Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_FanaticaBig$2017_07_02_20_51_56_1284787.jpg

 

Assisti a partes da final da Taça das Confederações - entre a Alemanha e o Chile - num restaurante com um amigo. Por mera casualidade, estava a prestar atenção quando o lance ilustrado na foto ocorreu, sensivelmente aos 64' do jogo.

 

Perplexo pela não acção do árbitro da partida - o sérvio Milorad Mazic - comentei para o meu amigo que aquilo tinha sido uma agressão flagrante, claramente merecedora de expulsão. Entretanto, fomos notificados que o lance estava a ser revisto pelos "técnicos" do vídeo-árbitro, um deles o português Artur Soares Dias.

 

Após a respectiva consulta das imagens, o árbitro regressou ao relvado e deu o cartão amarelo ao agressor, o jogador chileno Jara. Absolutamente incrível, especialmente considerando que nem devia ter sido necessário recorrer à tecnologia para ajuizar correctamente este lance. Se a decisão foi exclusivamente do árbitro ou se houve sugestões por parte dos operadores do VAR, não é claro.

 

Outro aspecto que se está a começar a verificar com acrescida frequência - e isto é só o princípio - é jogadores a pedir ao árbitro para rever lances. Se tudo isto ocorre em uma competição da FIFA, dá para imaginar o que nos espera no campeonato português.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 03.07.2017 às 08:31

Rui a questão não foi o VAR mas o arbitro que nem com o recurso as imagens soube decidir em concordância com a agressão do jogador chileno.

Está na moda (não falo do Rui que sempre foi cético em relação ao VAR) malhar no VAR, no entanto esquecem-se que são os mesmos árbitros de sempre que no final com o recurso ao VAR terão o ONUS da decisão.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 03.07.2017 às 08:38

Quando o árbitro é mau, não há VAR que resista. Mas agora os árbitros já podem ser castigados devido a más decisões pois não têm desculpas de não terem visto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.07.2017 às 11:42

Sérgio e Mike,

Creio que a questão fulcral é que o VAR não contribuiu para uma decisão correcta, de uma forma ou outra. Até porque não sabemos o parecer do trio de "técnicos" sobre o lance. Até é possível que eles tenham recomendado o cartão amarelo.
Sem imagem de perfil

De Lulu a 03.07.2017 às 11:50

Não pode Rui, em termos de disciplina o VAR só pode intervir no caso do lance ser para cartão vermelho, não pode recomendar amarelos.
Inexplicável a decisão do árbitro ao contrariar o VAR para tentar amenizar uma falha sua uma vez que não tinha dado qualquer cartão, certamente será castigado.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.07.2017 às 11:56

Terá sido isso então.
Sem imagem de perfil

De José Alves a 03.07.2017 às 17:24

Esta é a prova que o video arbitro nestes moldes irá causar mais polémica que justiça.
O jornal AS diz na sua edição escrita que foi por apontamento de Soares Dias a sugestão ao arbitro do encontro a revisão das imagens como falta grave. O arbitro decidiu assim!

Se o VA permitisse sobrepor a decisão à do arbitro ou mesmo reverte-la mesmo depois do jogo caso constituisse injustiça, aí é que seria util e justo.

Na próxima época vamos ter muita polémica.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.07.2017 às 17:27

É precisamente isso que eu tenho vindo a dizer. Como se já não houvesse polémica suficiente no futebol português.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.07.2017 às 20:26

Eu pessoalmente aceito o amarelo nesta jogada... mas o Rui Gomes so vê um lado do problema... se não houvesse VAR nem amarelo seria... ficaria impune.

Depois o que dizer de outros lances, como por exemplo o penalty marcado a favor de Portugal contra o México... o VAR esta em periodo de adaptação e na minha opinião tem demontrado que tem havido menos casos e erros que o habitual. Houve algum jogo com influencia do árbitro?!? É isso que importa discutir...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.07.2017 às 21:11

Meu caro Schmeichel,

Não sei bem a sua idade, mas posso garantir-lhe que me identifico perfeitamente com a essência do futebol e tudo o que isso implica, talvez muito antes do Schmeichel saber o que era uma bola.

Apesar da minha idade, considero-me uma pessoa actualizada com os tempos e não sou oposto a evolução. Por outro lado, contrário ao que se verifica em grande dose na sociedade, não sou daqueles que juro cegamente por tudo quanto é moderno.

O jogo de futebol perdurou pela sua essência e fracturar esta pode ser fatal. Pessoas como o Schmeichel pretendem que tecnologia corrija os erros do homem, mas isso nunca acontecerá.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.07.2017 às 22:07

A questão é que vivemos em tempos tecnológicos... e mais do que isso... vivemos numa era onde tudo é percepcionado.
Não tem sentido o futebol continuar a ser o desporto mais corrupto e nada se fazer contra isso.
É verdade que tem havido algumas paragens com o VAR e isso altera o jogo... mas o VAR está em período de testes e vai ser melhorado.
Acho que no contexto global foi uma boa experiência e o mais importante prevaleceu a verdade desportiva... os erros sempre existirão, mas o objectivo é diminui-los... o VAR será uma coisa normal daqui a uns anos!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.07.2017 às 22:22

Os tempos somos nós, os homens, que os fazemos. E não será a tecnologia que irá eliminar a corrupção, caso ela exista.

Temos o exemplo deste incidente na final da Taça das Confederações. A revisão do lance ocorreu, e o árbitro continuou a insistir em errar. Não quero acreditar nisso, mas caso houvesse intenções obscuras, como é que o VAR as impediria ?

A resposta óbvia é que não impediria e não impedirá no futuro.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo