Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O mercado fechou... finalmente !!!

Rui Gomes, em 02.09.14
Temos vindo a acompanhar a evolução do mercado de transferências desde o primeiro dia - ou melhor, a noticiada evolução do mercado - e mediante a informação que nos foi possível apurar, foram referenciados 65 jogadores pelo suposto interesse do Sporting, entre os quais apenas 8 foram contratados: Oriol Rosell - André Geraldes - Junya Tanaka - Ryan Gauld - Naby Sarr - Ramy Rabia - Jonathan Silva e Hadi Sacko.

Salvo confirmação por parte do Sporting - que nunca se verificará - é impossível saber ao certo quantos nomes são o resultado de mera ficção noticiosa, quantos o Sporting se deu ao trabalho de averiguar as suas condições, quantos despertaram interesse suficiente para ter havido contacto com clubes e/ou empresários e, finalmente, quantos foram na realidade negociados sem sucesso. Entre todos, teremos, porventura, uma ideia mais concreta destes últimos, mesmo sem ter conhecimento dos detalhes. 

Como já aqui tivemos ocasião de comentar, este período de transferências é excessivamente longo e deveras incómodo para clubes, treinadores e jogadores, porque se prolonga além do começo dos principais campeonatos europeus. Disposição há muito contestada, mas, pelos vistos, é ao agrado das entidades que superintendem a modalidade.

Até Janeiro de 2015...

 

 




Todos estes futebolistas já foram apontados pela comunicação social como potenciais reforços para o Sporting. Vamos actualizando a lista consoante os nomes são divulgados:

Charles Monsalvo - Josef Martinez - Darko Lazovic - Derley - Inoh Ezequiel - Loris Benito - Ali Hazami - Oussama Assaldi - Pedro Tiba - Rafael Martins - Marko Marin - Ramy Rabia - Danilo Pereira - Marko Petkovic - Gonçalo Santos - Oriol Rosell - Malik Evouna - Dorin Rotariu - Marçal - Fidel Martinez - Ali Ghazal - Luka Milunovic - Fucile - Marius Tucudean - Carlitos - Ayoub El Khaliqi - Filip Kostic, André Geraldes - Eric Maxim Choupo-Moting - Denilson - Yohan Tavares - Vagner - Jonathan Rodriguez - Junya Tanaka - Carlos Strandberg - Christian Bolaños - Federico Carrizo - Terrence Boyd - Jonathan Silva - Alexander Milosevic - Enes Unal - Ryan Gauld - Pablo Armero - Abdullahi Shehu - Sezer Ozmen - Stefanos Kapino - Vágner da Silva - Stian Ringstad - Enner Valencia - Facundo Roncaglia - Jerson Cabral - Néstor Vidrio - Gael Kakuta - Ravel Morrison - Naby Sarr - Juan Agudelo - Lucas Romero - Hélder Postiga - Vincent Aboubakar - Duje Cop - Anderson - Hadi Sacko - Ahmed Fathi - Virgil van Dijk e Dossa Júnior.

Veremos quantos chegarão a jogar em Alvalade de "leão ao peito".

  

publicado às 01:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 03.06.2014 às 13:04

É de facto incrivél, principalmente porque estamos ainda a 3 Jun e porque a lista nem está completa

Parece que Rossel, está de facto muito perto de assinar e à partida parece uma boa aquisição.

Não sei quanto é que vai ganhar, mas à partida será um valor relativamente baixo (eu diria cerca dos 300 mil/ano) e estamos a falar de um jogador formado no Barcelona e agora peça fundamental da melhor equipa da MLS

Faz sentido jogadores que saem da nossa formação exigirem o dobro para renovar ?

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2014 às 15:52

Quem é que falta na lista. Indique nomes, que eu adiciono ao post.

Sobre o salário, a MLS não os divulga, no entanto alguma informação está disponível através do Sindicato de Jogadores. Consta que Rosell tem um salário base de UD 120,000. mais prémios, que em alguns casos mais do que duplicam os salários. O Sporting Kansas City tem uma folha salarial relativamente baixa. O mais bem pago recebe cerca de USD $500,000., mas também há alguns a receber 50 mil.

Não há comparação possível com a Europa e muito menos ainda recorrendo, como exemplo, aos jogadores da formação do Sporting. Por esta ordem de ideias, qualquer dia chegamos à conclusão que o melhor será abandonar a formação !??

Acho que há neste contexto uma interpretação pouco realista : o jovem assina o primeiro contrato profissional por 4/5 nos, que o leva até os 22/23 anos de idade, por valores muito baixos. Depois surge a renovação e de acordo com aquilo que o Clube está presentemente a praticar, por mais 4/5 anos, que levará o jogador até 26/27/28 anos de idade. Se ainda não fez um bom contrato até esta idade , quando é que o fará ?... E neste caso concreto estou a falar de jogadores com valor acima da média. A única salvação é uma transferência neste período.

E já nem evoco os jovens muito promissores/craques que assinam contratos milionários logo aos 20 anos.

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 03.06.2014 às 18:10

Rosell é um jogadore europeu e qualquer clube medio da Europa lhe pagaria um salario mais elevado do que na MSL

Em relação à nossa formação - se por cada bom jogador formado, tivermos que pagar valores entre os 700 mil e 1M euros, acho que a formação não nos está a trazer grandes vantagens

O que não quer dizer que não se pense a formação de uma forma diferente

O exemplo que deu - cai por terra porque como se está a ver temos jogadores que assinaram contratos há 1 ano e estão a renovar - não estão à espera até aos 24 anos

Quando há merito renova-se
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2014 às 18:44

Para sustentar o seu argumento, recorre a exemplo extremo, ou seja, vai de 100 mil/ano, e até menos, que é o quea maioria dos jovens está a receber, para 700 mil a um milhão. Quem é que na formação do Sporting usufrui de um salário desses ?

Quem é que assinou há um ano e está agora a renovar ?

O primeiro contrato profissional só pode ser assinado depois de um jogador atingir os 18 anos de idade. Se é um jovem promissor, o clube pretenderá assegurá-lo logo para os próximos 4/5 anos, daí as contas que eu fiz, que, aliás, não fogem à regra.

A sua confusão, creio, deve-se ao facto de ter constado que o Sporting pretendia/pretende aumentar os salários de William e Carlos Mané, por aquilo que eles representam. Este é um cenário completamente diferente.

O Eric Dier é um exemplo clássico do que ocorre na formação: assinou por 4 anos, no seu primeiro contrato profissional, que o leva até aos 22 anos. Se ele renovar pelos valores que consta que a SAD tem tido sobre a mesa, em geral, vai-se comprometer por valores ainda muito modestos até aos 26/27 anos de idade.

Meu caro, isto são factos, não meras suposições da minha parte.
Sem imagem de perfil

De Mário Borges Ferreira a 08.06.2014 às 00:08

Caro Rui,
Se sabe o que estão a oferecer ao Eric para renovar devia dizer para podermos discutir se é muito ou pouco.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds