Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que dizem eles

Rui Gomes, em 14.04.16

 

1431183363_extras_noticia_foton_7_0.jpg

 

Pep Guardiola - treinador do Bayern Munique - em breve entrevista após o jogo da Luz, foi instado a comentar a qualidade de jogadores portugueses e a possibilidade de uma investida (do Manchester City) no mercado português:

«Os jogadores do futebol português são muito caros. Há vários anos, desde o Figo - um grande amigo - que tem grandes jogadores, mas é um mercado caro.»

 

Fica no ar se optou por uma resposta "politicamente correcta" ou se de facto considera o mercado português fora do alcance, mesmo para os milionários do City, clube que irá comandar na próxima época. É caso para considerar, a exemplo da política do Sporting, se as usuais cláusulas "copy paste" de 45 e 60 milhões de euros, desmotivam potenciais compradores.

 

publicado às 04:55

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 14.04.2016 às 11:51

O que o Guardiola quer dizer e que eu concordo é que os jogador dos Grandes em Portugal são excessivamente caros comparativamente com jogadores de campeonatos equivalentes, como por exemplo Itália ou França.

Se observarmos o valor das vendas, por exemplo o lateral Danilo do Porto foi vendido por 30M. Quantas ligas conseguem vender laterais por este valor? neste aspecto, considero alguns valores praticados em Portugal como especulação, resultado do trabalhos dos empresários e respectivas comissões.

Temos ainda de considerar a mentalidade alemã, que coloca acima de tudo a sustentabilidade financeira (por exemplo o Bayern antecipou o pagamento do seu novo estádio, e por exemplo este ano praticamente não contratou ninguém, mas poderíamos usar o Dortmund ou outro qualquer clube alemão como exemplo). Dito isto, a mentalidade alemã não é muito dos esquemas e comissões, coisa que em Portugal prolifera ao género de cogumelos... havendo gente em Portugal que dizem que é inevitável e que é benéfico para o nosso futebol, o controlo dos empresários sobre os clubes.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds