Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O plano do Sporting para Janeiro

Rui Gomes, em 04.11.20

img_920x518$2020_11_04_03_06_00_1774888.jpg

A liderança do campeonato é um assunto que está a ser gerido de forma muito atenta em Alvalade. Publicamente nenhum responsável leonino irá mudar de estratégia e colocar o Sporting CP como um dos principais concorrentes ao título, mas a situação está a ser devidamente acompanhada e se em Janeiro Rúben Amorim mostrar que tem condições para concorrer com Benfica e FC Porto irá receber reforços que lhe permitam atacar a segunda metade da época com mais soluções.

As duas posições a reforçar estão há muito identificadas, o técnico gostava de ter à sua disposição mais um avançado e um central, um desejo que a SAD não conseguiu satisfazer no mercado de verão devido aos constrangimentos financeiros. A situação alterou-se nas últimas semanas com as saídas de Wendel e Vietto já com as inscrições fechadas e sem possibilidade de contratar novos jogadores. Certo é que estas vendas asseguraram alguma reserva de capital que poderá ser cirurgicamente investida em Janeiro caso os leões estejam no topo da tabela e em condições de assegurarem o apuramento directo para a Champions...ou até algo mais.

Perfis escolhidos

Rúben Amorim sabe exactamente o que quer, e passou essa informação a Hugo Viana que já começou a fazer os primeiros contactos de forma a elaborar uma lista de potenciais reforços que possa ser posteriormente discutida pela cúpula leonina.

A prioridade ofensiva é encontrar um clone de Paulinho que não seja naturalmente o avançado do SC Braga. Além de o jogador estar inflacionado, a SAD não pretende realizar negócios com o SC Braga nos tempos mais próximos e, desta forma, o objectivo passa por encontrar no estrangeiro um atacante com características semelhantes que possa encaixar rapidamente no esquema táctico.

Já em relação ao central o objectivo é contratar um defesa que consiga sair a jogar com a mesma facilidade com que Mathieu o fazia. Actualmente, o defesa leonino que melhor se enquadra neste perfil é Eduardo Quaresma que fruto das lesões sofridas até perdeu a titularidade para Neto.

A estratégia está definida e o rendimento da equipa será agora decisivo para o assalto ao mercado em Janeiro.

Esforço para segurar as pérolas

A estratégia dos dirigentes para reforçar a equipa também passa por fazer um esforço adicional e segurar as principais pérolas, uma situação que só não se verificará caso surja uma proposta irrecusável em Alvalade. Neste momento, Nuno Mendes é o jogador mais cobiçado na equipa, mas há outros elementos que estão em clara valorização, e o desejo da SAD passa por rentabilizar estes activos por valores mais elevados no final da temporada. Recorde-se que no ano passado o Sporting CP foi ‘obrigado’ a vender Bruno Fernandes em Janeiro para equilibrar as contas. Esta necessidade, actualmente, não se verifica.

Dispensados ficam à espera de saída

A reabertura do mercado também permitirá aos responsáveis leoninos procurarem novas soluções para elementos que não entram nas contas de Rúben Amorim, e estão a treinar com a equipa B. Neste lote encontram-se nomes como Rafael Camacho, Ristovski, Tiago Ilori e Bruno Gaspar, que auferem vencimentos muito elevados. Luiz Phellype também já está recuperado e, caso surja uma boa oportunidade, poderá sair.

Crónica de João Soares Ribeiro e Vítor Almeida Gonçalves em Record

Nota: Teremos de ver a produção ofensiva da equipa até Janeiro, mas salvo haver uma muito óbvia necessidade neste sentido, continuo a insistir que o único reforço para Janeiro deve ser um central com qualidades acima da média. Para o efeito, vai ser necessário um investimento substancial, possivelmente tanto como dez milhões de euros, a julgar pelos valores que vieram a público no mercado do Verão.

Por outro lado, o cenário ideal seria Eduardo Quaresma estar à altura do desafio, o que evitaria o referido investimento. Ele vem de uma lesão que sofreu na Selecção sub-20 e não estará com o ritmo de jogo ideal. Não sei se entretanto vão surgir oportunidades nos próximos jogos para lhe conceder alguns minutos. Não o vejo substituir Luís Neto - um argumento muito em voga - de um dia para o outro.

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.11.2020 às 18:03

Eu acho que já temos homens golo suficientes. Hoje em dia, nenhuma boa equipa depende apenas de um ponta de lança goleador, até porque há muito poucos.

Luiz Phellype é uma incógnita nesta altura. Precisa de ganhar ritmo e logo veremos se se vai enquadrar na equipa, nem que seja a sair do banco.

Creio, no entanto, que se surgir uma boa oferta a SAD não hesitará.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 04.11.2020 às 18:25

De acordo, mas que boa proposta poderá aparecer por um jogador que esteve um ano parado e cujo valor de mercado não é por aí alem ? Essa parte é que duvido muito

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo