Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




2019-12-10 (1).png

O FC Porto respondeu esta terça-feira às críticas apontadas pelo Benfica ontem na sua newsletter diária que dizia "que nunca, como nesta jornada, foi tão evidente a pressão exercida sobre as equipas de arbitragem de quem anseia desesperadamente por um regresso a um passado de triste memória".

Na newsletter 'Dragões Diário', os azuis e brancos ripostam com duras palavras ao longo de vários parágrafos que intitulam de "Palha para burros":

"É natural que uma instituição que alcançou os maiores sucessos num tempo em que tinha uma ligação estreita com a ditadura e que tem sido nos últimos anos dirigida por uma pessoa que já foi condenada por roubo e por um grupo de indivíduos que inclui um director jurídico que vai ser julgado por corrupção, um director do departamento de apoio aos jogadores preso por tráfico de droga e um director de futsal fugido durante nove anos à justiça seja uma instituição complexada com o próprio passado e com o presente".

publicado às 11:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


23 comentários

Sem imagem de perfil

De António Tavares a 10.12.2019 às 12:03

Olha o Porto a falar de Ditadura, só pode ser brincadeira.

O Porto na altura da Ditadura teve 2 Presidentes com ligação a cúpula da Ditadura. O estádio das Antas foi uma oferta do Ditador.

Benfica tem que voltar a responder a letra.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.12.2019 às 12:22

É de esperar muitas mais trocas de acusações. Matéria não falta!
Sem imagem de perfil

De António Tavares a 10.12.2019 às 16:36

Não é por ser benfiquista, mas, tem assuntos em que eu estou tranquilo. E toda gente já percebeu a intenção do Porto e do Sporting na altura dos ataques.

Vendo o Benfica crescer, eu também se fosse do rival ficava com medo:

1. De um clube com sérios problemas financeiros, hoje o clube está estável. Já lá vão 7 anos de lucros consecutivos. O passivo baixou, principalmente as dívidas com a banca. Embora os empréstimos obrigacionistas aumentaram, mas numa taxa de juros melhor. As rendas do clube estão em crescimento, este ano vamos receber +50M só com UEFA. E passados a vender bem.

2. Temos uma escola de Formação do melhor que há atualmente no Mundo. E o forno está a produzir que é uma maravilha.

3. O estádio e a BTV são do clube e não da SAD.

4. A quota está a rondar os 15M.

5. E somos +50% da massa da população portuguesa e com uma forte presença no estrangeiro.

E o futuro é risonho.

É por isto, que Bruno de Carvalho e Pinto da Costa se uniram para atacar o Benfica. O baque foi forte. Mas o clube não e está hoje mais forte. Se Vieira investir no plantel, isto vai ser pior que PSG, Bayern ou Juventus. Vai dar Benfica por 20 anos.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 10.12.2019 às 17:30

Correção. Os empréstimos obrigacionistas não aumentaram, diminuíram.
Não sei onde foi buscar essa informação, mas não terá sido aos R&C.
O resto tudo certo.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 10.12.2019 às 17:35

António,
O estudo mais credivel que existe relartivamente à percentagem de adeptos, é da UEFA, de 2012.

Nele se evidencia que o Benfica é o clube de um País onde a maioria de adeptos é superior à soma dos restantes.
No entanto, para ser rigoroso, esse valor é ligeiramente inferior a 50%.

Valendo o que vale, a ultima sondagem feita em Portugal foi a do CM, onde o Benfica tem 48%, o FCPorto cerca de 26% e o Sporting 24% (salvo erro ).

Custa-me a crer que o Sporting tenha menos adeptos que o clube do Norte, portanto não tenho grande confiança nessa sondagem.
Sem imagem de perfil

De RCL a 10.12.2019 às 22:17

48% de quanto?
Não eram 14 milhões?
Por esse andar ainda batem o Flamengo!
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.12.2019 às 00:05

É fazer essas perguntas à UEFA e ao CM
Sem imagem de perfil

De Orlando santos a 10.12.2019 às 12:18

Fala o roto do nu.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.12.2019 às 12:20

É mesmo!
Imagem de perfil

De Rampante a 10.12.2019 às 12:47

O futebol está mesmo cheio de gente "triste"... como se não houvesse problemas suficientes no presente que precisam ser resolvidos, põem-se a falar do passado onde ambos possuem uma história manchada... já parecem os "desocupados" das redes sociais, que passam o tempo a implicar e a ofender a cada palavra que lêem...

Mas a culpa é dos órgãos disciplinares que abriram a caixa de pandora ao estabelecer inicialmente que newsletters não são passiveis de sofrer "castigo" por não serem "comunicações oficiais"... agora olha... aturem-nos...
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 10.12.2019 às 16:18

Caro Rampante,
E pode dizer qual é a "história manchada" do passado do Benfica?
Sem imagem de perfil

De jose carlos a 10.12.2019 às 16:30

nasceste hoje de manha..so pode
Imagem de perfil

De Rampante a 10.12.2019 às 16:47

Caro ChakraIndigo,

existem muitas histórias que mancham a história do Benfica...
Se o caro não conhece nenhuma é porque com certeza se encontra alheado acerca dessa instituição... como tal não existe aqui (em mim) qualquer interesse em discutir esses assuntos consigo...
Um dia que o caro esteja mais informado, talvez, mas só talvez, possamos vir a conversar acerca desses temas.

Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 10.12.2019 às 17:25

Resposta típica para desconversar.

Não só conheço muito bem a história do meu clube, como a do Sporting muito melhor que a maioria dos sportinguistas com quem falo. E são bastantes, inclusivamente familiares.

Eu tenho um grande respeito pelo Sporting, e pela maioria dos sportinguistas que conheço, mas não é por isso que não reconheço a mentalidade anti-benfiquista que se instalou no clube depois da saída desse grande Homem e Presidente que foi João Rocha.

Basta falar com sportinguistas com menos de 40 anos, que nem sabem quem foi Vasques, nem Ramalhete, nem Aniceto Simões, apenas papagueiam que o Eusébio foi roubado ao Sporting, e que o Benfica "assassinou" um adepto do Sporting.

A história de qualquer instituição tem períodos mais negros, tem falhas, tem manchas deixadas pelos que transitoriamente a servem, ou dela se servem. Não me parece que o seu comentário pretendesse evidenciar esse facto.

Se assim não foi, desde já me penitencio.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 10.12.2019 às 13:50

Luta de Gangs……!!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 10.12.2019 às 13:50

Pelo territorio.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.12.2019 às 15:42

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Verdesangue a 10.12.2019 às 16:15

Ah sim o Pereira Cristovão que Godinho Lopes sabendo que estava disputando as eleições contra o deus dos delinquentes das claques, vai buscar para a sua lista numa tentativa de também ele trazer um delinquente da mesma area ou setor, na vã tentativa de "adoçar a boca" a essa perigosa gente. Porem foi o seu primeiro e talvez maior erro de sua presidência e para alem disso de nada lhe valeu, pois logo na noite das eleições esses "tristes" personagens insatisfeitos com o resultado que democraticamente se verificou, lhe aqueceram os "costados" com valentes palmadões....
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 10.12.2019 às 16:15

Tudo na maior..... uns roubaram á fartazana nos anos 80 e 90, outros roubam á fartazana neste século..... É TUDO GENTE SÉRIA.....
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 10.12.2019 às 16:28

Já nem vale a pena escrever sobre este tema, só me parece que tentar fazer uma colagem do Benfica à ditadura é um ultraje. Mais uma "verdade" de Goebells, difundida pela propaganda portista.

Esse assunto já foi mas que desmistificado, inclusivamente por sportinguistas oposicionistas do antigo regime, como Alfredo Barroso e Vasco Lourenço

"Duas opiniões insuspeitas

Numa crónica publicada no jornal “Record”, em Maio de 2000, Alfredo Barroso,
conhecido sportinguista e homem da oposição ao Antigo Regime, criticava os
acontecimentos verificados em Assembela Geral recente do Benfica, no tempo da gerência de Vale e Azevedo, e, a dada altura, escrevia: “E, no entanto, nos tempos da outra senhora, o Sport Lisboa e Benfica chegou a ser considerado como uma referência democrática, um oásis onde coexistiam vozes de todas as origens políticas e em que algumas figuras notórias da oposição ao Estado Novo chegaram a ser membros dos órgãos sociais do clube. Digo isto com tanto mais admiração e à vontade, quanto é certo que sempre fui adepto do Sporting Clube de Portugal, o qual, pelo contrário, era conhecido pelas suas notórias ligações ao Estado Novo e foi quase sempre dirigido por figuras mais ou menos proeminentes da extrema-direita do regime salazarista.

Para grande desespero de alguns adeptos que, por carolice ou amor à camisola, nunca viraram a casaca, apesar dos dichotes e bicadas (mais que justas) de muitos adeptos do Benfica.”
Alfredo Barroso

Uma opinião insuspeita e clara, como a de Vasco Lourenço, um dos militares de Abril, presidente da Associação 25 de Abril, que, em entrevista ao jornal “Record”, publicada nesse preciso dia, de 2007, se afirmava sócio do Sporting há quase 40 anos, e com lugar cativo. A dada altura, respondendo a uma questão do jornalista relativamente a clubes que teriam sido beneficiados pelo (antigo) regime, Vasco Lourenço, embora considerando que nenhum era favorecido, reconhecia: “Os benfiquistas e os portistas
ainda hoje recordam aquele episódio do Góis Mota que, durante um Atlético-Sporting, entrou no balneário do árbitro com uma pistola para o ameaçar.

No tempo do Salazar, aí pelos anos 50, o Sporting era o preferido, porque muitas pessoas do regime eram adeptas do clube. Góis Mota, Casal Ribeiro, entre outros. Anos mais tarde, o Belenenses era o clube do regime por causa de Américo Tomás. Mas era injusto dizer-se isso, porque ele era sócio e tentava proteger o clube, mas o Belenenses não usufruía de nenhum benefício.
Foi mais uma imagem que se criou. O Benfica sempre foi o clube do povo, e o Sporting mais de elites”, concluiu este adepto do Sporting."
...........................................................
O Benfica teve presidentes oposicionistas, e também teve dirigentes ligados ao antigo regime, o que é natural, mas o Benfica sempre foi o mais democrático dos grandes clubes portugueses.

É um aviltamento da história do Benfica o que pretende fazer essa associação corrupta.
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 11.12.2019 às 08:13

É impressionante como as pessoas preferem, pura e simplesmente, difundir mentiras renegando a história.

O resto das trafulhices não me interessa. Eu sou completamente contra ao LFV ainda ser presidente do Benfica, por achar que não é uma pessoa séria.

Mas, sinceramente, revolta-me esta mania de associar o Benfica ao Estado Novo apenas por teimosia.

A história prova o contrário!
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 10.12.2019 às 16:44

Eles no inicio da época andavam calminhos, pudera, decorria processo na justiça...... mas como ficou tudo em águas de bacalhau agora é sempre a aviar.....
Os outros foram punidos por corrupção, perda de 6 pontos num campeonato em que venceram por 20 pontos de avanço do segundo..... é tudo gente séria......
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.12.2019 às 17:56

Existia uma teoria de que foi o ex presidente do Sporting a tornar o discurso no futebol uma coisa belica e feita na Internet.... entretanto essa pessoa foi expulsa e o clima do futebol português não mudou.... só mudou uma coisa, acabaram as análises longas e destruidoras sobre a necessidade de mudar os dirigentes. Discute-se sempre o problema que é o Sporting.... mas quanto aos 2 rivais tudo é permitido e nada necessita de mudar.
Sem imagem de perfil

De John Wayne a 10.12.2019 às 19:37

Essa teoria nasceu e existiu (aliás, existe) só na sua cabecinha dourada. Ninguém no seu perfeito juízo alguma vez poderia ter dito isso que desbragou no seu texto, mas antes que a postura do seu ídolo só veio aumentar a conflitualidade no futebol português. Se aumentou, é porque já existia.

Já agora, quando é que vai deixar de carpir mágoas por Bruno de Carvalho? Está feliz com a situação para a qual o consulado do homem arrastou o seu clube? Deve estar, já que passa o tempo a falar nele. Parece o Telmo Pais a atazanar a vida de Madalena de Vilhena com os seus constantes agouros e referências ao passado.

Cresça, homem, e veja lá se encontra um novo amor. Aliás, o seu «único» amor neste capítulo deveria ser o clube de que se diz adepto.

O jovem e o Indiana dos Andes produzem aqui, volta não volta, um espetáculo deprimente.
Sem imagem de perfil

De Tozé a 11.12.2019 às 03:56

Pinto da Costa está muito longe de ser inocente mas ao pé de LFV e dos seus capos é um menino de coro.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo