Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O meu pai leão

City Lion, em 06.05.15

 

father-son.jpg

 

Não sei porquê mas hoje acordei a pensar no meu pai e no seu sportinguismo. Acho que terá sido pelo nervosismo de ontem do meu filho mais velho em saber se conseguimos bilhetes para a final da Taça. Já combinei com ele que vamos mas, caso ganhemos como se espera, saímos logo que os protagonistas da festa deixarem de ser os jogadores.

 

O meu pai foi até ao fim um grande leão e pouco tempo antes de morrer, vítima de uma daquelas doenças más, como se não tivesse outras preocupações, ainda se “chateou” com uma derrota nossa em andebol contra o Porto. Uma última grande alegria desportiva que partilhámos “in loco” juntos foi a qualificação em Manchester contra o City - apesar da idade, no fim do jogo ele parecia um miúdo feliz !

 

O meu pai não escondia o orgulho por ser de um clube “diferente”, com uma tradição de desportivismo que não se encontra nos rivais. Era uma forma de estar representada por pessoas como o Prof Moniz Pereira que infelizmente é cada vez mais rara e que o Sporting de hoje pouco cultiva e que alguns apelidam de “tótós”. A falta de educação e de nível, a arrogância, a tendência para a mentira / ironia reles,  a batota, isso era coisa dos outros, nunca nossa.

 

Desiludido com os resultados do período do “Roquetismo”, amargurou-o a nossa deriva “populista”, mas acreditava ser uma crise passageira e causada pelo passado recente cheio de erros.

 

Não gostava que eu escrevesse aqui no Camarote Leonino, mesmo concordando com a maioria do que eu escrevia, por me poder distrair do essencial na minha vida e também por saber que eu não poderia assinar com o meu nome.

 

Mas pai, escrever aqui tem vantagens e uma delas foi poder escrever este post que me ajudou a matar saudades. É também por aqui que tento que o Sporting que o pai conheceu em criança quando fugia de casa para ver os jogos no Estádio acabado de inaugurar, possa um dia voltar ou, pelo menos, não saia do meu coração.

 

publicado às 12:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.05.2015 às 12:42

Caro City Lion,

Linda homenagem à memória do seu pai, digna de um filho que o amava.

Um grande abraço
Imagem de perfil

De City Lion a 06.05.2015 às 15:16

Olá Rui, obrigado a ideia não era fazer uma homenagem mas se achou que pareceu ainda bem porque ele era um homem muito bom e temos saudades dele cá.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 06.05.2015 às 13:11

Boa homenagem e espero que esteja onde estiver, possa estar em companhia do meu a ver os filhos e neto (o seu filho porque o meu não quer ir) no estádio a festejar mais um troféu para Alvalade.
Imagem de perfil

De City Lion a 06.05.2015 às 15:17

PSousa, obrigado não tenho duvidas que está bem agora tou curioso para saber se de lá se consegue ver os jogos porque senão não tem a mesma graça.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.05.2015 às 13:13

City Lion

O texto que nos oferece para além de muito bonito, é emocionante. E remete para aquele tempo em que todos fomos meninos e nos apressávamos, às escondidas e com o coração ansioso, em direcção ao local onde brilhavam as nossas estrelas.

É importante recordar que o nosso Clube, o centenário Sporting Clube de Portugal, é produto da paixão, do empenhamento e do querer de várias gerações de sportinguistas que transmitem o testemunho às seguintes, que têm um compromisso de lealdade para com todos aqueles que contribuíram para que o clube singrasse como instituição social, desportiva e cultural. Por vezes, nestes dias que passam, parece faltar memória e solidariedade!

Um abraço
Imagem de perfil

De City Lion a 06.05.2015 às 15:23

Leão Zargo, obrigado. Essa ideia que temos um testemunho a passar é muito importante mas olhando para o que se passa hoje fico com duvidas se quero mesmo passar este testemunho lá em casa (embora já o tenha feito na verdade). Chegou ao desporto, ao futebol e também ao Sporting muita gente "duvidosa" que faz pensar duas vezes e cada vez mais estamos a falar de um negócio com muita politiquice no piror sentido da palavra. O próprio Prof Moniz Pereira pessoalmente contou-me que o que mais o assustava era a quantidade de politicos sem qualquer cultura desportiva que usavam o desporto para "aparecer". Seja como for deixemo-nos de saudosismos e sim ajudemos a melhorar o que achamos estar mal. O mundo mudou muito e no passado nem tudo eram rosas mas assusta-me muito a nossa gradual perda de identidade.
Sem imagem de perfil

De NunoAmsterdao a 06.05.2015 às 13:57

Sem duvida uma excelente homenagem ao seu pai caro City Lyon.Ao ler confesso que me emocionou .

A ver se ganhamos a taca que muito espero para pudermos partilhar nossa alegria :)

Saudacoes Leoninas

Nuno
Imagem de perfil

De City Lion a 06.05.2015 às 15:25

NunoAmsterdao, obrigado. Vamos lá ganhar a taça e mostrar que sabemos ganhar com desportivismo leonino.
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 06.05.2015 às 14:19

por respeito a homenagem ao seu pai não vou comentar algumas frases.

como leitor adorei a foto escolhida, emociona.
Imagem de perfil

De City Lion a 06.05.2015 às 15:27

Fight for your Right, obrigado por dispensar comentários antipáticos mas de qualquer maneira comigo e nesta casa não é preciso fazer cerimónia.
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 06.05.2015 às 15:32

não tinha de ser comentarios antipaticos por ser discordante.


Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.05.2015 às 15:25

O timing amigo City devia ter escrito este seu post quando o seu pai ainda em vida ele iria muito gostar de o ler. Com as obvias alterações.
Imagem de perfil

De City Lion a 06.05.2015 às 15:28

juliuscoelho, é uma coisa que penso muito até porque já morreram várias pessoas proximas de mim - não ter vergonha de dizer às pessoas mais próximas o quanto gostamos delas e de o repetir.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.05.2015 às 15:35

Eu toquei neste assunto amigo City porque sinceramente imaginei que poderia ter essa mágoa , quizá agora a necessidade de o fazer agora , e serve para todos nós que nos distraímos demasiado e esquecemos tanto o essencial de quem amamos e ainda é vivo e nao "temos" tempo de lho dizer e depois ficamos com um amargo eterno na alma .
Abraço
Sem imagem de perfil

De Leão Angolano a 06.05.2015 às 19:24

ro City Lion,

Por norma sou um crítico passivo dos seus artigos aqui no Camarote! Há vezes que acho engraçado porque nota-se que a intenção é mesmo "espevitar" o ambiente! Mas hoje estou comovido! E mais fiquei quando li nos comentários um frase que me deixou pensativo: Devemos dizer as pessoas que estimamos o quão importantes elas são para nós e repetir sempre! Digo isso porque perdi o meu Pai recentemente! Ele é o meu maior ídolo, responsável por eu gostar tanto de futebol! Mesmo sendo Portista sempre respeitou a minha escolha pelo Sporting! A primeira camisola que eu ganhei do Sporting foi uma oferta dele.... Número 1 do Peter Schmeichel! Hoje, sinto um enorme arrependimento por não ter passado mais tempo com ele, priorizando sempre a minha vida profissional! Um abraço e continua a escrever as suas crónicas! Nos Sportinguistas espalhados pelo mundo agradecemos!
Imagem de perfil

De City Lion a 07.05.2015 às 09:42

Leao Angolano, pena pelo seu pai é uma perda irreparável, mas grande presente esse da camisola do Schmeichel - ele era um dragão com muito bom gosto! Ainda ontem revi algumas defesas do Schmeichel ate porque me lembrei com os 2 golos seguidos do Barcelona ao Bayern dos outros dois em 99 do Man United ao Bayern no mesmo estádio e que na verdade permitiram que o Schemeichel tivesse decidido vir para Alvalade.
Sem imagem de perfil

De HY a 06.05.2015 às 21:38

Com o mesmo entusiasmo com que tantas vezes me atiro aos seus posts, assim lhe elogio este, CL. Como dizia o outro dia, um sportinguista não pode ser completamente mau :-)

Belo texto, pelo conteúdo e pela forma.

Tendo na memória as minhas idas a Alvalade, desde pequeno, com o meu pai, naqueles que foram talvez os momentos em que me senti mais perto dele, e tendo-o perdido, há muito mais tempo, pelas mesmas razões e na véspera de uma final perdida com os lampiões, que ele insistirá para que eu fosse ver, compreendo muito bem os seus sentimentos.

Tentando não ser lamechas -mas isto comove-, peço-lhe apenas para ter mais confiança nos sportinguistas. O mundo mudou, os interesses são outros, a forma de viver é diferente, mas o ser sportinhpguista mantém-se igual. Oportunistas haverá sempre, mas não durarão entre nós. Não acredito que haja um só sportinguista que alguma vez admita que alguém trate o Prof. Moniz Pereira por totó. Não existe. Pessoas como ele e o que ele representa são tão importantes como o Cantinho do Morais, os cinco violinos...ou o Paulinho? São símbolos do nosso viver sportinguista, e isso nunca ninguém destruirá.

Agora vamos a ganhar essa taça. Os leões estão em dívida com o meu pai desde há muitos anos (senti sempre como uma terrível "injustiça" ouvir ao longe um rádio que gritava pelo golo da lampionagem quando o seu cortejo fúnebre entrava no pequeno cemitério da aldeia onde ficou para sempre). E estou certo que lá em cima o seu, o meu, o do outro comentador e todos os outros sportinguistas que já estão nas terras das eternas pastagens (verdes!!!) lá estarão a ver e partilhar a nossa alegria pela conquista da taça.
Imagem de perfil

De City Lion a 07.05.2015 às 09:51

HY incrivel e triste essa historia do seu pai. Eu nunca deixei de confiar nos sportinguistas, vejo é muita gente que desiludida com muitos anos complicados e que já não se importa de "vender a alma". Tudo aquilo que eu criticava / gozava nos lampiões vejo agora em Alvalade e tem que perceber que isso me custa dai o que tenho aqui escrito. Também acredito que será uma fase passageira mas fico por vezes a pensar se não foi o próprio Sporting que mudou com tudo o que de mal nos tem acontecido. Estaremos mesmo iguais aos outros? Por exemplo as histórias do Pereira Cristovão que estão a vir a lume e da dupla Carvalho / Zé Eduardo são uma autêntica vergonha para a nossa história e vão muito para além de erros por incompetência.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo