Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O futuro de Jorge Jesus confronta-nos

Rui Gomes, em 03.03.18

 

img_770x433$2018_03_02_22_30_00_1371218.jpg

 

"Fomos melhores, mas saímos daqui com a derrota. O Sporting esteve muito bem, fez um excelente jogo. Criámos oportunidades - três flagrantes nos últimos dez minutos, mas não conseguimos concretizar.

 

Está mais difícil. Não vamos estar aqui a inventar nada. Ainda estão 27 pontos em disputa, ainda tudo é possível, mas há outras provas em que o Sporting vai investir.

 

Ainda há o apuramento para a Champions. Há muito a fazer. A Taça de Portugal e a Liga Europa. No campeonato, de cinco para oito pontos, ficámos numa situação mais difícil. Não mando a toalha ao chão, aqui tinha de mandar um lençol.

 

                                                                                               Jorge Jesus

 

Na realidade, acho que não vale a pena estar a perder mais tempo a apreciar as babosices de Jorge Jesus. Atendendo às circunstâncias da época, confronta-nos uma pergunta muito simples, embora complexa:

 

É este o momento ideal para substituir Jorge Jesus na liderança técnica da equipa leonina ?

 

É de prever que Bruno de Carvalho não estará receptivo a tomar esta decisão, muito porque associa o seu futuro ao futuro do treinador. Eis o que o presidente teve para dizer, em Maio de 2016, pela renovação contratual do técnico até Junho de 2019:

 

"O futebol deu um passo em definitivo para a sua solidez. Não vale a pena especularmos e andar a ouvir fontes. Eu e o Jorge Jesus somos homens de paixões e projectos".

 

Paixões e projectos que, traduzidos amiúde, significam milhões e a longevidade do futebol do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:50

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


40 comentários

Perfil Facebook

De Indiana Julio a 03.03.2018 às 22:06

Mas este nao é o melhor timing para sair seria um tremendo erro .
Nesta fase da epoca nao existem treinadores de qualidade livres e à que manter a estrutura tecnica actual para as eliminatorias das taças ainda em disputa.
Uma saida brusca sem um testa de ferro substituto seria destruir o balneario e o quase desistir do que ainda resta para tentar ganhar.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 03.03.2018 às 22:55

Uff!!... Indiana JulioTreinador parece que foi campeao invicto lá na dificil zona do Amazonas peruano.
Indiana Julio Dirigente escritor de Blog, com opinioes resvaladiças. LOOOOLL!!

Oh Julio!!
-" ........destruir o balneario"-
Mas, é isso mesmo que no Sporting de Jesus nunca existiu.
Sendo treinador admira-me que nao o veja.... Nao há sorrisas cumplices entre os mesmos jogadores. Com o Staff Técnico, com e entre nimguém...
Sinceramente, nao se ve em nenhuma circunstancia um bom "rollo"

Para além disso, é impossível dizer que um novo treinador nesta altura destrói um balneário!!.. Que bases tem, para tal afirmaçao??
Entao, e se fosse o Julio o escolhido??
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.03.2018 às 00:41

Carlos primeiro teria que ser um treinador que o balneario reconheça e nesta altura da epoca so tens o refugo.
A varios jogadores no plantel que foram aposta de JJ e a sua saida agora pode trazer descompressão nos jogadores para os compromissos que ainda sao importantes nesta epoca que ainda esta longe do fim.
Quando comento destruir o balneario é exatamente na destruição desse compromisso porque ainda á muito para sofrer e sem compromisso perde-se a capacidade de sofrimento que obriga a todos sem exceção.
Para manteres o balneario seguro e em alta tinhas que ter ja preparado o tal treinador reconhecido
Saida do treinador sem trazer problemas é quando ja esta tudo perdido na epoca e aí ok e começa-se com.antecipação a preparar a epoca seguinte com.alguem que segure a equipa ate chegar a nova estrutura tecnica.

Hã a taca de Portugal com boas possibilidades de ganhar e saber ate onde a equipa consegue ir na liga europa.
A estrutura actual tem que se manter ate terminarem essas competiçoes
Nao me parece que o balneario esteja dividido vi a equipa no Porto numa boa entreajuda e comprometidos para alcançarem um resultado positivo que infelizmente nao foi possivel.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo