Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_770x433$2018_06_28_01_21_28_1415937.jpg

 

Segundo o Record, estes são os quatro alvos de preferência da Sporting SAD para assumir a liderança técnica da equipa principal do Sporting. As apreciações que acompanham os nomes são do jornal e não minhas:

 

Sá Pinto - O trabalho meritório feito na Bélgica (Standard Liège) e o facto de ser um assumido leão fazem de Sá Pinto um forte candidato.

 

Rui Faria - O antigo adjunto de Mourinho é um dos nomes mais fortes para a sucessão de Mihajlovic. No entanto, a incerteza que rodeia o clube leonino não dá garantias de continuidade a Rui Faria, que tem interessados na Premier League.
 

José Couceiro - Tal como Rui Faria, Couceiro é um treinador livre mas tem propostas do estrangeiro. Do ponto de vista teórico, seria o candidato ideal ao cargo.

Carlos Carvalhal - O bom trabalho feito em Inglaterra é um excelente cartão de visita. Tem interessados na Premier e no Championship.
 
Eis a minha opinião sobre os quatro nomes referidos:
 
- Já aqui se comentou a possibilidade de Sá Pinto regressar a Alvalade. Não obstante o seu passado de "leão ao peito", não lhe reconheço as qualidades exigidas para assumir o leme.
 
- O caso do antigo adjunto de José Mourinho, Rui Faria, não deixa de ser interessante, muito embora, como já disse no outro post de hoje, tenho algumas reticências quanto à sua personalidade, no contexto de treinador principal. Dito isto, consta que tem problemas de saúde - a razão que o levou a demitir-se do Manchester United - e é muito provável que não aceite treinar nenhum clube num futuro próximo.
 
- Há muito que admiro e respeito José Couceiro, mas confesso que o preferia ver como o administrador-geral de todo o futebol do Sporting e não tanto como treinador. Este meu parecer não obstante, seria uma excelente hipótese, até porque ninguém melhor do que ele saberia aproveitar os talentos oriundos da formação.
 
Carlos Carvalhal intriga. Ainda há quem entenda que ele foi prematura e injustamente despedido pela sua primeira passagem pelo Sporting. Tem feito de facto um bom trabalho em Inglaterra, em circunstâncias muito difíceis. Seria uma aposta em Alvalade que eu apoiaria, até porque conhece bem o Sporting e o futebol português. Creio, contudo, que havendo interesse, ele optará por um clube inglês, de preferência da Premier League.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:08

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


65 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.06.2018 às 14:38

RUI JORGE, para mim seria a melhor escolha!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 14:51

Bem... e seria a escoha de muitos de nós, mas ele não está disponível. Porquê insistir ?
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.06.2018 às 16:35

Sonhar não é proibido até a ver :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 17:06

Verdade!... O problema é que depois do sonho vem a vida real:)
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 28.06.2018 às 14:46

Nenhum deles me agrada substancialmente mas talvez Carvalhal.

Sim acho que merecia outra oportunidade porque não foi muito bem tratado da primeira vez, a começar logo pela apresentação.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:16

Suspeito que ele preferirá ficar em terras de Sua Majestade.
Sem imagem de perfil

De Maria Belen a 28.06.2018 às 14:51

Dessa lista, hoje, votaria Couceiro.
Os restantes trazem muitos ses que não me entusiasmam. Mas, neste momento - hoje, preferia que o treinador fosse alguém sem história no, e para o, Sporting.
Alguém que viesse sem saber ao que vem excepto que tem de fazer milagres ali no futebol, ali entre as 4 linhas, alguém a quem não pudessem perguntar "acha que tem mais condições do que o seu antecessor que tinha de abraçar o Bruno por tudo, e ainda mais, por nada?" - tipo Claudio Ranieri, 2016, no Leicester...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 15:14

Não discordo. A maior dúvida, porventura, será a sua receptividade, pelas circunstâncias volúveis do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Maria Belen a 28.06.2018 às 16:03

Receptividade da parte de quem, Rui Gomes?
Dos adeptos e sócios ía ser de desconfiança - porque somos mesmo assim: "ver para crer..." - mas sem "olha este" "nunca me enganou" "já antes fez isto ou outro..." porque não haveria matéria para isso. (quando falei no Ranieri não foi por acaso nem por causa do Leicester mas porque é um que não ferve em pouca água nem embandeira em arco);
Do clube poderia ser de algum desconcerto (à falta de melhor palavra) - porque a nova estrutura no comando é da antiga guarda e de alguma forma pensa "antes quero burro que me carregue...";
Do próprio, escolhido, e nos moldes que digo? Não vejo porquê. Desde que lhe paguem o que ele quer e ponham objectivos claros e as "mãos" fora do seu trabalho acredito mesmo que haverá treinadores contratáveis por aí sem se recoorer a um sobrinho ou primo que até tem jeito para a coisa, ou porque não correu bem antes...
Por isso, hoje, seria Couceiro para mim. Mas preferia-o no papel do seu post. Treinador era mesmo de fora e que obrigasse a ir ao Google
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:07

Cara Maria,

Receptividade da parte do José Couceiro. Conheço-o e não estou absolutamente convencido que ele aceitaria o cargo. Com isto, não pretendo dizer que é missão impossível.

Recorde-se que o Zé tem longa história no Sporting.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 15:05

Tutti quattro, zero!!.

P. S.. O treinador que vier, tem que ser mentalmente um C. Ronaldo. Forte!..
Tem de ser "mudo", "surdo" e corajoso. Que empolgue as massas com o seu estilo de jogo..
O momento não está para brincadeiras.

Por esta razão eu optaria por um Jaime Pacheco ou um estrangeiro. De preferência, alemão. Por o estilo de jogo que se joga na Bundesliga. Não o da Mannschaft 😊
Estilo agressivo, veloz, dinâmico, arrogante quanto baste, empolgante e metodo de treino interessante.(claro, não todos tem essas carecteristicas)
Español em Portugal.. Desastre normalmente.
Italiano.. Recontra defensivo(piores que o F. Santos LOOOOOOOOOLL!)
Holandês.. Demasiado aberto mas....
Sérvio, Croata,.. Demasiado sangue quente.

Nota: dois alemães.. Christian Titz(Hamburg SV) Thorsten Fink(Grasshopers, Suissa)
Holandês.. Huub Stevens(meio retirado)
Todos eles não têm medo de apostar nalguma garotada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 15:15

Jaime Pacheco???

Mas ele é treinador?
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 15:34

É Rui.....
Entendo!

Conduz um balneário muito bem. Como pessoa não me parece um bicho de sete cabeças. Sim, um ex-futbolista com pouca.. (estilo JJ 😁)
As suas equipas jogaam agressivo (não violento como se diz).
Por muito que digam que o Boavista aquilo e achado.. Ora, a prova dos nove é a Europa.. Fez tremendas epopeias com aquel Boavista. (Sem Valentão e sem apitos)
Sabe dar o peito às balas!.. Bem necessário neste momento.
Português mas, sem clubismos e sem lobbys, 100% profissional.
Etc..
Que não seja do agrado, é outro tema!!.


P. S. Do Sérgio Conceiçâo também não gostavam. Estilos parecidos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 15:50

Apesar de tudo, Sergio Conceição é diferente. Mas apesar de ter sido campeão no FC Porto na época passada, não me impressiona muito. Mérito por ter sabido aproveitar as circunstâncias da época.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:17

Carlos,

Confesso que ele nunca me ocorreu. Não o vejo à frente do SCP, mas...
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 28.06.2018 às 15:27

Venha de lá o alemão - o Jaime é que não :)
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 15:34

LOOOOOOOOOOLL!!
Sem imagem de perfil

De SMCM a 28.06.2018 às 17:33

Para Alemão o melhor era o Marco Rose, que levou uma equipa super jovem a jogar bom futebol à meia final da Liga Europa, com o RB Salzburg. Eliminou o Borrussia de Dortmund, a Lázio, a real Sociedad..


Christian Titz do Hamburger que ficou em penúltimo??? Bolas, estamos assim tão mal?!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 18:11

Se não sabe a história do Hamburg SV e nem conhece o Christian Titz, porque opina?.Penso eu de que..!! 🤔🤔
Não foi ele que deixou a equipa em penultimo, por o contrário quase salva o clube da sua histórica descida de divisão, apostando em miúdos que jogavam na equipa B na quarta divisão alemã.
A história Hamburgo é muito similar à do Sporting.
O Hamburgo mesmo na segunda continua sendo um grande na Alemanha. Perderá esse estatuto se muito tempo lá ficar. Como por exemplo. Nuremberga, Dusseldorf, Kaiserlautern ou FC Colónia
(conheço um pouquinho, pois sou casado com uma alemã, há uma eternidade LOOOOOLL!) descendes e ascendentes alemães😊

Marco Rose!!??..
Não fez um mau trabalho, é verdade.
Tem uma estrutura(uma das melhores da Bundesliga e mesmo da Europa) e muitos euros por trás..
O Red Bull Leipzig será o concorrente numero um do Bayern de Munique, num futuro próximo.


P. S.. Nenhum treinador será consensual.
Normal e aceitável!

Abrazzzo
Sem imagem de perfil

De SMCM a 29.06.2018 às 15:51

Não confundir o Red Bull Leipzig, com o RB Salzburg. Ambos patrocinados pela Red Bull, mas jogam em campeonatos diferentes. O RB Salzurg - campeonato Austríaco - foi comprado para ser equipa B (jovem) do Leipzig - campeonato alemão.
Marco Rose treina do Salzburg, e ficaram-se pelas meias finais, ao contrário do Leipzig (casa mãe) que ficou-se pelos quartos de final da Liga Europa.
Perfil Facebook

De Zekita Silvano a 28.06.2018 às 15:35

por mim vinha o italiano que saiu do napoles
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:09

Talvez fosse uma boa aposta, mas consta que há vários clubes interessados.
Sem imagem de perfil

De Sel a 28.06.2018 às 15:36

Para ganhar eleições: contrato milionário para Rui Vitória.
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 28.06.2018 às 15:49

Também sou da opinião que o Carvalhal foi despedido prematura e injustamente. Dúvido que queira regressar numa altura destas, não só pela possibilidade (ainda que remota) de o lunático voltar, como a próxima época ser ano zero para o Sporting e ele voltar a ser vítima de ingratidão pelos resultados que não pode apresentar logo à partida.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:10

Sim, teria de ter um contrato por 2/3 anos, com algumas garantias.
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 28.06.2018 às 22:14

O Carlos esteve hoje no Diário do Mundial, ou lá como se chama, na RTP1 e disse que tinha de estar com a família neste momento e que só a partir de Outubro/Novembro é que estará disponível para voltar a treinar. De qualquer forma disse que tem a intenção de continuar em Inglaterra.
Sem imagem de perfil

De Francisco Esquina a 28.06.2018 às 15:50

Dessa lista, Carlos Carvalhal, mas com um pouco menos de panache! Embora possa continuar o hábito de distribuir pastéis de nata (ou adaptar) à imprensa. A imprensa iria ficar mais doce para o Sporting
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:10

Isso foi para entreter os ingleses:)
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 28.06.2018 às 15:57

Eu tenho um treinador que nunca ninguém falou e na minha opinião é um dos melhores em Portugal…. Vitor Olivera.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 16:13

Não é tão mau assim mas.....
Treinar um clube pequeno e ter sucesso não é o mesmo que treinar um grande.
A pressão é diferentissima! 😊
Além disso, é muito Benfas. Muito dado a bate-bocas!. Esse o maior problema dos portugueses. Deixar-se envolver por a CS, por os amiguinhos e por guerrinhas estupidas..
Sem imagem de perfil

De SMCM a 28.06.2018 às 17:38

Carlos,

A pressão de um grande é diferente para todos. Os mais velhos por norma lidam melhor com ela.
Mas há uma coisa a que Vítor Oliveira está habituado: jogar para ganhar!. Seja na 2ª liga, ou na primeira, jogar para ganhar implica o mesmo: assumir o jogo. Isto é algo que muitos treinadores da 1ª liga têm muita dificuldade, mudar o chip quando chegam a um grande e têm de jogar para ganhar.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 18:17

Desculpe SMCM..
Não, não é!..
Lidar diáriamente com a CS já por si é muito diferente.
Adeptos em massa assistindo treinos, adeptos em massa com uma variedade de opiniões. A pressão é totalmente diferente. É em tudo imcomparável.
Assim como há jogadores bons que num grande vão-se abaixo das canetas.

A diferença é como a água e o vinho!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 18:20

Ser mais velho ou mais jovem é na minha opinião, irrelevante.
O carácter sim, muitissimo relevante.
Por exemplo, Marco Silva soube muito bem lidar com ela(pressão)
Sem imagem de perfil

De SMCM a 29.06.2018 às 16:03

Eu defendi a continuidade de Marco Silva, porque ele tinha um registo sempre a crescer. Ou seja, cresceu como técnico do 1.º para o 2º ano do estoril e do 2 para o 3.º. Ou seja, mostrava ter a inteligência para ir melhorando. Agora, dizer-me que ele soube lidar com a pressão... Ele nas últimas 10 jornadas adoptou uma estratégia que o defendia a ele, jogando sempre com os mesmos. Mesmo a 3 jornadas do fim, em que o SCP já não ia a campeão, recusou-se a tirar Nani e Carrilho do 11, quando estavam em quebra e já sabíamos que Nani não ia continuar no Sporting. Era a altura ideal para experimentar miúdos da academia para preparar a nova época e ele não o fez. Porque estava preocupado em fazer o maior número de pontos, para se promover/defender a sua imagem.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 28.06.2018 às 16:14

Vitor Oliveira é treinador na linha de Carvalhal e Couceiro. São os 3 bem acima da média, mas Rui Faria tem muito mais experiência em ambientes verdadeiramente competitivos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:18

Bem... nunca me ocorreu, mas...
Sem imagem de perfil

De Francisco Esquina a 28.06.2018 às 21:05

Agora que fala nisso...nada contra!
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 28.06.2018 às 15:57

Honestamente de todos os referidos optaria pelo Couceiro!
De uma forma ou de outra, seja qual for a escolha, penso que esta comissão de gestão não deveria comprometer o clube com um treinador por mais de uma época, nem com salários demasiado elevados.
É evidente que a época tem de ser preparada, mas também é importante deixar espaço para que a direcção que vier a ser eleita pelos sócios, não fique presa em demasia a decisões desta comissão.
Isto dito e um pouco off topic, gostaria de dizer duas ou três coisas:
1. BdC tem de ser expulso, pois caso contrário corremos graves riscos de voltar a levar com ele;
2. É uma realidade que o clube está um pouco fracturado, e há necessidade de unir para que rememos todos para o mesmo lado, mas considero importantíssimo que se retire de lugares de decisão todos os brunistas que ainda possam sobrar.
3. Note-se que o apelo à paz de BdC é uma armadilha, se não for expulso candidata-se e tem reais hipóteses de vencer, que poderão ser acentuadas por um eventual mau início de época, e pelos acordos que possam ser feitos com os jogadores que rescindiram.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:12

Não é fácil encontrar um treinador minimamente digno do nome que aceite um contrato de UM ano.

Quanto ao resto, o lunático tem de ser expulso, de modo a não poder voltar a prejudicar o Sporting.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.06.2018 às 16:17

Um ano??..
Claro que sim, Rui.
O Julius!..LOOOOOOOOOLL!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 16:19

O Julius só aceitaria se o lunático ainda fosse presidente:)
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 28.06.2018 às 16:43

Sem imagem de perfil

De Agá Éme a 28.06.2018 às 17:52

Pois, mas essa do B C conciliador é uma excelente estratégia. Quando resolveu expulsar sócios só porque sim, era o maior, era necessário, era tudo pelo Sporting e ninguém, ou quase, se indignou. Agora apela a que se encerrem os processos disciplinares. Estratégia? Consolidar a divisão entre sócios. Sempre disse que pior que um ditador, é o ditador transformado em mártir e esse vai ser o derradeiro objetivo! Além disso elevou dois seguidores divisionistas: Elsa Tiago Judas e Pedro Proença. Ambos continuam a atear rastilhos. Se não fosse dramático, seria uma excelente comédia! Portanto, sócios divididos, vários candidatos nas próximas eleições, BC recandidata-se e.... ganha!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.06.2018 às 18:09

Este não é post para adiantar muito esta conversa, apesar do comentário mais acima de outro leitor.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo