Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

coatessoares.jpg

 

Surgiu-me a ideia que no clássico do próximo sábado está muito mais em jogo do que os três pontos em disputa.

 

O Sporting está neste momento a oito pontos do FC Porto. Se vencer esta partida ficará a cinco e ainda em posição para disputar os lugares cimeiros.

 

No reverso da moeda, no entanto, uma derrota terá um impacte muito negativo, não só na tabela classificativa, mas também, porventura, na estratégia de contratações no mercado de Janeiro.

 

Perante este cenário, apresentamos o dilema ao leitor: o resultado do clássico de sábado vai ditar o eventual investimento em reforços ?

 

publicado às 03:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


56 comentários

Sem imagem de perfil

De Doc Freddy a 10.01.2019 às 17:13

Concordo com tudo, e até vou mais longe... Não creio que a solução esteja nos associados deste clube. Veja-se o exemplo das últimas eleições, em que o melhorzito ainda era o Benedito ( e mesmo assim longe do ideal), e vá-se lá saber como, os sócios conseguiram pôr um banana que nem duas frases consegue articular a presidente, com um vazio de ideias gritante.
Sinceramente já estou por tudo, venda-se a SAD, pode ser que algum chinês ou sheik árabe queira injetar aqui dinheiro... É que o fosso para os rivais, se não conseguirmos a Champions este ano, tende a aumentar e os tempos não se avizinham fáceis...
Farto estou eu de mediocridade à frente do meu clube e de todos os anos passar vergonhas com qualquer Tondela ou Desportivo das Aves desta vida. Já chega...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.01.2019 às 18:16

Meu caro,

Não posso de modo algum subscrever a adjectivação que usou para descrever o actual presidente. Também não foi a minha escolha, mas acho que merece o nosso respeito, concordamos ou não com as tomadas de decisão até agora.

A solução não exige perder o controlo da SAD, mas sim pela contratação de profissionais que possam implementar a tal mentalidade que se exige. Leva o seu tempo, além de que, como bem sabemos, os corredores do poder do futebol português têm muito que se lhe diga.

Este desaire frente ao Tondela foi inesperado e muito desagradável, mas não devemos it a extremos só por isso. Aconteceu, tentar aprender a lição e seguir em frente.

Reconheço que o FC Porto é o favorito no jogo de sábado, mas sinto muita confiança de ver uma excelente exibição da nossa equipa e, porventura, a desejada vitória.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo