Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O planeta dos Grupos Organizados de Adeptos

Um ponto de viragem na história, não só do Sporting, mas, sobretudo, do desporto nacional

Rui Gomes, em 27.10.19

mw-130.jpgComportamentos, por vezes, selvagens e, tantas vezes, irracionais. Em casa, estão à solta. Fora de casa, ficam em jaulas. Não são todos, mas são alguns. São demasiados. São mesmo demasiados que prejudicam os restantes que nesse grupo são incluídos e rotulados de igual forma. Grupos Organizados de Adeptos, os “GOA” ou as Claques.

Estamos todos familiarizados com estes termos, assim como estamos conscientes do que significam para além do que consta do seu mero literal significado. Na versão teórica são... “conjuntos de pessoas, filiadas ou não numa entidade desportiva, que actuam de forma concertada, nomeadamente através da utilização de símbolos comuns ou da realização de coreografias e outras iniciativas que visam apoio a clubes, associações ou sociedades desportivas, com carácter de permanência”.

Na prática, não são apenas isso. São muito mais. Por terem aquele significado “no papel”, seriam a estes grupos que a entidade desportiva concederia facilidades de utilização ou cedência de instalações, apoio técnico, financeiro ou material.

A verdade é que estes grupos já não eram só isto no passado e, seguramente, também não o são apenas desde 2009 (Lei n.º 39/2009, de 30 de Julho, estabelece o Regime Jurídico da Segurança e Combate ao Racismo, à Xenofobia e à Intolerância nos Espectáculos Desportivos). São tudo aquilo, mas também, em grande parte, grupos onde emergem associações criminosas de diversa índole, cuja expressão e dimensão permanecem arredadas do conhecimento público até as práticas criminosas atentarem contra a integridade física e moral.

A verdade é que os sucessivos casos que chegam ao nosso conhecimento, mais ou menos mediáticos, não reflectem a pacífica realidade que os conceitos acima transcritos parecem descrever.

É tempo de ponderar o que fazer com a verdadeira realidade e deixar de pactuar com uma situação em que as entidades desportivas são como escudos de um leque determinado de pessoas que vivem à margem da lei e que, em excessivo número de situações, nada mais fazem pelo desporto que não seja denegrir a sua imagem.

No passado dia 20 de Outubro de 2019 foi o dia em que o Sporting Clube de Portugal e a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD informaram os sócios que haviam resolvido os protocolos celebrados com a Associação Juventude Leonina e com o Directivo Ultras XXI – Associação.

O ponto final nesta relação poderá ser também um ponto de viragem na história, não só daquela entidade desportiva, mas, sobretudo, do desporto nacional. Pode constituir o mote que permita combater um problema grave que ganha contornos de enraizamento incompreensíveis, que levaram a que as entidades desportivas ficassem reféns destes grupos, ao ponto de temer confrontá-los com aquilo que nada mais são do que deveres básicos de vida em sociedade, linhas simples de civismo ou obrigações naturais de um protocolo entre duas partes.

Resta agora aguardar para saber se outras entidades desportivas têm a coragem de fazer o mesmo.

João Pedro Maltez, Tribuna Expresso

publicado às 03:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 27.10.2019 às 09:43

Nada a acrescentar - simples, transparente, incisivo e determinante.
Esta corajosa Direção e Órgãos Sociais do Sporting, deram o mote e exemplo, de como pôr fim a este flagelo que tem destruído o espetáculo do futebol.
O Sporting tudo está a fazer e contribuir para combater e erradicar os energúmenos, desordeiros, violentos e criminosos.
Têm a palavra as autoridades e o Estado de Direito.
Bem haja Dr. Frederico Varandas.
Força Sporting
SL
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.10.2019 às 10:06

Então, alguns claqueiros querem levar para dentro do estádio tarjas e panfletos, para apoiar quem?.🤔
É p'ra manifestação sim, mas de apoio ao futebol que vamos?
Ao Sporting...aos atletas que nesse momento correm como uns desalmados atrás da bola.
Vá lá!!.. Reparar nesse detalhe não custa nada.
É barato e é de borla!.😊

P. S.. Um conselho para claqueiro sportinguista.
Se desejam apoiar, manifestar-se a favor de claques "extintas", façam-no...
Mas, nunca na hora do jogo dentro do estádio.
Politica é política, futebol é futebol!.
Essa é a hora de apoio aos atletas, em directo, ao vivo e exclusivamente.
Tudo o resto, é contra nós(Sporting)
É perder e perder!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 27.10.2019 às 12:56

Carlos,

No jogo com o Rosenborg as claques apoiaram do principio ao fim, ouviu-se assobios durante o jogo mas da zona da central.... os tais que teoricamente apoiam sempre....

Já tinha dito que vamos ver a JuveLeo a apoiar a equipa e com criatividade vai criticar a direcção antes e depois dos jogos.... é a melhor resposta que as claques têm....

Uma nota... as claques não foram extintas apenas perderam o apoio do clube.... estás a fazer considerações sobre como eles devem apoiar, mas o Sporting ao retirar os apoios perde toda a legitimidade de exigir seja o que seja.... na situação actual o Sporting não pode exigir mais à JuveLeo que exiga comparativamente a um normal sócio que no seu direito assobie a equipa.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.10.2019 às 13:47

Olá Schmeichel,

Sabes muito bem que não vejo nenhum proveito, nas claques organizadas e mantidas por o clube. Repito, nenhum benefício para os atletas. - É mais, eles tem-lhe medo. -
E só são gastos que se deveriam canalizar para apoio às modalidades ou formação.
Hoje em dia, isso de claques organizadas e mantidas por o clube é coisa do passado. Terceiro mundista.!
Escrevi extintas entre parêntisis..
Mas, dentro em breve, o serão..Não há guita, não há palhaço diz-se na gíria da bola.
Dizes: As claques apoiaram de principio ao fim!. 🤔..
Mas, isso deveria ser o normal, sempre e sempre.
Tens toda a razão enquanto à Direcção não poder exigir mais... Mas, pode mandar retirar tarjas e outras coisas. Até mesmo mandar sair do estádio a adeptos desordeiros... E insultos colectivos podem ser penalizados e tarjas de manifestação à violencia ou pré-violência, são tomados como desactos à e na sociedade civil.

Schmeichel,
por favor, não sair do tema do qual e essencialmente quis manifestar.
Não à politica na hora do jogo. Isto influencia e muito o rendimento dos jogadores.
Quero ganhar!!.. Queremos ganhar!.
E se essa dificuldade claqueira, se junta a outras carencias... Estamos feitos ao bife😁😁

Abrazzzo

P. S.. Claqueiros sportinguistas.. ALÔ..!
O estádio há hora do jogo é para os artistas. Par os que desenham jogadas bonitos e para os tatuadores de canelas..
Bora lá!!. ✌️
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 27.10.2019 às 12:46

Isto é tudo muito bonito, mas a decisão do Varandas em punir as claques nada tem a haver com uma estratégia de pacificação das claques mas antes uma estratégia que visa impedir sportinguistas de exprirem a sua oposição à direcção.
As razões para afirmar o que digo vêm de o Varandas não ter punido os infractores de Alcochete, mas sim punir as claques devido a última AG onde o Varandas foi enxovalhado.... portanto a direcção não está preocupada com a violência das claques mas antes com as criticas ao Varandas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2019 às 13:06

Ao que eu acho piada, pouca mas alguma, é que continua a insistir com essa sua conversa da treta como se houvesse alguém de mínimo bom senso que lhe desse ouvidos.

Com que então o Varandas é que não puniu os "infractores de Alcochete"!?!
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 27.10.2019 às 14:38

1. Todos os socios do Sporting que participaram no "assalto" a alcochete deviam ter sido expulsos

2. Nunca Sousa Cintra devia ter feito aquela reunião com os Goa, tirando o tapete à proxima direcção.

3. FV deveria ter conseguido reunir o apoio das claques, como todos os ex-presidentes, como não conseguiu, e é contestado todos os jogos, não tinha outro remedio que não fazer o que fez.

4. A sua continuidade, cada vez mais depende dos resultados imediatos - é confiar no trabalho do Silas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2019 às 15:30

Segundo informações, ele reuniu com as claques 5 vezes nos últimos meses.É óbvio que não conseguiu levá-las a seguir o caminho desejado.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 27.10.2019 às 17:55

Rui Gomes acha mesmo que as claques iam aceitar condições que lhes ia retirar poder, tanto economico como poder de decisão, eles é que não perceberam é que depois de Alcochete perderam toda a vantagem que tinham, eles só tinham de aceitar e mais nada, pois não mandam no vosso clube, tem instalacoes cedidas, o dinheiro que ganham vem dos bilhetes a borla, elws nunca perceberam que as claques só tem o que os clubes querem dar e mais nada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2019 às 22:06

Claro que não aceitavam...
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.10.2019 às 14:51

Rui,

Um peditório...A pedido de várias familias.LOOOOOOLL!!.
Ponha aqui um video de Baseball ⚾, dos adeptos dos Washington Nationals.
Espetacular!..Fantástico!..Emocionante

Talvez o nosso Sporting e sporinguistas em geral inventem algo parecido. Que todos possam participar por si mesmos, mesmo aqueles adeptos que não são por norma tão efusivos.
Algo engraçado e particular, mas que o atleta sinta através disso o apoio 100%
Pioneiros, temos sido em muita coisa..não custa nada, ser-lo uma vez mais.
Se uns inventaram La ola(onda mexicana), outros cancões(Liverpool).. Nós também podemos.😁
Bora lá, gente boa!.
Bora lá Sporting.!.✌️

P. S..Desculpe o comentário "off-shore". LOOOOOOLL!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2019 às 15:27

Numa próxima oportunidade Carlos. Tomei nota.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2019 às 15:28

P:S.. Tem um link específico?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2019 às 16:12

Ok Carlos, tomei nota da informação. Obrigado. Fica para um dia de semana.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.10.2019 às 17:51

Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 27.10.2019 às 19:20

Baby Shark ??? lolol

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo