Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O vírus da mudança não é este

Rui Gomes, em 13.04.20

A pandemia não gerou, até ao momento, nenhuma acção inédita, nem surpreendente, nem revolucionária.

image.png

A Selecção Nacional de futebol doou há dias metade do prémio de qualificação para o Euro'2020 ao fundo de apoio aos "amadores" da FPF. Ronaldo e Mendes compraram ventiladores. Multimilionários americanos financiaram pesquisas de uma vacina. Ficámos agora a apreciar os enfermeiros e médicos (não tanto, se calhar, o imigrante que nos traz comida a casa a dois ou três euros de custo que terá de partilhar com uma multinacional). A FIFA diz que o futebol tem de dar um passo atrás. O jornal Financial Times reflecte, em editorial, sobre as fraquezas do capitalismo e a necessidade de procurar novos caminhos.

Centenas de figuras públicas escrevem e dizem todos os dias coisas sensatas, mesmo sobre a inflação demencial no futebol de elite. Outros fazem contas e garantem-nos que nunca mais haverá transferências como aquelas de Neymar ou João Félix, até conseguem dizer ao cêntimo, usando uma ciência obscura qualquer, quanto vale agora cada jogador. No jornal Público, o filósofo José Gil tira a conclusão obrigatória deste contexto... o vírus não mudou nada de significativo.

O gesto da Selecção de nós todos não me surpreende, Cristiano Ronaldo e Jorge Mendes já tinham feito acções do género, os multimilionários americanos têm por hábito financiar sempre pesquisas, por uma questão de marketing, e o facto de simpatizarmos mais agora com o pessoal clínico não nos fará valorizar mais amanhã os professores e muito menos ainda mudarmos de opinião sobre os funcionários públicos. A FIFA fala em passos atrás e à frente desde que o FBI lhe caiu em cima. O "Financial Times" é um farol do capitalismo, mas sempre fez jornalismo decente e as figuras públicas que dizem coisas sensatas já as diziam em 2008, 2011, etc.

Aos poucos descobriremos, sem doutoramento em bioquímica nem surpresa, que o vírus não deixa boas sequelas.

José Manuel Ribeiro, Director de O Jogo

Nota: Uma visão muito cínica de José Manuel Ribeiro em que todas as acções em prol do combate à pandemia em curso, indiferente da razão de ser, são vistas com elevado grau de descrença. Porquê... o Mundo estaria melhor sem elas?

O facto destas acções não serem "inéditas", "surpreendentes" ou "revolucionárias" - se de facto assim são - nega o benefício das mesmas?

publicado às 16:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Geraldes CB a 13.04.2020 às 18:38

É óbvio que não. Ele próprio não mudou a sua postura.

Nós pertencemos a uma geração que, a este nível, nunca enfrentou nada parecido nesta zona do mundo, mas pandemias sempre houve e vai haver. Há 100 anos a gripe espanhola liquidou 33 milhões de pessoas. O bruá é porque estamos mal habituados.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 20:46

Não há o mínimo de comparação com o Mundo de há 100 anos com o de hoje, daí que o combate a pandemias destas e respectivas consequências também não sejam comparáveis.

Não é uma questão de estarmos "mal habituados", mas sim de beneficiarmos da nossa própria evolução ao longo dos anos. Muito por isto, esta pandemia surpreende e muito.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 23:12

P.S.: Devo também adiantar que nesta altura existem mais teorias do que factos sobre a situaçãoem curso.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2020 às 19:04

Tudo isto leva-nos sempre ao núcleo da questão , aumento brutal ,desmesurado da população provoca consequências a muitos níveis entre os quais o aumento de competição feroz entre a espécie humana o que faz baixar os níveis das regras das éticas.

O nosso antigamente das pessoas mais avançadas na idade viveram realidades diferentes existia metade da população hoje com 7,5Bilioes , num ápice dobramos o numero e em breve chegaremos aos 10bilioes.

Recordo o espaço que nos era permitido em tudo incluindo as próprias regras com maior liberdade , hoje é-nos quase tudo proibido e cada vez será pior.

Este vírus vem trazer de certa forma um reset á humanidade para pensarem o que pretendem fazer depois disto no futuro.
Vamos seguramente entrar numa era diferente , quando sairmos de casa em que a mascara irá provavelmente juntar-se aos artefactos usuais de saída como o telemóvel e a chave de casa.
Por incrível que pareça ja temos as mundialmente conhecidas marcas chiques e caras a produzirem mascaras ao gosto do cliente com as cores a condizerem com a vestimenta e os sapatos.

O aumento anárquico da população terá que ter no futuro regras , queremos que diminua é certo mas nunca na base de epidemias como a que vivemos hoje .

É possível prever os virus que podem ser letais para a humanidade terá que existir forte investimento na ciência na antecipação de vacinas para os controlar , teremos que nos adiantar a eles e não correr atrás como esta acontecendo agora.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 20:51

Subscrevo, na íntegra, o último parágrafo do Julius, mas quanto ao resto não sou tão pessimista.

É verdade que ainda me custa a aceitar como é que a actual crise aconteceu, mas acredito que a vamos ultrapassar e aprender para melhor lidar com casos semelhantes no futuro.

O facto de ter originado na China, por meios ainda não claros, deixa-me muito céptico quanto à causa desta pandemia. Simplesmente, não acredito em nada que vem dessa ditadura chamada comunista.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 13.04.2020 às 21:10

Rui,

Isto tudo começou porque os Chineses em algumas províncias têm animais vivos em mercados, onde há compra dos mesmos. As condições são muito pouco higiénicas e propensas ao desenvolvimento de vírus e bactérias.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 21:34

Conheço bem a China.

É verdade o que o Mike diz, mas eles já fazem isso há muitas décadas, não é nada de novo.

Bem sei que tenho evitado aprofundar a questão, mas ainda não vi nada a apontar a especificidade do coronavírus à raiz.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 13.04.2020 às 21:40

Existem muitos corona vírus no mundo. Este é apenas um deles. A palavra "corona" é o tipo do vírus e não o nome.
Este vírus específico veio dos animais, isso é das poucas certezas que se tem sobre ele. O facto dos Chineses comerem quase todo o tipo de animal e não os conservarem em boas condições irá proporcionar o aparecimento de muitos vírus.

Calhou de mau este ser altamente contagioso. Mas já de lá vieram vários, felizmente não muito contagiosos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 21:45

O problema, ou pelo menos um dos prbblemas, é que eles desvirtuam tudo para não perderem a "cara" perante o Mundo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 23:13

Perdão "problemas"...
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2020 às 22:05

Vir veio mas faz quanto tempo?
E que têm feito com ele entretanto ?
Brincadeiras serias de laboratorio ?

Pois!!!!!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2020 às 22:03

Posso especular e não posso nem devo nomear técnicos cientistas que são da mesma opinião.

A origem do novo SARS ter vindo dos mercados de carne viva selvagem de certa região da China pode esconder uma meia verdade e meia mentira ou não ser totalmente uma farsa para esconder a verdade.
Este vírus apresenta outras capacidades de resistência e mutação e tudo indica que foi "trabalhado" (desenvolvido) em laboratório chinês e por eventual erro alguém ficou contaminado e vírus "fugiu"e depois das tentativa frustradas de o recuperarem apagaram o rastro dessa verdade.
Quem deu o alarme já esta morto.

O mercado de carne viva selvagem é a melhor desculpa esfarrapada que encontraram que convém que o mundo acredite.
O mundo não cientifico micro biólogo esse nunca vai acreditar, têm as características do vírus à frente dos olhos.

Da China podemos esperar tudo.
Por ironia constatamos que a esmagadora maioria dos países comunistas apresentam números baixos de contaminados e de mortos.

São capazes de adulterar a verdade com facilidade numa ação de tremenda prepotência e tirania.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 22:19

Bem... por ter vivido naquela parte do Mundo e apesar de alguns dos meus melhores amigos serem chineses, sou muito céptico com tudo que origina com a ditadura chinesa.

Dito isto Julius, não tenho conhecimentos suficientes para debater a questão nos termos que a apresentou. Não refuto a hipótese que refere, mas fico por aqui.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2020 às 22:28

Ficamos por enquanto caro amigo mas recorde este pequeno debate de hoje porque este assunto irá voltar mais tarde e serao outros seguramente a comentá-lo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2020 às 23:09

Nada me surpreenderá Julius. Como já disse, sou muito céptico a tudo que origina na China.

Em conversa com um amigo, no entanto, também já referi que acredito que o Mundo nunca virá a saber os detalhes exactos do que ocorreu, para não precipitar mais instabilidade.
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 14.04.2020 às 01:37

A revista Nature Medicine publicou já este ano um estudo cientifico que demonstrou que o virus tem origem animal (o morcego) e que não teve qualquer criação ou manipulação laboratorial.
Mas as redes sociais preferem sempre as teorias da conspiração.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.04.2020 às 02:44

A realidade nua e crua é que ainda há muito que se desconhece sobre a origem desta pandemia.

Tanto sabem quem escreve nessa revista como outros especialistas.
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 14.04.2020 às 11:02

Será, mas não se conhece nenhum estudo cientifico que demonstre que este virus tem origem "humana".
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 14.04.2020 às 01:32

Não é possível criar vacinas contra o que se desconhece, as vacinas são sempre criadas na medida concreta da doença que vão combater e os virus sofrem mutações. Pelo que o seu último parágrafo será sempre ficção cientifica.

E o controlo da população mundial, como se demonstra, só se faz tirando os povos da pobreza, da miséria e da fome, porque são sempre os mais pobres que mais se reproduzem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.04.2020 às 02:45

Qual é o país com mais população no Mundo?
Sem imagem de perfil

De Shamuças a 14.04.2020 às 07:21

China, prestes a ser ultrapassada pela Índia.
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 14.04.2020 às 11:00

Será um de dois, ou a China ou a Índia. Ambos com muitos milhões de pobres.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.04.2020 às 14:51

Tome nota que é impossível saber a população exacta da China. Até 2016, existiu uma leia que proibia casais de ter mais do que um filho. Desde essa data passou para dois.

O que tem vindo a acontecer ao longo dos anos - e eu sei isto em primeira mão - é que muitas crianças não eram registadas pelos pais por temerem as pesadas consequências.

Essas crianças fora da lei passam uma vida sem documentação ou com documentação falsa e, obviamente, não constam do registo central.
Sem imagem de perfil

De João F. a 14.04.2020 às 12:41

Quando há anos apareceu na imprensa nacional e internacional, a suspeita de que as chamadas VESPAS ASSASSINAS, (que ainda no Verão passado mataram alguns portugueses) foram o resultado duma má manipulação dum laboratório brasileiro nos meados da década 80 do século passado, que ao tentar um cruzamento entre as vespas africanas e as europeias as deixou fugir, não li ninguém a pôr em causa o regimento politico brasileiro!

Agora, como se trata da China e do seu regime ditadurial, já aparecem os "habituais" crentes que acreditam em bruxas e em "complots" , a suspeitarem como já tenho lido, que a China preparou tudo com o intuito de dominar o mundo, tanto no plano politico como económico!

A forma de certa gente viver bem com os "complots", faz-me lembrar aquela lançada pelos USA, que para justificar a invasão do Iraque nos anos 90, lançou a ideia acreditada pela grande maioria dos governos e dos povos ocidentais, que o Saddam tinha a bomba atómica. Veio a ver-se depois que os iraquianos nem sequer peças de substituição tinham para reporem em acção os aviões e carros de combate avariados e da tal bomba...nem rastos! E como se veio a saber depois, toda essa propaganda serviu para justificar a invasão, que teve o intuito de controlar o petróleo iraquiano e de relançar as grandes fábricas de material de guerra americanas, que estavam a atravessar uma grande crise originada pelo fim da guerra fria!

Quero com isto dizer, que há gente que vive destes "complots" que lançam na Net, que em seguida lhe dá MILHÕES DE VISITAS e por conseguinte bom dinheiro do qual vive! Mas como haverá sempre gente que tem a memória curta, não me admiraria nada, que outros "complots" e outras mentiras sejam inventadas para alimentar o raciocínio de certos mentecaptos... e dos bolsos de outros.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.04.2020 às 14:46

Bem... não comento as teorias de conspiração porque não tenho conhecimentos nesse sentido.

Mas uma coisa lhe posso garantir: vivi e trabalhei muitos anos naquela parte do Mundo e, sem ser novidade, é sempre muito difícil acreditar no que é propagado pelo governo chinês. Toda a informação é controlada, não há liberdade de expressão, muito menos dos media.

Acreditar que um continente com cerca de 2 biliões de habitantes tem números tão baixos relativamente a pessoas infectadas e fatalidades, é pura fantasia.

Isto, especialmente no interior, ou seja nas províncias, ou é quase impossível controlar as medidas impostas pelo governo central.

Sem ser surpresa alguma, tenho bons amigos chineses que pensam exactamente o mesmo.
Sem imagem de perfil

De João F. a 14.04.2020 às 16:17

"Acreditar que um continente com cerca de 2 biliões de habitantes tem números tão baixos relativamente a pessoas infectadas e fatalidades, é pura fantasia."

Uma boa parte desses cerca de 2 biliões de habitantes é controlada por regimes não direi que são todos ditaduras, mas sim autoritários, que pela sua forma de governarem, se impõem por vezes com violência às suas populações, que são por natureza muito mais disciplinadas. Veja-se o caso de Singapura, que tal como outros seus vizinhos, impuseram logo no inicio medidas bastante duras, que se fossem aplicadas na Europa, dariam motivo para guerras internas com o "apoio" duma certa imprensa e que levaria à queda de governos nos próximos meses. Alguém aceitaria que em Portugal se instaurassem as medidas aplicadas na China, aos que foram apanhados na rua durante a quarentena, tendo sido presos para a cumprir e que noutros países era agredidos sem dó nem piedade? O Costa e o Marcelo seria imediatamente insultados com todos os nomes feios nas redes sociais e acusados de ditadores.

Os resultados da China e dos outros países, têm muito a ver com a mentalidade, com o passado, com as tradições e a forma de viver dos povos daquela região. Não podemos comparar a mentalidade e a forma de ver dum asiático, com a nossa. Eu nunca por lá vivi, mas lidei com alguns cá na Europa e vi a forma como reagiam a certas coisas que se passavam na vida quotidiana, tanto na vida politica como na vida social.

Como se duvida que tenham feito testes aos cerca de 1.300 milhões de chineses, o que seria praticamente impossível em tão pouco de tempo, acredito bem que os números anunciados por eles são, não direi propositadamente falsos, mas baseados apenas nos testes realizados.E como os outros países também não os podem realizar na totalidade às suas populações, mesmo em Portugal com cerca de 10 milhões de habitantes, toda a gente anuncia apenas os números que conseguiu, que são somente os exactos num determinado momento.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo