Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O futuro do Sporting

Rui Gomes, em 26.01.22

625a5ba97595109643069434fdedd6a4 (2).jpg

Perante os recém-comentários de alguns sportinguistas, chega a parecer que se esfumou rapidamente o bem visível e notável trabalho de aproximar o nosso Clube em organização e competitividade dos nossos rivais. A questão principal é o futuro do Sporting de acordo com a sua realidade e aquilo que é mais eficaz e vantajoso para a sua constante evolução.

No curto prazo, o mais vantajoso é que a nossa equipa vença, que evolua de um ponto de vista técnico e táctico, que apresente bom futebol. No médio prazo a construção de um plantel de acordo com as ambições e responsabilidades do Sporting. No longo prazo que alcance uma posição de hegemonia no futebol português. Para quem não tem paciência e não pensa assim, em breve haverá eleições para os órgãos sociais e os sócios decidirão o que consideram ser melhor.

Quanto a jogos menos conseguidos e as derrotas que nos desiludem, é bom recordar que nem a lendária equipa dos “Cinco Violinos” ganhava sempre. Também tinha altos e baixos e por vezes os adversários superiorizavam-se nos jogos que disputavam.

Texto da autoria de Leão Zargo

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Horta a 26.01.2022 às 10:28

Bom dia. Precisamos urgentemente de mudar a nossa mentalidade, já não há paciência para aqueles que ontem idolatravam o Amorim/Varandas e hoje porque perdemos já o querem por a andar. Passados anos conseguimos conquistar títulos com base na formação, sem orçamentos e gastos absurdos. Esse é o caminho da sustentabilidade que clubes como o Ajax seguiram e que tantas alegrias lhes têm dado. NÃO podemos ganhar sempre, não podemos jogar bem sempre. Se formos ganhando títulos, se formos campeões de 2 em 2 ou de 3 em 3 anos, se mantivermos a presença anual na champions, se mantivermos equipas técnicas por vários anos, temos TUDO para ser melhor que nos últimos 40 anos. Não esqueçam por favor como foi a última década antes do Varandas/Viana/Amorim. Manuel Horta (sócio 14452)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 11:42

Muito bem!
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 26.01.2022 às 14:56

Bom dia e parabéns Sr. Manuel Horta.
Acaba de emitir opinião, que plasma e resume TUDO o que deverá ser o guião de quem verdadeiramente Gosta / Ama e quer o melhor para o seu clube.
De forma assertiva e incisiva, identifica aquilo que de forma determinante (não única, certamente), contribuiu para muitos anos de insucesso e cristalização desportiva, organizacional, estrutural e económica - a falta de paciência, à qual e se respeitosamente me permite, acrescentaria o bom senso de uns quantos e a responsabilização de mais alguns.
O diagnóstico que conduziu o clube ao seu intervalado "definhamento", até há 3 anos atrás, tem por conseguinte, razões e motivações diversas, em ordem e proveniência, mas inexoravelmente, a instabilidade e impaciência irracional, como principais agentes motores para a encadeada autoflagelação e destruição.
A cada percalço, numa competição desportiva que tem 3 resultados possíveis, jamais tudo o que está no rumo certo, harmonioso, sustentável e credível, poderá ser colocado em causa de forma errónea, absolutamente injusta, ingrata e mesmo inadmissível.
O grupelho minudente e insignificante, que por hábito ousa criticar tudo e todos, quando ocorre um resultado desportivo que a todos nos deixa emocionalmente descontentes, visa e tem outros fins inconfessáveis.
E apenas dois tipos de pessoas aderem a estas atitudes e comportamentos, isto considerando serem associados, o que no caso, alguns nem isso são: hibernes mal formados, arrogantes, tendencialmente desordeiros e sem provas dadas de relevo ou de notoriedade na Vida e que perderam mordomias e privilégios indevidos, ou então, outros porque pretendem a todo o custo e por todos os meios, tentar assaltar a condução democrática e legítima da instituição.
São algozes oportunistas e alguns inconscientes arregimentados e seguidores de profetas.
Aproximam-se eleições e tudo será aproveitado para contabilizar votos.
Os candidatos que se perfilam, têm que ser obrigatoriamente pessoas reconhecidas como idóneas, currículo profissional e humano e, apresentarem o programa a que se propõem, alternativas ao que entendam e a composição das listas e, que tenham a dignidade e elevação no trato e discussão dos assuntos que interessam à Nação Leonina, sem devassa e exposição, que lese em todo ou parte, os superiores interesses do clube.
Há mais de 45 anos que sou sócio e, alguns mais como indefectível defensor da Alma, Cultura e Causa Sportinguista (não havia dinheirinho, para poder pagar quotas, fumar e namorar, com a parca semanada a quem pobre tinha nascido, não obstante muito rico em educação), logo, desde muito jovem que vivo intensamente, em corpo, alma e espírito, o ideal Leonino.
O direito à liberdade de opinião é salutar, desejável e nunca dele se deverá abdicar, mas também e sempre, com sentido construtivo e responsável, de forma leal, séria e respeitadora, para com quem cumpre mandatos e missão, cargos e responsabilidades e, com toda a honestidade, coragem e sem processos jurídicos de corrupção, abuso de confiança e outros ilícitos.
Estamos num extraordinário caminho credível, de recuperação e consolidação, mas com horizontes e consciência do muito percurso, escolho e dificuldades, que há por fazer e construir.
Mas agora, conhecemos o terreno, mares e tempestades e, com a grande diferença de se saber por onde ir, sem vacilar, com tenacidade e coragem.
Força Sporting - Fraterno Abraço Leonino.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 23:48

"Há mais de 45 anos que sou sócio"
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 23:54

P.S.: É muito difícil responder em detalhe aos seus comentários. Creio que compreende isso.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 26.01.2022 às 11:49

Isto é tudo uma questão de gestão de expetativas. Na época passada eram baixas e fomos campeões. Nesta época eram altas porque tínhamos sido campeões. Mas eu sempre achei que não éramos favoritos. O FCP e o SLB continuam a ter mais individualidades.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 12:28

Para a maioria dos adeptos, a "gestão de expectativas" é sempre a mesma. Ganhar hoje e sempre. Ponto.
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 26.01.2022 às 13:59

Não conjugue o verbo no passado, Mike. Ainda não estamos no "matematicamente possível".

As expetativas têm de ser altas, presentemente. Está difícil, mas ESTAMOS a lutar para voltarmos a ser campeões.

No Sporting há muito que instalou uma cultura de derrotas antecipadas, e isso tem de desaparecer a bem do clube.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 14:09

E o que eu apelido de complexo de inferioridade.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 23:51

P.S.: Tenho um amigo, grande sportinguista, que me irrita sempre com o seu pessimismo. É incrível!
Sem imagem de perfil

De RCL a 26.01.2022 às 11:53

O ano passado ninguém, nem os Sportinguistas, imaginavam que fosse tão espetacular; Joaquim Rita, no início da época ,disse que o Benfica e o FCP eram os únicos candidatos ao título, o Sporting ....., atirou :"é uma passarada".

Este projeto do Sporting, com forte aposta na formação, tem de ser visto com visão de longo alcance , é um projeto para muitos anos e poderá reconduzir o clube às glórias do passado. Não vejo outra saída para o Sporting com problemas crónicos de tesouraria desde a década de 80.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 12:26

Daí, a frequente referência de Rúben Amorim nesse sentido.

Mas há muitos adeptos que não compreendem ou não querem compreender. A única preocupação é ganhar hoje, amanhã não interessa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 12:34

Neste exacto contexto, e por mera coincidência, o Sporting joga hoje, em Madrid, no Al Abtal International Cup, diante dos espanhóis do Atlético de Madrid, com uma equipa de sub-17, num torneio direccionado para equipas sub-19.

Tudo isto é uma opção estratégica em linha com o projecto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 23:51

E... venceu o jogo. Grande vitória dos jovens leões!
Sem imagem de perfil

De Rui a 26.01.2022 às 14:07

Já antes fiz referência a equipas de topo como o Atlético Madrid ou o Liverpool, que também passam por fases negativas. Uma época onde a equipa luta em todas as competições, vai a 6 pontos do 1º e chega aos oitavos da Champions é uma maravilha em comparação com os anos anteriores. Gostaríamos de mais? Claro que sim. Mas não é caso para entrar em depressão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 14:11

Caro Rui,

Já aqui o afirmei e reitero que os 6 pontos não me intimidam, mas sim os "extras" que nós bem sabemos que ocorrem no futebol português.
Sem imagem de perfil

De Rui a 26.01.2022 às 15:00

Concordo, são "pequenos" pormenores que abrem um corredor rolante. Para o Sporting ser campeão ter de ser quase uma máquina infalível em todos os jogos, o que humanamente não é possível.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 17:14

Decerto que já me leu aqui, há muito, dizer que o Sporting é obrigado a jogar e ganhar com margem para superar tudo o resto. É uma realidade incontornável do corrupto futebol português.
Sem imagem de perfil

De Luís Silva a 26.01.2022 às 14:52

O problema é que os "extras" têm crescido conforme avança a época desportiva.
Se repararmos, nas últimas largas semanas, o que vejo é o Porto muito estável nas vitórias, sendo estas muito alicerçadas em jogos contra equipas desfalcadas, (Covid, castigos, etc), jogar em superioridade largos períodos de tempo, jogar contra equipas onde o treinador foi despedido precisamente na semana de jogo, decisões de arbitragem muito assentes na interpretação (entrou na moda este tipo de linguagem) onde a larga maioria são favoráveis, etc.
Vejo o Benfica a não jogar nada, e acho que não vão lá das pernas, até mesmo com ajudas.
A única coisa que vejo, é uma tentativa de destabilização por vários métodos cinzentos, de uma equipa que é campeã com todo o mérito, mas é uma equipa limitada na sua quantidade e qualidade em certos setores, e a concorrência a norte é perita em ardilosamente mexer-se para usar isso contra os adversários (vejam a quantidade de expulsões que temos nos últimos tempos, para com isso irritar e cansar os restantes jogadores).
Na comunicação social, têm saido as escutas, onde o principal visado é o Benfica, que independemente de ter feito asneiras, neste momento, vejam quem é o principal beneficiário que por acaso também tem escutas comprometedoras mas ninguém fala delas, ora olhem lá para o "destacado" 1º lugar.
Meus amigos, tudo serve, tudo é bem aproveitadinho, tudo é limpinho limpinho, e lá vão os meninos de andor e ao colo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 17:17

Como se viu com o Apito Dourado e afins, isso das escutas, quando as "contas" finais são feitas, acaba em nada.

É Portugal, com muito do positivo que oferece, mas muito mais do negativo.
Sem imagem de perfil

De Luís Silva a 26.01.2022 às 15:04

e já agora, se houver aqui alguém da cidade do Porto, os meus parabéns!
Conseguiram ser objeto de estudo pela OMS, pois é único sitio do mundo onde não há Covid.
Cumprimentos.
Imagem de perfil

De Greenlight a 26.01.2022 às 15:59

O Sporting registou duas derrotas inesperadas, jogos que poderia ter vencido e que não deveria ter perdido. Para além das questões técnicas e dos falhanços, já esperados, de Paulinho e dos falhanços surpreendentes de Pote, é evidente que o fantasmagórico penalti a favor do Braga não teria sido marcado se o adversário fosse o clube do ódio “FCP”. Este último, para além dos próprios méritos da equipa é, vergonhosamente, beneficiado por factores extra. O SLB não joga nada e assim imagino que o grande obstáculo à conquista da Taça da Liga por parte do Sporting, seja o Santa Clara. Há que continuar a confiar em Ruben Amorim e a apoiar a actual Direcção do Sporting. Bem sei que é difícil gostar do discurso de Varandas mas, ele pode exibir o triunfo no campeonato, que nos fugia há 19 anos. Nesta época de eleições em Portugal, mais do que as palavras, interessa a obra feita ou a que ficou por fazer.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 17:11

Confesso que não compreendo tão enorme ênfase no discurso do Dr. Frederico Varandas.

Em todos os sectores da sociedade global há líderes carismáticos e aqueles que não o são. Interessa o trabalho feito e a honestidade do líder.
Imagem de perfil

De Greenlight a 26.01.2022 às 17:35

É como diz, o mais importante é o trabalho feito, mas, por vezes, ou demasiadas vezes, os aldrabões, com o dom da palavra, conseguem convencer a maioria daquilo que não fizeram e os crédulos até corroboram a mentira e afirmam, de uma forma demente, que os aldrabões têm obra ou se não fizeram foi devido a forças externas . Por outro lado, aqueles em que não sabem falar, que são menos populares, ou têm um discurso mais trôpego, sentem muita dificuldade em convencer as ditas maiorias e é por isso que na política, em Portugal e no Sporting também, testemunhanos e ainda sofremos as consequências dos desmandos dos aldrabões ou até criminosos, mas a memória de alguns é muito curta.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2022 às 17:56

Tem muita razão, mas não obstante o discurso dos aldrabões há uma cultura enraizada na sociedade que a torna muito ingénua e vulnerável.

Dito isto, nos clubes e nomeadamente no futebol, não vejo que seja a palavra falada que permite muito do obscuro que ocorre. O problema parte de cima e não temos representantes do Estado com a força, a vontade e sobretudo a honestidade para intervir e mudar as coisas.

Temos o exemplo, em sentido contrário, do que já ocorreu na França e na Itália, só para nomear dois.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo