Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O plano do Sporting para Janeiro

Rui Gomes, em 04.11.20

img_920x518$2020_11_04_03_06_00_1774888.jpg

A liderança do campeonato é um assunto que está a ser gerido de forma muito atenta em Alvalade. Publicamente nenhum responsável leonino irá mudar de estratégia e colocar o Sporting CP como um dos principais concorrentes ao título, mas a situação está a ser devidamente acompanhada e se em Janeiro Rúben Amorim mostrar que tem condições para concorrer com Benfica e FC Porto irá receber reforços que lhe permitam atacar a segunda metade da época com mais soluções.

As duas posições a reforçar estão há muito identificadas, o técnico gostava de ter à sua disposição mais um avançado e um central, um desejo que a SAD não conseguiu satisfazer no mercado de verão devido aos constrangimentos financeiros. A situação alterou-se nas últimas semanas com as saídas de Wendel e Vietto já com as inscrições fechadas e sem possibilidade de contratar novos jogadores. Certo é que estas vendas asseguraram alguma reserva de capital que poderá ser cirurgicamente investida em Janeiro caso os leões estejam no topo da tabela e em condições de assegurarem o apuramento directo para a Champions...ou até algo mais.

Perfis escolhidos

Rúben Amorim sabe exactamente o que quer, e passou essa informação a Hugo Viana que já começou a fazer os primeiros contactos de forma a elaborar uma lista de potenciais reforços que possa ser posteriormente discutida pela cúpula leonina.

A prioridade ofensiva é encontrar um clone de Paulinho que não seja naturalmente o avançado do SC Braga. Além de o jogador estar inflacionado, a SAD não pretende realizar negócios com o SC Braga nos tempos mais próximos e, desta forma, o objectivo passa por encontrar no estrangeiro um atacante com características semelhantes que possa encaixar rapidamente no esquema táctico.

Já em relação ao central o objectivo é contratar um defesa que consiga sair a jogar com a mesma facilidade com que Mathieu o fazia. Actualmente, o defesa leonino que melhor se enquadra neste perfil é Eduardo Quaresma que fruto das lesões sofridas até perdeu a titularidade para Neto.

A estratégia está definida e o rendimento da equipa será agora decisivo para o assalto ao mercado em Janeiro.

Esforço para segurar as pérolas

A estratégia dos dirigentes para reforçar a equipa também passa por fazer um esforço adicional e segurar as principais pérolas, uma situação que só não se verificará caso surja uma proposta irrecusável em Alvalade. Neste momento, Nuno Mendes é o jogador mais cobiçado na equipa, mas há outros elementos que estão em clara valorização, e o desejo da SAD passa por rentabilizar estes activos por valores mais elevados no final da temporada. Recorde-se que no ano passado o Sporting CP foi ‘obrigado’ a vender Bruno Fernandes em Janeiro para equilibrar as contas. Esta necessidade, actualmente, não se verifica.

Dispensados ficam à espera de saída

A reabertura do mercado também permitirá aos responsáveis leoninos procurarem novas soluções para elementos que não entram nas contas de Rúben Amorim, e estão a treinar com a equipa B. Neste lote encontram-se nomes como Rafael Camacho, Ristovski, Tiago Ilori e Bruno Gaspar, que auferem vencimentos muito elevados. Luiz Phellype também já está recuperado e, caso surja uma boa oportunidade, poderá sair.

Crónica de João Soares Ribeiro e Vítor Almeida Gonçalves em Record

Nota: Teremos de ver a produção ofensiva da equipa até Janeiro, mas salvo haver uma muito óbvia necessidade neste sentido, continuo a insistir que o único reforço para Janeiro deve ser um central com qualidades acima da média. Para o efeito, vai ser necessário um investimento substancial, possivelmente tanto como dez milhões de euros, a julgar pelos valores que vieram a público no mercado do Verão.

Por outro lado, o cenário ideal seria Eduardo Quaresma estar à altura do desafio, o que evitaria o referido investimento. Ele vem de uma lesão que sofreu na Selecção sub-20 e não estará com o ritmo de jogo ideal. Não sei se entretanto vão surgir oportunidades nos próximos jogos para lhe conceder alguns minutos. Não o vejo substituir Luís Neto - um argumento muito em voga - de um dia para o outro.

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De João Tavares a 04.11.2020 às 16:17

Alguém saberá explicar o porquê de Luiz Phellype não entrar nas opções? só agora estará recuperado? Ou será por outras questões? É que à falta de outras opções, parece-me que poderia ser válida, sobretudo quando for necessário optar pelos chuveirinhos para a grande área...
Pergunto isto mas sem qualquer sentido crítico, é que não se tem ouvido falar dele.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.11.2020 às 16:47

O Luiz Phellype sofreu uma grave lesão e embora já esteja a treinar ainda não está apto a competir.

Quando chegar à altura própria, terão de fazer uma decisão sobre o seu futuro, que, para já, não é claro.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 05.11.2020 às 01:08

Imagem de perfil

De Leão do Norte a 04.11.2020 às 17:23

Há que ter alguma prudência com o mercado do janeiro. Não é um mercado tão aberto como o habitual entre épocas, nem é tão facil encontrar bons jogadores para negociar. A época está em andamento, as equipas estão estruturadas e os clubes têm alguma relutância em negociar os bons jogadores, salvo por necessidades económicas ou de inadaptação/excedente de jogadores. Não digo que não se possam realizar bons negócios (vide Sporting época 99/00), mas o esforço para o conseguir e o risco são maiores.
Sem dúvida que se se verificar essa necessidade há que tentar, mas não depositar excessivas ilusões, pois o jogador necessário (sabendo nós o específico que Rúben Amorim é na escolha) pode não estar disponível, apesar de haver capacidade financeira para ele.
Porventura fora do mercado europeu encontraremos mais disponibilidade negocial, mas aí entramos noutro nível de risco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.11.2020 às 17:59

Tem razão quanto às características do mercado de Janeiro.

No que ao Sporting diz respeito, nós naturalmente falamos no assunto agora mas, na realidade, é ainda muito prematuro, porque tudo vai depender da performance da equipa até lá.

Para já, e corro o risco de me tornar excessivamente repetitivo, não hesitaria quanto ao tal central que já referi várias vezes. Isso, ou persuadir o Mathieu a regressar (digo isto com algum humor).

Eduardo Quaresma e Gonçalo Inácio poderão muito bem ser o nosso futuro, mas acho que precisam de crescer sem a pressão do tudo ou nada neste momento. Isto, salvo haver uma lesão, cenário que não desejamos, naturalmente.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 04.11.2020 às 18:18

É claro Rui, que nós Sportinguistas (especialmente aqui no blogue) podemos e devemos falar no tema, até porque a questão do central tem sido pertinente.
A minha referência foi no sentido de lançar tópicos para a discussão e não para a limitar.
E independente do rendimento da equipa eu apostaria no tal central de qualidade. Para além de ser uma necessidade objectiva, seria também uma forma de promover um crescimento sustentado dos "miúdos".
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 04.11.2020 às 19:39

Podemos ser exigentes nas aquisiçoes de um central e de um avançado ate certo ponto , se procurarmos a perfeiçao ela nao existe e quanto maior for a qualidade dos alvos mais ficam fora do alcance do que podemos pagar, nao so pela compra mas tambem pelo vencimento dos jogadores .

Temos que ser simples e procurar ser certeiros ;
um central rapido com experiencia que saiba sair a jogar e bom jogo aereo punto,
um avançado que seja agressivo , tenha capacidade de esconder a bola , feeling para o golo e que tenha tambem jogo aereo punto .

Gosto por exemplo do tipo de avançado como o Hondoreño Elis que joga no Boavista um autentico rafeiro é disso que necessitamos , a epoca é loga e em breve irà começar a dança dos castigos pelos amarelos aparte que estamos no inicio das chuvas que tornarào os campos pesados .
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 04.11.2020 às 17:37

Apesar do artigo ser meramente especulativo, faz sentido. Concordo com o Rui na necessidade de reforçar em primeiro lugar a defesa, mas penso que mais uma opção atacante fazia falta. Veremos também como Luiz Phellype se integra neste sistema, quem sabe se não poderá estar aí a solução ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.11.2020 às 18:03

Eu acho que já temos homens golo suficientes. Hoje em dia, nenhuma boa equipa depende apenas de um ponta de lança goleador, até porque há muito poucos.

Luiz Phellype é uma incógnita nesta altura. Precisa de ganhar ritmo e logo veremos se se vai enquadrar na equipa, nem que seja a sair do banco.

Creio, no entanto, que se surgir uma boa oferta a SAD não hesitará.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 04.11.2020 às 18:25

De acordo, mas que boa proposta poderá aparecer por um jogador que esteve um ano parado e cujo valor de mercado não é por aí alem ? Essa parte é que duvido muito
Imagem de perfil

De Greenlight a 04.11.2020 às 18:27

De acordo com o post, a estrutura do Sporting procurará um clone de Paulinho do Braga. Não sigo todos os jogos desse clube mas, do que tenho visto, não consigo perceber tanta afficion pelo citado jogador. Paulinho por Paulinho e embora noutra posição, gosto mais do jogador do Boavista que fez um jogão contra a super equipa do Mestre.
Enfim, espero que encontrem o tal clone e se esqueçam, de uma vez por todas, do original.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 04.11.2020 às 18:51

Greenlight,
Também gosto bastante desse jogador, que curiosamente já jogou no Sporting (B e S23), emprestado pelo Fluminense, e que na altura me chamou à atenção pela positiva. Não exercemos a opção de compra e ele foi parar ao Boavista.
Desde essa altura que tenho seguido o seu trajecto desportivo e só tem confirmado o que de bom tinha visto nele.
Sem imagem de perfil

De Greenhill a 05.11.2020 às 01:21

Não concordo com a frase de Quaresma não tirar o lugar a Neto. Só não tira porque fizeram dele capitão! Porque em termos de percepção das jogadas e rapidez de actuação o Quaresma dá de goleada ao Neto! Pessoalmente nunca gostei de jogadores que correm com os pés de lado... São lentos e trapalhões.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2020 às 01:37

Será por isso que o Luís Neto já joga ao mais alto nível há 14 anos e conta com 19 internacionalizações pela Selecção A.

O contexto do caso não é bem esse de Quaresma tirar ou não o lugar a Neto.
Sem imagem de perfil

De Luís Silva a 05.11.2020 às 09:55

Acho que era uma boa opção olhar para vários jogadores do Boavista, e fazer uma observação até Janeiro para ter mais certezas acerca dos mesmo. Alguns fizeram um grande no jogo com o Benfica, e se são capazes daquilo que fizeram nesse jogo, é obervá-los para ver se mantêm a consistência ou se foi um jogo do acaso.
Concerteza seriam boas opções na relação qualidade/preço.
Na minha opinião, pelo menos 2 ou 3 jogadores são interessantes, e tanto no ataque como na defesa até.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo