Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




3204-934x.jpg

O Movimento Salvar o Sporting revelou, esta quinta-feira, que vai pedir a destituição da Mesa da Assembleia Geral (MAG) e do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) do Clube por alegadas violações aos estatutos e regulamentos.

O movimento, protagonizado por um conjunto de sócios (?), acusa o presidente da MAG, Rogério Alves, de não cumprir as normas apenas por as considerar absurdas, as quais foram aprovadas por mais de 75 por cento dos sócios em Assembleia Geral, e ainda de subverter as assembleias deliberativas, colocando a discussão dos vários pontos como um mero acto decorativo, numa autêntica falta de respeito por quem pretende confrontar os responsáveis directivos com questões.

"Um conjunto de sócios entregou um requerimento a ser submetido à Assembleia de quinta-feira, que foi recusado pela Mesa, mesmo cumprindo todos os preceitos legais. Foi o senhor presidente da MAG quem levou a que os ânimos se exaltassem. As violações dos estatutos e regulamentos são acções demasiado graves e que num passado recente levou à expulsão de sócios.

Assim, informamos os sócios do Sporting CP que iniciámos o processo legal com vista à destituição do presidente da Mesa da Assembleia Geral e, como não houve por parte do restante órgão nenhuma condenatória das acções do seu presidente, essa destituição é extensível a toda a Mesa da Assembleia Geral", disse Soraya de Amorim, porta voz do movimento, que se apresentou aos jornalistas na Rotunda do Leão, junto ao Pavilhão João Rocha.

Por outro lado, este conjunto de sócios (?) considera que o CFD violou um compromisso eleitoral da candidatura 'Unir o Sporting' com a abertura de processos disciplinares contra associados que se manifestaram contra os órgãos sociais durante a AG de 10 de Outubro.

"Não manifestamos apoio algum aos insultos de registo, no entanto, consideramos que a actuação do presidente (Frederico Varandas) foi tanto ou mais grave a provocar os associados, sem que tenha sido feito um reparo por parte dos restantes elementos dos órgãos sociais. Foi criado pelo CFD um clima de medo e no Sporting não pode haver medo com a ameaça de expulsão de sócios", reforçou Soraya de Amorim, colocando-se o movimento à disposição dos associados que venham a ser alvo de processos disciplinares para auxílio jurídico.

O Movimento Salvar o Sporting pretende formalizar junto do CFD até ao início do mês de Novembro o pedido de destituição, devidamente fundamentado, da MAG, e do próprio órgão fiscal e disciplinar, remetendo para mais tarde outros procedimentos em função da decisão que vier a ser tomada pelo CFD.

Reportagem da Lusa

publicado às 04:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds