Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O que dizem eles

Rui Gomes, em 24.12.15

 

12308398_1073962159304718_2208558800285547632_n.jp

 

Jorge Pereira é o actual director-desportivo do Recreativo da Caála, mas exerceu essa função tanto no Vitória de Setúbal como na União de Leiria, enquanto Jorge Jesus era o treinador desses emblemas. Em Portugal, também trabalhou no Sporting de Espinho, Felgueiras e Paços de Ferreira.

 

Assente na sua associação de quatro com Jorge Jesus, Jorge Pereira, em entrevista à Rádio Renascença, expressa a sua opinião sobre o actual treinador do Sporting:

 

Métodos de trabalho

 

«Explica tudo ao detalhe a todos os jogadores. Espero que quem dirige o Sporting não estrague o seu trabalho. Tenho a certeza que vai fazer história no Sporting.»

 

Surpresa táctica no Sporting-FC Porto?

 

«Partilhei com ele a surpresa de David Luiz a defesa esquerdo no jogo com o FC Porto em 2010-2011. Ele admitiu que errou mas não deixa de ser um dos melhores do mundo tacticamente. Acho que vai surpreender no clássico.»

 

A conquista do título

 

«O FC Porto se não conseguir chegar ao título é pelos erros de palmatória de Lopetegui. Mas elogie-se a postura de Pinto da Costa que é um homem de convicções e defende os treinadores, dando-lhes confiança. O Benfica vai conquistar títulos com o novo modelo mas ainda não vai ser esta época. No entanto, o Sporting é mais candidato com Jorge Jesus.»

 

Sobre o jovem Gelson do 1.º de Agosto

 

«É rápido e tem parecenças com Gelson Martins que actua no Sporting. Vai ter um enorme potencial nas mãos de Jorge Jesus. Angola é uma mina. A cultura táctica é a lacuna do futebolista africano. Quando houver uma aposta forte na formação nascerão nomes de enorme qualidade.»

 

Sobre o Girabola

 

«O meu presidente, Horácio Mosquito fez estremecer o edifício do futebol angolano com a denúncia de casos de corrupção na arbitragem. Hoje o Girabola está mais credibilizado.»

 

A sua carreira

 

«Fui empurrado para o estrangeiro. Não frequento lóbis. Se optasse por outras vias teria ficado cá e até poderia ter chegado a um grande, ao Sporting, no tempo de Miguel Ribeiro Teles. Merecia por todo o meu percurso mas não choro por leite derramado. Valeu a pena ter ido para Angola. Não me sinto terminado. O meu mundo é o futebol. No dia que deixar o futebol morro por falta de ar. Gostaria um dia de regressar a Portugal se surgisse um projecto sedutor, e acredito que o presidente do Recreativo da Caála era capaz de me libertar para não me cortar as pernas.»

 

publicado às 05:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo