Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Papa e o Cardeal - sem moral

Naçao Valente, em 15.05.19

 

images.jpg9e41da6d536d66bb432aac21688331ad.png

 

A nossa memória é muitas vezes demasiado curta e outras tantas demasiado selectiva. Isso explica que do passado, até de um passado muito recente, já não haja memória. Ou tem-na apenas do que lhe interessa, a dos títulos conquistados, seja como for.

 

O sr. Pinto da Costa é muito mau exemplo do apagão selectivo. Até terá alguma razão em relação aos erros de arbitragem que têm beneficiado, nesta recta final do campeonato, o Benfica. Tem seguramente, mas esquece que o seu clube também os tem tido. E se perder o campeonato, deve lamentar o facto da sua equipa ter adormecido na forma, quando não devia. Se assim não tivesse sido, seria campeão, por mais padres e rezas que houvesse.

 

Seja como for, o sr. Pinto da Costa é a última pessoa a ter o mínimo de moral para falar de padres e missas, quando se sabe que teceu uma ardilosa teia, com acólitos bem ordenados, para controlar o futebol em Portugal. E não fosse a nossa justiça o que é, forte com os fracos e fraca com os poderosos, não estaria ainda o sr. Pinto da Costa no lugar que ocupa. Assim continua com a sua verborreia irónica a fazer homilias para os seus fiéis.

 

No outro prato da balança, está o seu admirador/seguidor, que se limitou a doutrina do  mestre, com o desejo ardente de o ultrapassar. O sr. Luís Filipe Vieira não lhe fica atrás na ambição de dominar o mundo do futebol. Não fez uma teia porque dava muito nas vistas, e optou por criar labirintos no mundo subterrâneo. Os processos podem ser diferentes, mas os fins acabam por ser idênticos. Personalidades distintas mas iguais num aspecto: a falta de seriedade.

 

download.jpg

 

A falta de seriedade domina o mundo. E todos os que teimam em ser sérios são, como dizia alguém, "comidos de cebolada". Como a religião fez em tempos idos no mundo ocidental, e ainda faz em certas regiões, o segredo, mal guardado, está em fanatizar os fiéis, e controlar o sistema, para disso tirar proveito. 

 

Nos tempos que correm, o futebol assemelha-se, nos seus princípios, a uma nova religião. A fanatização dos adeptos, incutindo o ódio ao diferente e a submissão total aos dogmas, é prática corrente, e em escala menor ainda leva a guerras e mortes. 

 

Em análise final, temos dois grandes "cardeais" com o seu oculto cortejo de "padres". Um mais velho, mais matreiro e que perdeu um pouco o controle da nova "religião" e outro que lhe disputa o terreno, viajando arrojadamente pelos esgotos da esperteza saloia, para emergir no lugar certo na altura mais adequada. Estão bem um para o outro. Nenhum tem moral para exigir o mínimo de moralidade. Enquanto estas "igrejas" dominarem, o futebol português não será uma coisa séria.

 

publicado às 05:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


101 comentários

Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 15.05.2019 às 14:30

"Nos tempos que correm, o futebol assemelha-se, nos seus princípios, a uma nova religião. A fanatização dos adeptos, incutindo o ódio ao diferente e a submissão total aos dogmas, é prática corrente, e em escala menor ainda leva a guerras e mortes. "

Nisto são todos iguais.
Lembro-me perfeitamente de Bruno de Carvalho ter quase 90% dos Sportinguistas do seu lado nos atos eleitorais e no referendo a que se submeteu...
E foi há pouco mais de um ano. Provavelmente, se não lhe tivesse subido o poder à cabeça, ainda seria presidente do Sporting...

Os dois de que fala (Papa e Cardeal) são o que são...
Um foi o maior criador de ódios do futebol Português, ao mesmo tempo que criou um sistema que controlou durante anos todo o futebol Português.

O outro talvez nunca passe de um aprendiz... Talvez por isso neste século tenha apenas 6 campeonatos, contra 10 do Papa. E desses 6, não houve um que tenha sido ganho com 15 e 20 pontos de avanço sobre o segundo, como nos tempos áureos de PdC.
Provavelmente, mesmo muito longe de ser um santo, ainda tem muito que aprender, se tiver tempo para isso.

Sobre casos de emails, toupeiras, malas, subornos, cashballs, etc, manda a prudência que se aguarde pelas conclusões da Justiça.
O caso dos emails tem 3 anos e parece que até agora essa montanha apenas pariu um rato. E o único processo conectado com esse caso que está em fase de andamento acelerado, é o interposto contra o FCP pelo Benfica.
E parece que não está a correr muito bem para o clube azul às listas brancas...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.05.2019 às 15:56

JPG,
A justiça é feita por homens que levam para as suas funções, aquilo que são. Há exemplos recentes, fora do futebol, que comprovam isso. Assim sendo a justiça não é totalmente isenta, nem célere. Com vários expedientes vai-se arrastando. isso explica a impunidade que por aí vai.

Enquanto o "Cardeal" ganhar títulos vai ter todo o tempo. Fique descansado. No mundo do futebol, para o adepto, a justiça não é muito importante.
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 15.05.2019 às 16:47

NV,

Não generalizemos!
Eu, como adepto do Benfica, nunca aceitarei que o meu clube ganhe com batota comprovada. Com rumores, acusações sem fundamento, histerismos de adversários, deturpação de mails, passo eu bem.
Se o meu clube corrompeu alguém para vencer jogos e campeonatos, e se isso for comprovado, que seja punido e que esses títulos lhe sejam retirados.

Ponto.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 15.05.2019 às 16:43

Que me lembre, o único Presidente de Clube que admitiu ter comprado árbitros, foi o Jorge Gonçalves, não me lembro de ter havido condenação ou sequer investigação, mas ele disse-o claramente, numa entrevista.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.05.2019 às 16:53

Bem... tudo é possível, mas nada foi provado e ele era uma pessoa muito polémica e que nessa altura já atravessava uma fase muito complicada na sua vida, que, como sabemos, teve um fim muito triste.
Sem imagem de perfil

De antonio a 15.05.2019 às 14:34

Post assertivo, na linha do autor Nacao Valente.
Falta aí a referencia a todos os outros que se vergam aos interesses do Papa e do Cardeal e quem o Papa e o Cardeal realmente prestam contas.

Alguns presidentes do Sporting (e nao só) sao também em parte responsáveis pelo estado das coisas.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 15.05.2019 às 14:57

Caro Nação Valente é cristalino que a justiça português incluindo a desportiva tiveram uma oportunidade Dourada de colocar tudo em su sítio e dar o exemplo quando no Apito Dourado tivessem actuado como um País de verdadeira justiça colocando o Porto na 2ª divisão e perda de umas boas dezenas de pontos para a época seguinte , os seus responsáveis presos e as respectivas indemnizações aos maiores prejudicados dos esquemas corruptos.

O Estado Portugues, a justiça portuguesa , os órgãos de justiça desportiva portuguesa mostraram aí a sua enorme fragilidade e pior ainda que quando não fizeram justiça incentivaram para que no futuro se repetisse como é o caso que vivemos e continuaremos a viver neste engodo que é o futebol português .

Os mais vivaços perceberam fácilmente todas essas debilidades no aparelho da justiça desportiva portuguesa e até com relativa facilidade montaram outro esquema corrupto apoiados por um exercito voluntarioso, a maior parte a troco de muito pouco , afagamento de vaidades , ajudas em favores , toda uma manipulação de influências que garantem carreiras a árbitros e tachos a outros enquanto os adeptos facciosos e sem moral ficam em delírio com os resultados desportivos em que a muitos deles servem para lhes afagar os pequeninos cérebros fazendo esquecer momentaneamente as desilusões da sua vida pessoal e a outros por simples capricho de rivalidades .

O curioso é que apesar de todo esse monumental esquema mafioso subterrâneo em movimento acaba por não ser suficiente para a garantia de títulos e têm que recorrer a actos mais descarados á vista de todos, que não escapam obviamente á sensura de todos os outros adeptos quando vêm o rabo do gato de fora e reagem de forma cada vez mais presente criando a Bola de neve que mais tarde ou mais cedo irá fazer destruir todas essas pendejadas.

Uma tristeza vivermos presentemente e de novo essa realidade.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.05.2019 às 16:05

Indiana Júlio,

Tem toda a razão. Se no Apito Dourado tivesse acontecido o que devia ter acontecido, como diz, tinha-se dado um passo de gigante para moralizar o futebol português. Mas a justiça é feita por homens que não despem a camisola mesmo quando vestem a toga. Assim não saímos disto. Às vezes penso que é um defeito ser sério.
Sem imagem de perfil

De José Dantas Coelho a 15.05.2019 às 14:58

para mim o momento chave foi o apito dourado, quando não houve condenação nenhuma e todos os que estavam nas escutas continuaram a sua vidinha, isso indicou uma coisa: se queres ganhar tens que estar metido no sistema pois este não é imparcial.
Quem se mexeu e ganhou poder no sistema ou quem manteve algum poder ganharam, quem tentou ganhar poder e não conseguiu continuou a perder. Quem tinha o poder agora queixa-se de ter de partilhar
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 15.05.2019 às 16:43

Nação Valente nao podia deixar de comentar que tiro o meu chapeu a todos os que têm coragem de enfrentar o touro pelos cornos , enalteço coragem a todos que o fazem e agradeço-lhe que o tenha feito , eu por mim martelava todos os dias este tema .

É a tal bola de neve que comentei , a pouco e pouco começa a notar-se cada vez maior , todos nós estamos fartos disto , se conseguimos fazer um 25 de Abril nao conseguimos derrubar mafiosos do futebol?

Era só o que faltava!!!!!

Comentar post


Pág. 2/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo