Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O mais ecléctico dos clubes portugueses

Naçao Valente, em 18.02.20

2020-02-17 (2).png

*Título extraído de um comentário de Leão Zargo, num post sobre Joaquim Agostinho

O Sporting Clube de Portugal foi fundado por homens que gostavam de jogar futebol, uma modalidade, importada da Inglaterra, mas com muita aceitação no início do século XX. Mas quem consultar a história do Clube encontra logo no período da sua fundação várias outras modalidades, como ténis, atletismo e ginástica. Igualmente curioso é constatar que houve, desde sempre, grande participação de mulheres atletas na vida do Clube, como por exemplo Hortense Roquette.

O Sporting CP é um clube ecléctico, o campeão do eclectismo em Portugal. É e sempre foi. Sendo o futebol como modalidade popular, menos exigente em meios, e portanto acessível a todos os que o quisessem praticar,  depressa se popularizou. Bastava uma bola, às vezes feita de trapos para se reunirem interessados, num espaço mais ou menos amplo, e para se organizar um jogo.

No entanto, outras modalidades foram gradualmente ganhando o seu lugar, captando atletas e competindo ao mais alto nível interno e externo. Não foi por acaso que o Clube ganhou desde muito cedo títulos nacionais e europeus. É uma pena que esta rica história desportiva, não seja mais divulgada, porque é pouco conhecida da gerações mais recentes. Refere-se o ciclismo, que levou ao clube até ao país mais recôndito, o atletismo  com mais de sessenta medalhas internacionais, o hóquei em patins, com oito medalhas de ouro europeias, só para dar alguns exemplos.

2020-02-17 (3).png

Quando se aprecia a grandeza de um clube, tem que se ter em consideração o papel que desempenhou, não apenas no desenvolvimento e divulgação do futebol, mas no trabalho que foi feito noutras modalidades. Esta herança que vem do passado, mas que continua a estar presente, devia orgulhar todos os sportinguistas, e, diga-se, até os portugueses que apoiam outros clubes.

No Camarote Leonino, ao contrário de outros espaços, dá-se grande relevo a todas as modalidades. Um serviço de evidente valor que se presta ao Sporting e que merece ser devidamente reconhecido. Pena é que muitos dos seus leitores passem ao lado dessa divulgação. Pena é que os adeptos sportinguistas, e de todos os clubes, só vivam focados no futebol, com uma cegueira que não permite ir mais além. Deste modo, o chamado desporto rei, que também sigo com paixão, aliena mais do que liberta, como devia ser a função do desporto.

Os sportinguistas precisam de olhar para o Clube de uma forma mais ampla, valorizando o seu historial, passado e presente, unindo-se à sua volta com a convicção que não somos, de nenhum modo, inferiores aos nossos adversários. E  devemos mostrar que como adeptos de um clube ecléctico, apoiamos o eclectismo.

Isto é o verdadeiro Sporting e não o que hoje pulula nas redes sociais!

publicado às 03:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 18.02.2020 às 14:36

Caro Nação Valente,
Não só geram as mesmas emoções como são palco de frustrações, de insultos e outras diatribes semelhantes.

O que acontece é que em Portugal não se gosta de desporto, gosta-se de futebol, e muitas vezes mais dos clubes do que do próprio futebol.

Por via de várias funções que exerci, estive presente em muitos pavilhões de Norte a Sul do País, e o "espectáculo" das bancadas é semelhante, e muitas vezes parece pior em virtude da diferença de dimensão do espaço, onde tudo é mais amplificado.
Não foi caso virgem expulsões de espectadores dos pavilhões, interrupção de jogos de crianças por agressões entre pais, insultos racistas, agressões aos árbitros, invasões de campo, interrupção de partidas por dirigentes e treinadores que se recusam a sair do campo e permitir o reatamento do jogo, pressão sobre as mesas para se "enganarem" nas pontuações, e mais uma infinidade de situações vergonhosas.

Não existe cultura desportiva no desporto em Portugal, inclusive entre os próprios intervenientes no espectáculo. Embora nestes, na maioria das vezes, tudo fique dentro do campo.

A situação é generalizada, desde as camadas jovens, e não é fácil de combater.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 18.02.2020 às 14:55

Mesmo nos EUA, onde supostamente a cultura desportiva é muito melhor, eles têm grandes e graves problemas com os pais a interferirem nos treinos e jogos dos filhos mais novos.
Sem imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.02.2020 às 15:10

ChakraIndigo

Um bom testemunho sobre o ecletismo com referências a dois dos seus promotores, João Rocha e Jesus Correia. Nesses tempos o futebol ainda não tinha o poder hegemónico que hoje possui., desde que se tornou na indústria que gera milhões, e com eles corrupção. As massas são, no fundo, o seu suporte, a "carne para canhão". Mudam as pessoas, muda o gosto, muda a prática desportiva numa dialéctica constante. Temos consciência dessa mudança, mas não podemos deixar de nos bater por um desporto mais saudável.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo