Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"O Pavilhão do Bruno"

Rui Gomes, em 23.06.17

 

 

Um artigo intitulado O Pavilhão do Bruno, da autoria de Lizardo, no blogue DIA DO CLUBE:

 

Ontem foi a primeira inauguração do Pavilhão, num conjunto de três cerimónias já agendadas. A felicidade de todos os Sócios e Adeptos com a construção de tão nobre e fundamental obra é evidente. O Sporting não podia continuar a viver sem a sua casa para as modalidades. Era totalmente contranatura continuar as romarias para Loures ou Odivelas, Casal Vistoso ou Rio Maior, entre outros Pavilhões espalhados pela região.


 Ontem, como bem disse Margarida Rocha, fechou-se o ciclo das grandes obras de modernização do Sporting do século XXI. Um Estádio, uma Academia e agora a casa que imortaliza o já imortal Presidente João Rocha.


O dia de ontem tinha tudo para ser histórico. Um dia desejado por tantos, um dia que deveria ser aberto a todos os Sócios e Adeptos, com um programa pensado para os que há mais de 10 anos fazem quilómetros para ver as modalidades fora de Alvalade. Mas não, uma vez mais, o foco foi o Presidente Bruno de Carvalho.

 

Jo_o_Rocha1 copy.jpg

 
Para lá do erro da data e da hora, uma quarta-feira, em simultâneo com o jogo da Selecção Nacional e a poucas horas de um importante jogo do Futsal, revela que estratégia e visão, são termos e processos que escasseiam.

Depois o palco e o tempo oferecido a Bruno. Bruno discursou na rua, Bruno leu e releu a sua frase na Estátua do Leão vezes sem conta, Bruno entrou no Pavilhão como uma estrela de rock, Bruno foi o Presidente, Bruno foi o Anfitrião, Bruno foi a imagem de todos os atletas do passado, do presente e do futuro. Bruno foi o foco, o tempo de antena, a voz, Bruno foi o rei das selfies e dos abraços. Sempre com os mesmos, com as mesmas caras, com os mesmos que até já têm palco em programas da Sporting TV ou que têm um “emprego” no Sporting.

 

Não posso deixar de sublinhar a mentira de Bruno sobre o nome do Pavilhão. Não, não foi o Bruno que sugeriu o nome João Rocha. Não!!. Foi aprovado e deliberado a 30 de Setembro de 2012, numa Assembleia Geral no Multiusos de Alvalade, apresentado pela Direcção em funções à data. Felizmente foi rapidamente desmentido pela filha de João Rocha.

 

19399435_833026050208331_7208497358065230992_n.jpg

 

Mas a mentira não acabou aqui. As palavras oferecidas ao falecido Sócio Vítor Araújo são de um aproveitamento sem sentido. “Amigo”, “Muitos jogos ao seu lado”, “com o meu pai e meus irmão, juntos, vimos muitos jogos”. Quem marcou e marca presença nos Pavilhões sabe que tudo isto é treta. Pura treta. Bruno há dez anos, nem as quotas tinha em dia, quanto mais dedicar-se a assistir a jogos das modalidades. Mas vale tudo!


Bruno tem um evidente complexo de inferioridade. Precisa de palco, precisa de espaço mediático, precisa ser notícia, pois só Ele sabe a dimensão da mentira que nos conta há muitos anos. Precisa de palco pois não temos títulos, não temos saúde financeira, somos cada vez mais irrelevantes no panorama desportivo.


Estes quatro anos têm sido uma mentira constante.


Ontem os Sócios ficaram de fora, os Adeptos não foram convocados, o Pavilhão não estava cheio, foi uma festa para amigos e alinhados, longe dos tempos onde o Sporting era para todos.


O que se assistiu ontem foi um deplorável espectáculo. Salva-se a obra, obrigado a todos os que desde os primeiros momentos lutaram e reuniram com a autarquia lisboeta, a todos os que criaram as fundações e as bases necessárias da obra. Bruno tem o mérito de ter continuado e ter dado vida ao Pavilhão. Sobre isso não há dúvida, mas ficaria muito bem não esquecer que há muitos anos, várias direcções já trabalharam e muito para que este sonho fosse possível. A esses nem uma palavra.

 Este Sporting que não reconhece o seu passado e que só se valoriza com o seu presente, mesmo sem nada ganhar, mesmo vendo abalar os seus principais activos, sejam eles funcionários ou atletas, não pode ter grande futuro.

 
Salva-se quem entende e vive realmente os valores do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:08

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


37 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui Silva a 23.06.2017 às 07:30

Presidente do Sporting? Um indivíduo que põe aquela frase na estátua ao estilo do presidente da Coreia do Norte mostra que estamos perante um lunático e ditador .PS:Mas ninguém consegue correr com este LOUCO?
Sem imagem de perfil

De Eskilsson a 23.06.2017 às 09:20

Terão razão em algumas coisas, mas não nesta: o BdC pode de facto dizer que o nome do Pavilhão foi proposto por ele. Na AG em que o nome foi aprovado, fez a primeira intervenção e propôs que o nome fosse aprovado por aclamação - e foi. Assim, o ponto da Ordem de Trabalhos não chegou a ser discutido.
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 23.06.2017 às 10:04

O que diz é verdade - não assisti, mas familiares meus estavam lá. Contudo, como aliás é visível no documento anexado ao post, a "ideia" do nome não partiu de BdC; a ideia existia, estava escrita, era "pública". A intervenção de BdC provocou aquilo que diz, é um facto, mas daí extrapolar que foi ele o "inventor" - como o próprio diz - é "fake news".
Basta aliás fazer o raciocínio inverso: se BdC não tivesse intervido nessa AG, qual seria o nome do Pavilhão? João Rocha. Qual seria a reacção ao ponto 2 da ordem de trabalhos da tal AG? Aprovação por unanimidade.
BdC teve a sorte de ter sido o primeiro a usar o palco da AG, soube fazê-lo bem e acelerou uma decisão que seria sempre unânime e aclamada. Nada mais.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 23.06.2017 às 10:16

Sim. E continuariamos a ter um nome para o pavilhão e não um pavilhão.

"Estranho", aliás que todo o processo de construção da casa das modalidades do clube e sua inauguração tenha sido motivo de quase total desinteresse para alguns, até haver supostos motivos para arma de arremesso ao presidente.
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 23.06.2017 às 10:36

O meu comentário refere-se apenas e só à apropriação indevida do desígnio de autor do nome do pavilhão João Rocha. Alguma coisa a contrapor ou acrescentar? Se não, poupe-me a propaganda.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 23.06.2017 às 10:41

Lol. "Propaganda".
Sem imagem de perfil

De Balajic a 23.06.2017 às 10:18

É isso tudo Gonçalo.

Só corrijo uma coisa: o facto de ter sido o primeiro a usar o palco da AG não foi sorte...
Sem imagem de perfil

De Filipe a 23.06.2017 às 10:14

Como vivo perto do nosso estádio no Lumiar e gosto muito de desporto via muitos jogos das modalidades desde o pavilhão com a célebre equipa de hóquei até a nave que o Sr. João Rocha construiu e tive que (levar) com o nosso Vítor a chamar pelo Sporting nesses jogos e lembro-me de na nave ver Bruno de Carvalho ainda jovem que viria mais tarde ser presidente do Sporting
Sem imagem de perfil

De Balajic a 23.06.2017 às 10:22

Este Filipe é muito engraçado...

Eu também assisti a jogos na Nave por baixo da Bancada Nova do antigo Estádio. Aliás, até no Pavilhão Velho assisti a jogos das modalidades do Sporting (Hóquei, Basquetebol, etc.) e nem num lado nem noutro alguma vez vi o "jovem" Bruno de Carvalho.

Talvez fosse por ter estado uns anos valentes sem pagar quotas...
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 23.06.2017 às 10:42

Eh pa esta agora fez-me dar uma gargalhada.
Eu também se há coisa que nunca esqueço é da cara de cada um dos adeptos com quem partilho um jogo no estádio ou num pavilhão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.06.2017 às 13:44

Caríssimo Filipe,

Não seja MENTIROSO !!!... Vem com essa para defender o quê e quem ???
Sem imagem de perfil

De Filipe a 23.06.2017 às 16:48

Meu caro aos outros colegas de blogg não respondo mas a si vou responder. Os pais de Bruno de Carvalho moravam no mesmo prédio que os meus pais viviam perto de Alvalade e eu conhecia daí a sua familía, sabendo que eram sportinguistas tendo-os visto por diversas vezes nas entradas do estádio em dias de jogos e na nave a assistir a jogos. Posso também dizer que eram bons vizinhos dos meus pais e pareciam boas pessoas do resto não sei mais nada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.06.2017 às 16:54

Caro Filipe,

Se insiste que os viu nos jogos, teremos de aceitar a sua palavra. Fui agressivo no meu primeiro comentário, porque achei a coincidência espantosa. Mas, seja como for, até não é das questões mais importantes neste caso.

Partindo deste princípio, peço desculpa por o ter acusado de mentir.
Sem imagem de perfil

De J. a 23.06.2017 às 10:25

Eu percebo que a personalidade de BdC está longe de ser aceite por todas. Também a mim, defensor do seu trabalho sobretudo nos primeiros 3 anos de mandato, me custa ver certas expressões e atitudes de BdC, sobretudo porque dá uma certa ideia de pouca preparação pessoal para o cargo que ocupa. E isso deixa muitos sportinguistas pouco tranquilos!!!
Agora em relação ao pavihão não estou nada de acordo. Por mais palavras e timings errados, aquilo que isto significa para o clube é talvez uma daquelas alegrias que apenas os sportinguistas assiduos dos 80´s e 90´s conseguem explicar.
Aqueles domingo de romaria a Alvalade para ver uma qualquer modalidade ou ver os iniciados a jogar nos campos secundarios, as filas para pagar as quotas, andar por ali na casa do sócio ver os mais idosos a jogar ás cartas, etc....
Ter o pavilhão agora ali, é um enorme orgulho para todos nós. Independentemente de palavras e atitudes individuaiss
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 23.06.2017 às 11:02

Perdoe-me J, mas essa é exactamente a lógica que é necessária combater.
Qualquer adulto com 40 anos ou mais sabe perfeitamente o que foi o Portugal dos anos 80/90; o frenesim de obras públicas, o cortar de fitas em altura de eleições. A obra erguida sempre tapou falhas de carácter. "Que interessa se a ponte custou 10x mais se dantes não havia e agora há?"; "Que interessa se a piscina foi construída pelo amigo do autarca se dantes não havia e a agora há?". Os anos que se seguiram mostraram que sim, o carácter de quem tem poder interessa. E muito.
É isso que aqui está em discussão, muito legitimamente. O pavilhão é uma grande alegria e orgulho? Claro que sim! É histórico? Claro. Mas precisamente por ser um momento histórico é que se torna ainda mais difícil de aceitar toda a postura deste gaiato eleito presidente. Frases suas numa estátua? Responsável pelo nome do pavilhão? Indirectas à Doyen em plena inauguração? É um comportamento ridículo. A obra está feita, estamos felizes, mas deve continuar a vigiar-se e a criticar-se, hoje e sempre, o carácter de quem nos lidera. Porque isso interessa. E muito.
Sem imagem de perfil

De Lulu a 23.06.2017 às 10:29

"pois não temos títulos, não temos saúde financeira, somos cada vez mais irrelevantes no panorama desportivo."
Isto não pode ter sido escrito por um Sportinguista, pura e simplesmente não pode.
Como é possível escrever-se uma barbaridade destas no final de uma época repleta de conquistas brilhantes dos nossos atletas? Vergonhoso.
O Sporting após um período negro de mais de uma década voltou finalmente a ocupar o lugar que é seu por direito próprio, o de maior potencia desportiva nacional.
Não ganhamos nada no futebol sénior masculino?
Pois não, é verdade, mas isso não é há 4 anos que não ganhamos, é há 40.
SL
Sem imagem de perfil

De Paulo a 23.06.2017 às 12:50

Realmente leio com cada uma. Agora a malta quando for ao estádio não vão ver o "futebol", vão ver o "futebol sénior masculino" :-)
Sem imagem de perfil

De Lulu a 23.06.2017 às 14:18

Se não sabe ler o problema é seu.
Falando apenas e só em futebol o Sporting este ano ganhou:
Femininos: Campeonato nacional e taça de portugal de seniores, campeonato nacional de juniores e taça nacional de juvenis.
Masculinos: Campeonato nacional de juniores e de juvenis e taça nacional de infantis.
Somos portanto "irrelevantes no panorama desportivo" (medo de uma mente destas).

Quanto ao "futebol" , "o que a malta vai ver ao estádio" foi o que eu escrevi, não ganhamos nada (ou ganhamos muito pouco)... há 40 (QUARENTA) anos.
Sem imagem de perfil

De atitopoteu a 23.06.2017 às 19:18

Lulu

e ao longo desses 4(0) anos o Bruno tem-lhe enviado o tal 'e-mail' a perguntar porquê?!!

perdoe-me a 'picardia' !... não pude deixar passar a oportunidade :-))
Sem imagem de perfil

De Petinga a 24.06.2017 às 18:29

Excelente comentário. Os mesmos Sportinguistas que se dizem "eclécticos", afinal, nao querem saber de mais nada a nao ser o futebol sénior masculino.
E quando o Sporting vencer no futebol sénior masculino vao dizer que as modalidades deviam ter mais importancia e o Sporting nao é só futebol.
Enfim...
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 23.06.2017 às 10:57

Mais uma vez preocupamo-nos com o acessório e desvalorizamos o essencial.

A inauguração não foi na data e hora mais oportuna - é verdade

Houve um excesso de Bruno de Carvalho - é verdade

A frase na estátua fica mal e nem está escrita num português muito correcto - é verdade

Mas caramba, o importante é que o pavilhão está lá, isso é que temos que destacar e valorizar, o resto são fait divers
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.06.2017 às 13:49

Nenhum sportinguista desvaloriza a obra, mas por importante que seja não implica que se deva ignorar tudo o resto, nomeadamente mais um episódio bem recheado de intervenções burlescas de Bruno de Carvalho.

Aliás, por valorizar a obra, optei por nada de negativo publicar ontem, permitindo com que o foco do dia fosse mesmo só o Pavilhão.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 24.06.2017 às 18:31

"Nenhum sportinguista desvaloriza a obra"

Nao é de todo a impressao que fica.
O Sporting mudou de instalacoes em 2003. Faz 14 anos.
Neste intervalo, nao teve pavilhao. Houve muitas palavras bonitas e muitos desejos. Mas dinheiro, guita, cheta para fazer o pavilhao é que nem ve-la.

Agora, aparece o pavilhao e o foco é...
Sem imagem de perfil

De Rui Sampaio a 23.06.2017 às 11:13

Já assisti a tantas coisas ridículas deste presidente, que agora nada me surpreende da parte dele. Esta de colocar uma citação dele na estátua é só mais uma. Mais uma vez, lá vem os rivais gozar connosco perante isto, têm razão! Eu fazia o mesmo na situação deles. Um presidente que ainda nem sequer ganhou um campeonato, acha-se no direto de fazer isto num local tão importante. Depois não quer que lhe chamem demagogo, egocêntrico, populista... de facto ele é tudo isso.




Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.06.2017 às 13:51

Houve um leitor ontem que disse que o monumento na Rotunda Visconde de Alvalade está sujeito a ser eventualmente vandalizado, como tantos outros. Há quem diga que já foi inaugurado num estado "vandalizado".
Sem imagem de perfil

De Rui Sampaio a 23.06.2017 às 15:47

Caro Rui Gomes,

Vamos supor que este Presidente não ganha mesmo nada e acabe por sair no final deste mandato ou nem o acaba como já foi referido na imprensa desportiva. Você vai estar a passar na rotunda e a ver sempre la esta grande citação e com letras garrafais BRUNO DE CARVALHO. O que irá sentir ?

Como vai explicar aos seus netos quem foi o Bruno de Carvalho do Sporting?

Isto é tão ridículo. Continuo a dizer, somos mesmo geridos por autenticos amadores.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.06.2017 às 12:30

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Pizzi a 23.06.2017 às 13:04

Então se «não temos uma massa associativa forte. É tudo uma cambada de atrasados sem rigor e sem inteligência nenhuma» como é que «Temos condições para sermos os melhores». Por terem Bruno de Carvalho como presidente? Is this some kind of joke?
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.06.2017 às 14:03

Essa de escrever uma frase tua na estátua, não lembra nem ao diabo..
Porra!!.. Bruno é ridiculo, ridiculo, ridiculo. Estupidez!!
Parece que gostas que te chamem Kim-coreano. :))
Retira essa porra!!


O dia escolhido também não foi o melhor
Que bonito teria sido se todos os holofotes tivessem sido aproveitados..
Ahh!!... Bruno foi fraquinho
Alguma diabrura coreana?? :)))

A Margarida bateu-te mesmo
O Sporting é dos sócios.. E as fotos ao lado dela são lindas. LOOOOOOLL!!


P. S. A mim parece-me que ainda vamos falar muito sobre este pavilhão.
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 23.06.2017 às 22:38



Imagem de perfil

De Leão Zargo a 23.06.2017 às 15:27

O Pavilhão João Rocha completa o complexo desportivo idealizado no final do século passado, em conjunto com o Estádio e a Academia de Alcochete. Era esse o projecto do presidente José Roquette.

Antes de Bruno de Carvalho, outros fizeram todo o trabalho prévio. Só em 2013 é que houve a possibilidade legal de construir o Pavilhão, depois da aprovação do Plano de Pormenor que regeu a sua construção e espaços adjacentes. Esta aprovação aconteceu em 13 de Março de 2013, com publicação em Diário da República a 2 de Maio de 2013, culminando um processo iniciado em 2007 com a constituição de um tribunal arbitral para o julgamento de questões relacionadas com os direitos de edificabilidade que o Clube reclamava. Foi um processo demorado e rigoroso.

Em 21 de Outubro de 2009 foi assinado um protocolo com a Câmara de Lisboa onde pela primeira vez ficou expressa a possibilidade de construção do pavilhão naquele espaço, mas apenas depois realização do referido Plano de Pormenor.

Fica mal a Bruno de Carvalho escamotear tudo isto, como se tudo fosse apenas obra sua. Não foi, nem é. Ele ficou na lua por ter construído um Pavilhão. Imagine-se o que seria se construísse um Estádio ou uma Academia!

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.06.2017 às 21:02

Claro que BdC aproveitou a preparação do trabalho legal do passado... mas não podemos esconder que o estádio foi construído sem um pavilhão... e isso é um erro estratégico do passado, contraria a nossa história!

BdC foi contra todos, ao decidir a construção do pavilhão, aliás existia muita gente que até 1 mes atrás não acreditava... logo, tem de ser reconhecido que foi uma decisão de BdC, uma decisão estratégica.

O que ele peca é na forma... não precisava estampar uma frase dele... um bocado ridículo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.06.2017 às 22:33

Não obstante o incansável apoio do Schmeichel, o Bruno é ridículo em muito !
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 23.06.2017 às 22:40



100% de acordo, caro amigo LZ!
Beijinhos

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo