, e o que se pode denominar a um movimento que quer impedir os adeptos leoninos de exprimir a sua insatisfação?
Sem imagem de perfil

De Nando a 23.10.2018 às 11:13

O ataque ainda esta fresco na cabeça de muita gente que quer que a claque apoie e não desmoralize como o fizeram com o ataque.
Não foram os sócios do clube da bancada central que foram a Academia. Esses mostram lenços brancos e vaiam no Estádio, no palco onde tudo acontece.
As claques recebem benesses para apoiar, para enaltecer mesmo nos piores momentos. No entanto, o ódio apoderou-se deles tendo como porta-estandarte o Presidente.
Uma claque constituída para apoiar e que faz o contrário, não é claque, é meramente um ajuntamento de parasitas.
Perfil Facebook

De Bruno Pontes a 23.10.2018 às 10:18

Para esta cabecinha pensadora de futebol (e eles são tipo cogumelos) todos os que demonstram insatisfação assobiando a equipa apoiam o ataque de Alcochete... Devia fazer a mesma analogia para que apoia e dá guarida aos actos criminosos da direcção do Sport Lisboa e Toupeiras, são todos uns criminosos também...
Sem imagem de perfil

De Luís a 23.10.2018 às 10:24

Alguém assobiou durante o jogo?
Apoio incondicional durante todo o jogo.
No final fazemos a nossa análise e podemos demonstrar o nosso descontentamento.
Mas não é isto que acontece em qualquer espetáculo?
Sem imagem de perfil

De PSousa a 23.10.2018 às 11:17

Luís,
Nem vale a pena debater este tema, é de quem não vai ao estádio ou pavilhão. Ou isso ou então está distraído o jogo todo e só olha para as claques no fim do jogo.
Eu não os apoio em certos cânticos e atitudes, mas não lhes tiro o mérito de mesmo a perder seja contra quem for, não param de "cantar".
E tem toda a razão, no fim podemos apoiar ou não, mediante o espectáculo dado, afinal pagamos bilhete! - e note-se que não tem existido GRANDES shows por parte da nossa equipa de 11!!!!!!
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 23.10.2018 às 14:55

Aqui está o ponto que você tem razão e eles não, você pagou bilhete eles receberam de borla e ainda venderam alguns. Ou pensa que eles sequer iam se tivessem de pagar. Eles estão a ser pagos com os bilhetes para apoiarem.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 23.10.2018 às 15:47

Hugo Gomes,
Já lá estive e para alguns, nem tudo é de borla!
Isso da venda, tb é verdade mas mesmo pagos, bem me lembro quando se levava um golo em Alvalade... ficava o silêncio! Agora não ficam....
Sem imagem de perfil

De Pereira a 23.10.2018 às 12:11

É claro que o ex presidente não foi bom presidente porque ultrapassou os limites que qualquer boa liderança faria para impor a sua metodologia, isto passou-se com os trabalhadores, mas pior ainda com os próprios sócios, entrando na raia da ditadura, mas se a sua metodologia não ultrapassasse os limites e fizesse as coisas dentro da exigência máxima, tinha feito um grande trabalho, se entretanto as contas baterem certas, que é coisa que eu quero ver com as auditorias. O que eu quero dizer que uma Direção tem que ter no futebol e nas modalidades, se não for o presidente alguém que tenha exigência máxima, ao mesmo tempo treinadores que dêem corpo e alma às equipas. Eu sabia que após a direção destituída, os sócios vão ser muito mais atentos e exigentes em relação a toda a vida do clube. A partir de agora ser presidente do Sporting não é para quem quer, vai ser só para aqueles que têm capacidade e poder para pôr o clube na senda das vitórias, quem não tiver essa capacidade vale mais ir dedicar-me à pesca pois vai ter uma vida muito difícil, que eu não desejaria ao meu pior inimigo. Os sócios do Sporting não estão para comer um Sporting perdedor, sem ganhar anos e anos a fio no seu futebol e nas suas modalidades.
Sem imagem de perfil

De Leão da Guia a 23.10.2018 às 14:14

Afinal, para que servem as denominadas "claques"? Não é para apoiar em todas as circunstâncias - sobretudo nos momentos mais adversos? As suas acções hostis ou destrutivas são simplesmente intoleráveis e não se identificam com a cultura, os valores e princípios do Sporting.
É cada vez mais evidente que o fenómeno das "claques" se tornou, não só no factor mais negativo do desporto, como num descontrolado e galopante problema da sociedade actual.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo