Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O tempo da justiça

Rui Gomes, em 11.08.22

futebol-e-justiça-26621111.jpg

Muita coisa já devia ter sido feita para acelerar processos, mas o problema da justiça não é exclusivo do futebol e seria irreal esperar que fosse o futebol a resolver o que a sociedade não consegue.

A prescrição de 13 processos disciplinares nas mãos da Comissão de Instrutores da Liga, antes de voltarem às mãos do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, é bastante grave e motivará as guerras de bastidores já habituais entre as instituições do futebol nacional, mas é o castigo a Fábio Coentrão, conhecido 16 meses após os factos e já com o ex-internacional mais preocupado com a sua frota pesqueira do que com futebóis, que atinge o cúmulo do ridículo e levará os adeptos a rirem-se da justiça desportiva. No mesmo dia em que anunciou, finalmente, a intenção de ter uma Comissão de Instrutores exclusivamente dedicada aos seus processos, Pedro Proença, o presidente da Liga, pediu ao Governo a extinção do TAD, o Tribunal Arbitral do Desporto, e a sua substituição por um tribunal desportivo definitivo, do qual não haja recursos. Dias depois, João Paulo Correia, o secretário de estado do desporto, lá lhe respondeu que até está disponível para pensar nisso, mas só... “se todas as entidades directa ou indirectamente envolvidas se pronunciarem nesse sentido”. Que é a forma política de dizer: “Esqueça lá isso!

Excerto da crónica do mesmo título de António Tadeia

NOTA: Para que não haja interpretações erróneas, devo esclarecer que não tenho ligação alguma a António Tadeia, não o conheço pessoalmente e nem sequer sei qual é o clube da sua maior simpatia. Aproveito alguns dos seus escritos porque entendo que oferecem boa matéria para debate aqui no blogue.

publicado às 06:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 11.08.2022 às 08:35

Acho que os governos deviam acabar com o cargo de secretário do desporto. Nunca fazem nada, são de uma inutilidade completa.
Sem imagem de perfil

De José Lima Curral a 11.08.2022 às 10:39

Claro que fazem. Fazem de conta. E o objectivo é esse mesmo, entregar o pelouro a quem não se incomode com esse papel, em lugar de o atribuir a quem não pudesse fazer de conta.
Depois de tantos e tantos governos de ineficácia dos titulares do cargo, só posso tirar esta conclusão sobre a sua missão, fazer de conta.
Sem imagem de perfil

De RCL a 11.08.2022 às 15:36

Há a Justiça de Fafe, e a Justiça do FCAntas
Sem imagem de perfil

De Elitista a 11.08.2022 às 15:47

E a justiça de Carnide??
Confesso que não entendo esse esquecimento recorrente.
Meu caro, só existe papa e fc antas nos moldes actuais por existir o sepó calabote e rute!
Quem introduziu a porcaria no futebol, para travar o domínio absoluto do SCP na década de 50, não foi o FC Porto...
Sem imagem de perfil

De João F. a 11.08.2022 às 18:28

Sem imagem de perfil

De RCL a 11.08.2022 às 18:48

Elitista
Como sabe em 1983 Pinto da Costa e Fernando Martins fizeram um pacto de não agressão encapotado; a finalidade era dividir os títulos pelos dois e "lixar" o Sporting; dividindo o bolo que no seu entender não chegava para os três. E continuou pelos anos fora.

No final de 1982 o panorama era o seguinte:
Benfica - 24 campeonatos( efeito Eusébio)
Sporting - 16 campeonatos
Porto - 8 campeonatos
Actualmente:
Benfica- 37
Porto - 30
Sporting -19

Desde essa altura, os dois dançam o vira minhoto ; agora mandas tú, agora mandou eu, agora mandas tú mais eu. E o Sporting sempre roubado, conto, pelo menos, 5 campeonatos.
Benfica e Porto são iguais na corrupção e até já são conhecidos no exterior.
Os Sportinguistas, perante esta luta tão desigual, tem de cerrar fileiras e celebrar a União como diz Amorim .OndeVaiUmVãoTodos. Foi o que nos deu o título de 2020/21, o bandido quando se apercebeu já era tarde para o "normal"
SL

Sem imagem de perfil

De Elitista a 11.08.2022 às 19:32

Em 1982, o FC Porto (nessa altura ainda era dugno) tinha 7, e não 8, campeonatos.
O beifiva tem 34 campeonatos mais 3 ligas experimentais. O fc antas tem 34 campeonato e o SCP 23.
União não significa autismo ou passar carta branca a quem quer que seja!
Para voltarmos a ter a hegemonia é imprescindível adoptar uma mentalidade de exigencia em todo o universo Sporting!
Se vamos ganhar os jogos todos? Claro que não! Ninguém ganha. Mas é preciso instaurar a obrigatoriedade de os ganhar todos!
Sem imagem de perfil

De altaia a 11.08.2022 às 22:27

Esse acordo acabou com a vitória do benfas no estádio das antas em 1991, com os portistas a porem criolina no balneário dos lampióes, daí para cá só deu antas.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo