Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

1415837518809_Image_galleryImage_Eric_Dier_of_Engl

 

Eric Dier tem o Sporting no coração e puxa do orgulho de ter representado o emblema de Alvalade quando recorda a enorme influência que o mesmo teve na sua afirmação como profissional, hoje ao serviço dos ingleses do Tottenham e respectiva selecção nacional.

 

Jesualdo Ferreira, treinador em 2013, que apostou em Dier como médio-defensivo, recebe hoje o crédito: "Teve uma grande fé em mim para jogar nessa posição. Foi um momento determinante para mim quando joguei a médio-defensivo frente ao FC Porto".

 

O actual médio do Tottenham criou 18 oportunidades de golo em 37 jogos na Premier League da última temporada, denotando uma eficácia no passe de 83% e, no remate, de 33%, dados que se juntam aos oito dribles, 84 cabeceamentos ganhos e 64 recuperações de bola, que levaram o seleccionador nacional Roy Hodgson a chamá-lo para o Europeu.

 

"Cresci em Portugal. Não penso que o seu futebol seja agressivo, é mais uma questão de inteligência. Há muitas equipas europeias que têm essa inteligência de jogo, mais do que a agressividade, e nós também temos de ser um bocado assim. Em Portugal, tive um crescimento fantástico e o Sporting deu-me todas as condições para crescer e aprender a jogar futebol. Não estaria aqui [na selecção inglesa] se não fosse pelo que aprendi com eles."

 

publicado às 13:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De m1950 a 29.05.2016 às 14:12

Excelente declaração de alguém que mostra gratidão e acima de tudo que foi bem formado enquanto homem, nunca se cansa de mostrar o seu sportinguismo apesar de não ter saído da melhor maneira do clube. É um exemplo que muitos deviam seguir.

Lamentei que não tivesse sido campeão já que o Tottenham praticou um futebol de topo. Alguma juventude e imaturidade terá pesado nos momentos de decisão.
Sem imagem de perfil

De André a 29.05.2016 às 15:04

Subscrevo totalmente.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 29.05.2016 às 23:31

Aplauso grande e longo... Eric.
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 30.05.2016 às 02:48

mais uma a aplaudir!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo