Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Onde anda Gelson Martins ?

Rui Gomes, em 24.09.18

 

gelson_martins_atletico_de_madrid_3.jpg

 

A publicação deste post não significa de modo algum que estou preocupado com a carreira de Gelson Martins. Após a sua saída do Sporting, nas circunstâncias conhecidas, deixou de contar para mim. Até com a "camisola das quinas" não o vejo com os mesmos olhos. Resumindo, deixei sobretudo de o respeitar.

 

Isto não obstante, acho curiosa a sua actual situação no Atlético de Madrid, tendo em consideração que ainda só regista 32 minutos de jogo pela equipa da capital espanhola, sendo o terceiro jogador menos utilizado no plantel, estando à frente do guarda-redes António Adán (que não jogou nenhum minuto) e do lesionado Santiago Arias (que só jogou 23 minutos).

 

Os adeptos e a media espanhola também já tomaram nota deste estado de coisas, com o jornal AS a escrever esta segunda-feira: "Algo se passa com Gelson: quatro encontros sem jogar um minuto".

 

O treinador Diego Simeone, contudo, continua a insistir que confia nas capacidades de Gelson Martins, pese a evidência em contrário: “Vai ser um jogador importante no futuro. Há que ter paciência. O melhor é que no momento de jogar o faça bem. Estará bem se continuar a treinar assim”.

 

Um discurso politicamente correcto do técnico que acaba por não explicar coisa alguma. É natural que um jogador venha a necessitar de um período de adaptação e integração numa nova equipa, mas o talento de Gelson Martins não é mistério algum e nem sequer dá para imaginar que sinta dificuldades extraordinárias em se assimilar a um novo sistema de jogo.

 

Salvo existirem factores desconhecidos - talvez pela ainda por resolver 'transferência' - a essência do problema só pode recair sobre o treinador. Simeone - técnico que eu respeito mas não admiro - tem a obrigação de saber que treinamento só leva um atleta até um determinado ponto, que o mais importante é ele sentir que tem a confiança do treinador e essa confiança só pode ser reconhecida em tempo de jogo.

 

Daí, que se possa concluir que Gelson Martins, apesar do seu reconhecido talento, ainda não ganhou a confiança do técnico argentino, por razões que só este poderá explicar, mas que me leva a conjecturar que o antigo meio-campista prefere jogadores à imagem dele, ou seja, menos "artistas" e mais "tractores". Talvez que esta asserção seja algo exagerada, mas compreende-se a intenção.

 

Veremos o que o futuro nos mostra...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De PSousa a 24.09.2018 às 14:17

Temos pena!
O Gelson não tem a "agressividade" que o Simeone pretende nos seus jogadores.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 15:12

Simeone sempre foi um futebolista arruaceiro. Continua a ser como treinador, daí os frequentes castigos. Ele exige essa postura dos seus jogadores e só tem tido algum sucesso porque o Atlético oferece condições financeiras acima da norma.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 24.09.2018 às 14:29

A unica coisa que desejo é que o Atl de Madrid o pague rapido. De resto, basta pensar que se Gaitan e Carrasco não se afirmaram é Gelson que se vai afirmar lá ? É óbvio que não. Só as mentes iluminadas de Gelson e dos seus representantes pensavam o contrário
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 15:09

No entanto, na minha opinião, se não se afirmar não será por falta de talento. Ele não passou de 80 para 8 só porque mudou para o clube espanhol, que, aliás, não é nenhum galáctico. Compete a um nível relativamente superior apenas por Espanha lhe proporcionar condições financeiras para o efeito.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 24.09.2018 às 16:08

Rui o talento há muito que lhe foi reconhecido, o talento e o potencial, mas quer um quer outro teimam em não se concretizar. Para os anos que leva de alta competição já deveria ser um jogador muito mais influente do que é.

Continua a ser um jogador desequilibrador, fruto da sua velocidade, mas que quase sempre define as jogadas mal, ou passa mal, ou remata mal, ou remata quando deve passar, ou passa quando deve rematar.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 16:45

Não discordo, mas tem margem para progressão no sentido finalizador, não esquecendo que é um extremo. Fez há pouco 23 anos.
Sem imagem de perfil

De Nando a 24.09.2018 às 15:00

É uma forma de fazer baixar o preço.
Tem potencial mas..., etc, etc, etc....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 15:05

Será?... Essa ideia não me ocorreu.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 24.09.2018 às 16:09

Isso não acredito. Simplesmente Simeone entende que tem lá melhor
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 24.09.2018 às 15:20

É a forma que o Atlético de Madrid tem para, quando negociar com o SCP o preço, poder dizer:

"Em vez de pagarmos €30M a pronto, vamos pagar €25M + €5M em objetivos", sendo que depois os €5M em objetivos seriam jogos a titular....que ele não iría fazer.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 15:27

Já referi num outro comentário que nunca me ocorreu que a situação esteja ligada a eventuais negociações com o Sporting.

Se assim for, acho estranho que se desvalorize um jogador de talento reconhecido para se pagar menos por ele.

Pode ser argumentado que a questão de utilização é um problema exclusivo dos espanhóis. A realidade é que se ele não tivesse saído, seria titular indiscutível no Sporting e até na Selecção Nacional.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 24.09.2018 às 16:15

5 milhões para o Atl de Madrid são peanuts, como diria o outro. Se realmente Gelson fizesse a diferença jogava os jogos todos e pronto
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 24.09.2018 às 16:36

Verdade, mas sabes que a malta faz tudo para pagar o menos possivel.
De qualquer forma é verdade que embora Gelson seja muito talentoso, o seu maior problema ainda não o resolveu, que se chama "tomada de decisão". Enquanto este problema não for resolvido, nunca será jogador para um clube de topo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 18:22

Mas não creio que seja por isso que Simeone não o tem utilizado.

Na minha opinião, tendo em consideração as características de Gelson, o Atlético de Madrid com o argentino ao leme foi a pior escolha.

Claro, em termos financeiros o cenário será outro.
Sem imagem de perfil

De RCL a 24.09.2018 às 16:42

Gelson, aconselhado, empurrado pela ganância do empresário, deu um paço errado, pode custar-lhe caro. Como dizem os brasileiros: Gelson ainda não estava no ponto, teria ganho em fazer mais uma época no Sporting onde seria titular com grandes hipóteses de também ser titular na seleção. Agora será mais difícil sobretudo com o aparecimento de novos jogadores do Benfica.
Quem ganhou foi o Raphinha, para mim superior a Gelson, e Jovane, uma força da natureza como dizia Otto Glória.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 18:20

Gelson e Raphinha são jogadores diferentes. Neste momento, aparenta que o brasileiro é mais eficaz na decisão e na finalização.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 24.09.2018 às 17:47

Pessoalmente, Gelson deixou-me de dizer alguma coisa. E nem lhe desejo mal, sobretudo porque sempre o admirei desde os juniores considerando-o um jogador extraordinário e muito comprometido, mas simplesmente tornou-se-me indiferente.
Pese embora todas as justificações para o sucedido, a forma e o aproveitamento é absolutamente lamentável, em particular dos que nasceram e cresceram no clube para ir atrás dos seus sonhos mas não se coibindo de adoptar uma postura egoista e oportunista a reboque de gente sem pingo de escrúpulos que sempre os rodeiam e os aconselham nestas situações.
Concordo com a análise do Rui.
O Atlético de Madrid foi uma escolha muito infeliz.
Simeone é a antítese de treinador para as qualidades e características de Gelson.
Além disso, acredito que quem vende a alma ao diabo nem sempre convive bem com as suas decisões.
Gelson provavelmente não é feliz em Madrid. O que é pena porque veria nele alguém com um potencial fantástico para se tornar uma referencia internacional.
Mas o que me preocupa de facto neste processo é que alguém se lembre agora de valorizá-lo por aquilo que ele começa a não produzir no seu actual clube.
Gelson era quem transportava o Sporting às costas à época passada numa equipa sem lei nem grei desde o maluco do presidente ao arrogante do treinador.
Não fosse a sua qualidade, aliada a de outros, e muito pior haveríamos de ter acabado muito pior.
Por isso, é sobre essa referencia que se deve calcular a possível indeminização que eu pessoalmente preferia que fosse discutida em sede de tribunal arbitral da FIFA, por julgar improcedente as razões que levaram à tomada de decisão dos jogadores em causa.
Mas se assim não for, nem pensar em imaginar Varandas a promover saldos por se considerar que Gelson afinal talvez não seja assim tão bom e porque o Sporting venda-se por qualquer bucha....!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 18:24

Não quero acreditar que o presidente vá conduzir as negociações mediante a utilização que Simeone está a dar ao jogador.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 24.09.2018 às 19:56

Não pela utilização mas pela percepção (errada) daquilo que ele vale enquanto jogador.
Aliás, é curioso verificar que já existe uma onda generalizada de que a saída dele para dar lugar a Raphinha na equipa proporcionou no mínimo manter a mesma qualidade, quando não de alguns que julgam mesmo pensar ser o brasileiro superior a Gelson.
Ora, desejando pessoalmente que Raphinha venha a ser um jogador muito superior a Gelson no futuro, só a falta de memória ou de noção é que pode permitir julgar isso presentemente uma realidade.
Muita falta faz Gelson ao Sporting por aquilo que ele vale desportivamente e pelo encaixe que não foi possível efectuar dada a sua saída injustificada e que penaliza o clube na sua incapacidade para se poder reforçar à altura.
Assim, sem veleidades. Ao Sporting cabe exigir o justo e não apenas o possível.
Já basta o que sucedeu com Wiliam Carvalho...
Sem imagem de perfil

De cova da piedade a 24.09.2018 às 18:05

Eu sou adepto do futebol de conjunto e nao fe indevidualidades sai um jogador entra outro e a equipa nao se ressente o jj era um futebol indevidualuidades e nao de equipa os maus resultados estao ha vista jj
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.09.2018 às 18:16

Sim, mas o que está aqui em debate são as actuais circunstâncias de um atleta, Gelson Martins.
Perfil Facebook

De Leila Coutinho a 25.09.2018 às 09:09

Ainda vai parar ao Cova da Piedade...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo