Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que hoje é verdade amanhã é mentira

Naçao Valente, em 15.08.16

 

ng7460566.jpg

A chamada Silly Season é fértil em "compra e venda" de jogadores. Na comunicação social, todos os dias se anunciam as mais desvairadas transferências. Algumas concretizam-se, a maioria não. Sem fazer uma análise muito rigorosa, mais de noventa por cento não passa de especulação. O facto é que essas notícias, alimentam jornais e programas de desporto televisivo durante horas e horas. É o "lumpen" marginal que vive da indústria do futebol.

 

A anunciada venda de João Mário é mais um capítulo da novela das transferências garantidas por uns, e desmentida por outros. Já foi, vendido e revendido muitas vezes. Consta nesses “mentideros” que está negociado com o Inter de Milão. A ser verdade a sua venda, ou ao que agora se diz o seu empréstimo, será o primeiro grande negócio de um clube que tem dito que não está vendedor. Nada a que não estejamos habituados no mundo do futebol. Parafraseando Pimenta Machado “o que hoje é verdade amanhã é mentira”.


Mas a saída de João Mário do Sporting, que tem estado na ordem do dia, e que já originou aceso debate aqui no Camarote, leva-me a fazer, para além da especulação inerente, algumas considerações, sobre as razões da sua eventual mudança, assim como do mérito da mais valia que daí resultará para o clube. Num país como Portugal e num clube como o Sporting, a formação e a rentabilização de activos é uma forma normal de conseguir receitas. Ponto. A oferta de valores acima de trinta milhões, é um valor muito alto para a realidade dos nossos clubes para poder ser recusada, mau grado as cláusulas  de rescisão estratosféricas. Portanto, a conversa do Sporting não ser vendedor é música para adormecer papalvos. Além disso, não se pode deixar de considerar a vontade do jogador, assim como a evolução da sua carreira.


Outra questão que divide os adeptos é a discussão sobre a quem se devem entregar os louros do provável negócio. Esses louros, como tenho visto escrito pelos indefectíveis da infalível Presidência BdC, não se devem, especificamente, a esta como a qualquer outra Direcção. Devem-se a todas, desde a que captou o jogador, até à actual que fez a previsível venda, passando por aquelas que fizeram a sua formação. E aqui se incluem “olheiros”,dirigentes técnicos. Muita gente, incluindo, croquetes ou pastéis de bacalhau. Foi graças a este longo processo, que o atleta, desenvolvendo capacidades intrínsecas, se tornou naquilo que hoje é. Em suma não é "produto espontâneo" de quem chegou agora ao clube. Para bom entendedor.


Do mesmo modo, o seu valor não se deve aos bonitos olhos deste ou daquele dirigente. O seu preço é-lhe atribuído pelo mercado, em função das suas prestações. E se vale cinquenta milhões é porque há quem ache que faz bom investimento ao comprá-lo por esse dinheiro. Não há nenhum dirigente por mais iluminado que seja a quem se possa dar a exclusividade deste possível bom negócio. É um negócio do Sporting Clube de Portugal e quem o fizer em sua representação, não faz mais que a sua obrigação. É para isso que são pagos.

 

publicado às 04:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


21 comentários

Sem imagem de perfil

De Implacável a 14.08.2016 às 19:14

Só os papalvos é que não conseguem interpretar a mensagem enviada pela direcção do SCP ao afirmar que o clube não está vendedor.
Para bom entendedor, isso significa tão somente "aqui não há saldos".
O assumir da necessidade em realizar dinheiro desvaloriza imediatamente os atletas, logo, por muito desesperado que um clube esteja em vender, só um BURRO não faz o que BdC fez - até clubes acabados de descer de divisão adoptam esse discurso no sentido de manter os seus activos em alta mas, por ter sido BdC a faze-lo, lá estão outra vez o Carmo e a Trindade a abanar...
A mim pouco me interessa quem tem mérito nesta hipotética venda. A mim, não me causa qualquer problema que BdC venha reivindicar louros na valorização do atleta, embora preferisse que não o fizesse. A mim, causa-me um profundo desgosto vender Moutinho ao fcp, ficar em 7º e ganhar 2 campeonatos em mais de 30 anos...
Para mim, nada nem ninguém esteve, está ou estará acima do Sporting Clube de Portugal...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 20:46

Implacável, completamente de acordo. Para mim também ninguém está acima do Sporting Clube de Portugal. O problema é haver quem pretenda estar. Em relação a outras questões que aborda são interpretações legítimas e que como tal não adianta, na minha perspetiva, discutir. Cada um com a sua.
Sem imagem de perfil

De Passaleão a 14.08.2016 às 19:31

A prova cabal de que a venda do passe do João Mário é obra de várias direcções é o facto de a actual direcção estar a vender apenas 75% do dito por 30 milhões, visto que anterior já tinha vendido 25% por 400 mil. Há que repartir o mérito com quem o tem.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 20:55

Passaleão, a sua abordagem não me surpreende. Apenas lhe faço uma pequena correcção em forma interrogativa. Quando essa percentagem do passe foi vendida onde jogava João Mário e quem o conhecia? Se alguém lhe entregar um diamante lapidado para vender não dá valor a quem o ajudou a lapidar? Ou o mérito pertence apenas ao vendedor?
SL
Sem imagem de perfil

De FCS a 14.08.2016 às 23:21

Ninguém pode ter a certeza. Agora sabendo isso? Qual é a atitude prudente?

E para quem se esquece rapidamente, convém lembrar que não foi só o passe do João Mário a ser vendido ao preço da chuva. Infelizmente era a regra.

Pelo menos aqui reconhecer algum mérito à Direcção actual. Que eu saiba ainda não foi preciso vender percentagens de juniores para pagar salários.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 23:51

Não tiro nenhum mérito à direcção pela eventual venda de João Mário. Mas há quem queira dar-lhe o mérito todo. Essa é a diferença.
SL
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 14.08.2016 às 19:35

Excelente post

Concordo exactamente com tudo

"Outra questão que divide os adeptos é a discussão sobre a quem se devem entregar os louros do provável negócio."

Ao João Mário e ao Sporting. Ponto. E não há necessidade nenhuma de ir mais além
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 21:04

J. Pinto, de acordo e grato pelo comentário. E não iria além disso, se não houvesse quem pretenda atribuir os louros apenas a esta direcção. E não me refiro a ninguém da mesma.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.08.2016 às 21:22

Caro Nação Valente,

A verdade que descreve hoje, no seu excelente post, continuará a ser verdade, amanhã, para... bons entendedores.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 22:13

Caro Rui Gomes,
Percebi. Há verdades que são evidentes e imutáveis. Pena é que haja quem não as vislumbre ou não queira vislumbrar. Maus entendedores?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.08.2016 às 22:17

Fazem-se se de...
Sem imagem de perfil

De smoker a 14.08.2016 às 22:21

1."Mas a saída de João Mário do Sporting, que tem estado na ordem do dia, e que já originou aceso debate aqui no Camarote, leva-me a fazer, para além da especulação..." Todos sabemos que são especulações. Mas é óptimo especular em cima de especulações.

Questão: Alguém da Direcção do SCP ou o jogador já disseram que estavam a negociar?
Questão: O seu valor já não foi fixado com a assinatura do contrato?

2."Outra questão que divide os adeptos é a discussão sobre a quem se devem entregar os louros..."

Divide os adeptos!! Eu não estou dividido.

Questão: o NV está divido com quê? ou com quem? ou de quê? ou porquê?
Questão: Estando o seu valor já fixado com a assinatura do contrato quem é que irá negociar a fixação do valor de uma eventual venda? Serei eu ? Será o NV?
Questão: Depois de eventual venda de quem é a responsabilidade ou os louros?

SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 23:25

Smoker,
Sobre especulações, divisões e outras confusões, remeto-o para outros posts e respectivos comentários sobre o assunto publicados no Camarote. Eu não estou dividido. Limito-me a observar a divisão. A título de exemplo, já vi aqui no blog uma discussão sobre as vantagens financeiras de um hipotético empréstimo versus venda. Em relação aos louros são, como já escrevi, do jogador e do SCP. Mas há quem não entenda assim.
SL
Sem imagem de perfil

De DKaras a 14.08.2016 às 22:39

A diferença, neste caso, é que já se tinha vendido o jogador por 20M (se ainda houvesse percentagem do passe para vender) com essa conversa de que "tem de se vender porque somos pobrezinhos"
A mudança de mentalidade garante mais do dobro da receita. Só isso
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.08.2016 às 23:35

DKaras,
É lógico que a venda de um atleta de topo depende de necessidades financeiras imediatas ou não, sem esquecer a sua vontade. A "mudança de mentalidade" depende das circunstâncias, como não haver dinheiro disponível. Não há mentalidade de bons ou maus vendedores.
SL
Sem imagem de perfil

De DKaras a 15.08.2016 às 00:37

Os três grandes têm TODOS necessidades financeiras. Estão TODOS endividados (ultrapassaram juntos 1000 milhões de dívida). Porto e Benfica estão fartos de vender jogadores acima dos 25M e o Sporting, apesar de ter tido jogadores excelentes, não o tem feito.
Para o começar a fazer a primeira coisa a fazer é mudar de mentalidade e deixar de contentarmo-nos com vendas "pequeninas" de jogadores de topo.

Mas há situações para mim incompreensíveis, como as do André Martis e, pelo que se fala, da do Aquilani. O Sporting não receber dinheiro nenhum destes jogadores não se compreende
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.08.2016 às 08:57

100% de acordo.

O primeiro passo é ser capaz de vender os melhores jogadores por mais de 30M.

O Nação Valente esquece que esta venda, a acontecer, pulveriza o recorde de transferências do Sporting clube de Portugal. Mas essa reflexão não lhe interessa fazer.

Mau é os jogadores "dispensados" saírem muitas vezes a custo zero ou apenas com mais valias futuras. Um clube como o Sporting deveria ser capaz de fazer encaixes com os jogadores que dispensa (Shikabala ou Sarr foram exemplos razoáveis, mas infelizmente excepções).
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.08.2016 às 17:30

Os grandes jogadores de topo e com mercado internacional que foram formados e vendidos pelo Sporting são, se não me atraiçoa a memória, Figo, Simão, Quaresma, Ronaldo, Nani, Moutinho. Excluindo Moutinho cuja saída teve contornos muito específicos, os outros foram vendidos de acordo com as circunstâncias existentes na época. Nem se pagavam os valores que hoje se pagam nem a sua valorização tinha atingido o top. Veja-se o caso de Ronaldo um atleta que ainda estava na fase de formação. Salvo erro tinha 18 anos. Portanto e independentemente de boas ou más negociações, casos acontecidos em contextos diferentes não se podem generalizar. Penso eu.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.08.2016 às 17:43

Revisionismo histórico é perigoso, caro NV.

Figo saiu do Sporting por tuta e meia! Penso que se o Sporting recebeu umas migalhas de compensacao já foi muito. Reveja lá isso.

Quaresma idem aspas. Ronaldo? Ronaldo?? Com os seus 18 anos era melhor do que 3 Renatos Sanches juntos! A sua venda por míseros 15M€ é, ainda hoje, unanimemente considerada um dos maiores erros de transferencias do futebol portugues. A título de comparacao na (pobre) realidade do Sporting, Ronaldo valeu quase tanto em 2003 como Duscher em 2000 ou Simao em 1999. 10 anos mais tarde, por Bruma pagou-se quase tanto como por Ronaldo em 2003. Nao tentemos branquear isso - nem esquecer as circunstancias de PESSIMO planeamento que levaram à venda do melhor jogador portugues de todos os tempos por amendoins...

O único jogador desse rol transferido por um valor favorável ao clube foi Nani.

E diz algo sobre a capacidade do Sporting de há uma década para cá que uma venda feita há quase 10 anos (Nani, 25,5M) permaneca como o recorde incontestado de transferencias do clube.

Isto nao sao "contextos". Sao factos.

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.08.2016 às 18:27

Os factos existem sempre em função de contextos, caro Petinga. Nenhum facto é bacteriologicamente puro, nem independente da realidade . E esta, nos tempos que correm, muda muito depressa. As más vendas de Figo ou Ronaldo não podem ser desenquadradas das circunstâncias em que foram feitas. A explicação para terem acontecido assim e não de outra forma só é possível analisá-la considerando todas as variantes implicadas. E não é este o espaço adequado. Mas de forma simplista apenas posso acrescentar que na evolução do mundo e especificamente no mundo do futebol, 1o anos é muito tempo. Portanto, e com todo o respeito pela sua opinião, não vou fazer a discussão nos moldes em que a coloca. Não seria sério.
SL
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.08.2016 às 07:25

Aprecio a resposta muito correcta e educada e aproveito para pedir desculpa caso tenha sido demasiado agressivo.
Joao Mário só pode valer 40 ou 45M de euros por 3 razoes:

1. Tem contrato por muitos anos para além do presente. Ou seja, o Sporting nao está pressionado para realizar um encaixe agora sob pena de perder o jogador a custo zero.

2. Tem cláusula de rescisao elevada e o clube vai fazendo saber por todos os canais de informacao que "nao está vendedor"; ao contrário da sua opiniao, eu tomo esta afirmacao como uma posicao negocial muito importante e avisada

3. É campeao europeu de seleccoes

Está de acordo neste ponto ao menos? Consegue comparar estas circunstancias com as que levaram à saída de Ronaldo ou Figo, para citar os dois exemplos mais vistosos?

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo