Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Sporting está canhoto

Rui Gomes, em 22.04.21

Duvido que alguma vez na história uma equipa tenha actuado com tantos canhotos ao mesmo tempo como este Sporting. Desde a entrada de Tabata e de Bragança, o Sporting actuou com oito canhotos, até à saída de Matheus Reis.

img_192x192$2015_10_09_15_30_02_1005674_im_6366771

Os canhotos são um bem inestimável no futebol, pela forma como cruzam e pela especialíssima técnica que abençoa muitos deles. Claro que na soma de oito canhotos está Adán, que, sendo canhoto, tem dois pés direitos, como se viu no segundo golo do Belenenses. Demasiados canhotos em campo tornam o jogo estranho. Quando o lado direito fica entregue a canhotos como Tabata e Gonçalo Inácio, a que, em várias situações, ainda se juntava Nuno Santos, numa anarquia táctica pouco edificante, não adianta ter Coates e Paulinho na área. Poucas bolas jogáveis lá chegarão. Com a saída de Matheus Reis e a entrada de Matheus Nunes, os canhotos continuaram em maioria, mas a anarquia táctica ficou menos grave.

O Sporting está a jogar sobre brasas. E isso compreende-se. O que não se entende tão bem é por que caíram a pique jogadores fulcrais, com João Palhinha à cabeça. Está a jogar condicionado? Então talvez seja melhor descansar e voltar o grande Palhinha, que chegou à selecção e depois ficou assim, com menos eficácia e sem intensidade. Também Pedro Porro chegou da selecção espanhola com muito menos eficácia. Agora que a equipa mais precisava deles, estes pontos altos de toda a época estão a afundar. Sem nunca brilhar continua João Mário. Dá toques e toquinhos na bola, adequando o ritmo da equipa à sua falta dele. É um jogador maravilhoso (não há razão para usar o passado), mas não está em forma há anos. Precisa de voltar a vibrar, a acreditar mais no seu futebol. Ousar passes de rutura, como só ele poderá fazer. A jogar como tem jogado, não merece a titularidade.

O Belenenses foi uma agradável surpresa pela capacidade de se desdobrar para o ataque. Mesmo com equipas de meio da tabela, a equipa de Petit tem pecado pelo encolhimento. Ontem, chegou sempre à frente com perigo e métodos simples.

Excerto da crónica de Octávio Ribeiro, em Record

NOTA: O jornalista deixou omisso um simples facto, com a sua afirmação " O Belenenses chegou sempre à frente com perigo e métodos simples": este "chegar sempre à frente com perigo" traduziu-se em 3 remates durante 90+6 minutos de jogo.

publicado às 03:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 22.04.2021 às 04:13

Tal com o no jogo com o Moreirense, o Sporting merecia de longe ter ganho o jogo, já contra o Famalicão a mesma coisa....
Nota-se algum nervosismo na equipa e depois mudar o sistema para encaixar Paulinho não sei se foi a melhor opção...
Compreende-se, tem de jogar mas o futebol alegre daquele 3-4-3 perdeu-se...
Esperemos que volte em Braga
SL
Sem imagem de perfil

De Yazalde a 22.04.2021 às 04:43

Já fomos, nunca mais ganhamos um campeonato hipotecados a liga quatro pontos não e nada ex para um porto estava no papo
Sem imagem de perfil

De Governo Verde a 22.04.2021 às 11:28

Com maior dos respeitos, seria melhor que este senhor comentasse os jogos da sua equipa de coração, o Barreirense.
Sem imagem de perfil

De MAV a 22.04.2021 às 11:33

Eu percebi o que o jornalista quis dizer quantos remates o Sporting fez contra Moreirense e não chegou à frente? O Belém não jogou com autocarro até muito tipico no Petit , nem fez muito anti jogo desta vez.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo