Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Screenshot (1354).png

Considerações de Rúben Amorim, em síntese, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Gil Vicente:

"Já passámos por esta situação, sabemos que são situações difíceis, principalmente em clubes grandes, mas já demos a volta. Já tivemos derrotas, depois vitórias seguidas, ganhámos na Liga dos Campeões, ganhámos campeonato, acima de tudo não estamos a ser consistentes nos resultados, mas, a meu ver, nas exibições temos mantido um bom nível. Se olharmos para os jogos que perdemos, no fim o resultado é injusto, mas isso vale o que vale".

"José Marsà poderá iniciar o jogo. Ele está cá para estes momentos, para ganhar um lugar na equipa principal. Está claramente preparado e fez uma excelente pré-época".

"Não podemos ficar nervosos, mas temos noção da tabela classificativa. Se durante dois anos fomos tão exigentes e considerámos a época passada escassa, temos de ter noção da situação em que estamos. Temos de encarar com normalidade, com urgência de fazer pontos, de ganhar jogos, é o nosso futuro e do clube que está em jogo".

“Temos noção completa do momento em que estamos. Os objetivos são vencer os jogos todos, é sempre esse o mesmo objectivo. No fim fazem-se as contas. A paragem não é boa quando o último jogo é uma derrota. se fosse uma vitória era um paragem bem-vinda".

"O treinador não vai estar a dizer durante dois anos que a exigência é máxima, que ficar em segundo e ganhar dois títulos é escasso e dizer agora que são épocas que acontecem. Sabemos bem da nossa responsabilidade, e principalmente da minha. Eu terei sempre a mesma ideia: se o ano passado foi escasso, este ano estamos muito atrasados naquilo que devemos fazer".

“São 11 pontos, são muitos pontos. Obviamente que estamos na sétima jornada e não vale a pena estarmos fazer contas. O ano passado começámos a fazer contas com três de atraso e senti a equipa muito ansiosa de ter de recuperar os três pontos de atraso. Não vou estar a falar em títulos ou não. O Sporting é sempre candidato a títulos. Sabemos do momento em que estamos, não vale a pena falar em títulos. No fim fazemos as contas, toda a gente vai assumir a sua responsabilidade, eu serei o primeiro a assumir, mas isto ainda não acabou, ainda há muitos pontos e títulos em disputa".

publicado às 02:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


19 comentários

Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 30.09.2022 às 09:08

São 11 pontos para um adversário, mas há mais adversários à frente. Para mim, o Sporting disse adeus ao campeonato à 2ªjornada ao perder com um fraquinho Porto, mostrando em duas jornadas muitas debilidades para quem queria ser campeão. Acredito que irá melhorar mas já não vai a tempo num campeonato onde o campeão perde poucos pontos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 17:02

O caro é um eterno negativista!!!

O Sporting "disse adeus ao campeonato à 2.ª jornada"...

A sério???

Pensa no que vai dizer antes de escrever?
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 30.09.2022 às 18:52

Perfeitamente, já o tinha dito na altura. E as jornadas seguintes têm confirmado a minha opinião. Não se trata de ser negativo ou positivo mas de ser realista.
Sem imagem de perfil

De ARSM a 30.09.2022 às 09:32

Se Marsá fez uma boa pré-época porque não entrou no Bessa em vez de Esgaio? Sei que é canhoto e ficaria o SCP a jogar com três defesas centrais canhotos, mas o Marsá tem jogado na direita da defesa na equipa B e jogou ao centro, precisamente no lugar do Coates na pré-época (em que até fez um bom jogo).
Espero que lhe corra bem o jogo e que convença o treinador e os adeptos para daqui para a frente ganhe confiança e possa ser encarado como uma boa alternativa. Marsá a central e o Esgaio a lateral/ala que é o seu lugar. O esgaio nunca pode ser central.
Boa sorte para hoje rapazes, força SCP.
Saudações leoninas
Sem imagem de perfil

De João a 30.09.2022 às 12:33

Plenamente de acordo caro ARSM, toda a gente vê/percebe isso menos o RA, o Esgaio é extremo de formação (e ainda por cima até tinha golo) não sabe nem nuca soube defender, a lateral é uma nulidade, e a central é uma calamidade.
Mas o Marsá só vai jogar porque o Porro está lesionado, senão lá íamos levar com ele outra vez a central, o RA é um excelente treinador, mas tem algumas teimosias que não lembra ao diabo (como a evidente falta de um PL que seja no plantel, já nem falo em 2, só pedia 1), quando se insiste nos mesmos erros não se é coerente, é-se burro.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 17:00

O que vale é que temos muitos e bons treinadores do teclado!
Sem imagem de perfil

De ARSM a 30.09.2022 às 10:01

Quanto ao campeonato será difícil, não só pelo atraso de 11 pontos (o que já é muito à 7ª jornada) mas porque a equipa não mostra dinâmica e força suficiente para anular essa desvantagem para 3 rivais.
Há, no entanto, ainda muito a ganhar/perder neste campeonato, pelo que o SCP tem que melhorar a sua consistência de jogo para nos confrontos diretos diminuir a desvantagem, o que não será fácil, os adversários podem jogar com dois resultados e o SCP tem que arriscar mais. Além disso, já sabemos como funciona o futebol português!
Mas têm de lutar pela melhor classificação possível, o SCP já passou mal, tem que melhorar, pode ser que os outros também passem mal duas ou três jornadas,quem sabe?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 16:59

O Sporting tem de melhorar no que diz respeito a resultados, é verdade, mas alcançar o SLB vai ser missão muito espinhosa, até porque eles já começaram com as incontornáveis beneficências nos 4 jogos que venceram por 1-0.
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 30.09.2022 às 10:50

Só um optimista incorrigível ainda acreditará no título, apesar de ainda estarmos em setembro.

11 pontos são tantos quantos o Porto perdeu no ano passado, além de que a dura realidade é que não temos plantel para sermos campeões.

Mas há muitos objetivos pelos quais lutar este ano, e por eles espero ter algumas alegrias este ano.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 16:57

O título está de facto muito longe, mas esperamos ainda ter muitas alegrias.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 30.09.2022 às 13:01

A realidade actual do Sporting é que não vale a pena estar a fazer contas. Resta "apenas" a difícil tarefa de ganhar jogos.
Com tanto para jogar e com uma paragem competitiva a meio da época o futuro pode revelar surpresas e o Sporting tem de estar preparado, fazendo a sua parte, para beneficiar dessas eventuais surpresas.
E nem tudo se esgota na conquista do título. Há outros objectivos e o pior que pode acontecer é entrar numa espiral negativa que impeça atingir qualquer objectivo.
Mais do que mudanças radicais ou soluções milagrosas esperamos que a equipa seja mais constante na produção efectiva de jogo e na consistência dos resultados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 16:56

Tem razão, mas a tarefa jogo a jogo está agora mais difícil, muito porque as equipas não candidatas vêem os resultados com o Chaves e Estoril e acreditam que também é possível para eles.

Não duvido que hoje o Gil Vicente vai entrar em campo com esse estado de espírito.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 30.09.2022 às 17:15

Os resultados negativos não só nos afectam como motivam os futuros adversários.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 17:18

Sem dúvida, mas creio que vamos dar a volta a este ciclo.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 30.09.2022 às 15:26

Não quero que me chamem pessimista ou derrotista, mas eu ficaria muito contente com o segundo lugar e o acesso à Champions. O título está entregue e com este plantel o mais provável é o terceiro lugar, ou até o quarto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2022 às 16:52

Há quem diga que o título já estava entregue mesmo antes do campeonato começar...

Aqueles 4 jogos que o SLB ganhou por 1-0, três dos quais com a benção da arbitragem, ajudam, e muito, a validar essa tese.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 30.09.2022 às 16:55

Também por aí e muito!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo