Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os eternos burros de secretaria

Rui Gomes, em 16.03.21

img_192x192$2015_10_12_15_23_37_1005745_im_6366770

"Recordam-me, no Twitter, o que aconteceu a Paulo Bento, no Sporting, em 2005, a Jorge Costa, no Sp. Braga, em 2007, ou depois disso ainda a Marco Silva, no Estoril, a Nuno Espírito Santo, no Rio Ave, a Paulo Fonseca, no Paços de Ferreira, a Pedro Emanuel, na Académica, a Sérgio Conceição, no Olhanense, ou a Silas, também no Sporting. Vão ser agora todos castigados para Rúben Amorim não se sentir tão só. Os eternos burros de secretaria...".

Alexandre Pais, em Record

publicado às 03:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 16.03.2021 às 11:37

Pelos visto se castigarem com varios anos a todos os que não têm os 4º nível vamos ficar muito reduzidos de treinadores e assim os Pereiras e os Paciências ficam com mais possibilidades de voltarem a treinar e continuarem dessa forma a fazerem as tristes figuras que quando eram treinadores.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 16.03.2021 às 15:25

Rui Gomes

Lendo o nome destes treinadores estamos em presença da fina flor da sua profissão. Ficaram de fora o Carlos Queiroz (na formação) e o fulano de Setúbal, que é considerado um dos melhores do mundo , mais o actual Seleccionador Nacional.. e . o Leonardo Jardim. e mais uns jovens que estão a dar que falar.
Se tivessem castigado estes 7/8 treinadores com a pena máxima, (6 anos) teria sido uma catástrofe para o futebol, pois uns mais que outros revolucionaram o futebol em Portugal e alguns são hoje badalados em todo o mundo onde existe uma bola rodar. . Em todas as profissões as Associações, as Ordens etc. etc. em vez de facilitarem o acesso à profissão, fazem o contrario. Depois acontece como agora , que temos falta de médicos, de enfermeiros e outros profissionais, onde os alunos no primeiro caso estão barrados pelas notas , pelo número de concorrentes, pois só entram uma minoria e depois quem se lixa é o mexilhão. neste caso os doentes que morrem sem assistência médica desejável. A culpa não é do SNS é de quem dirige estes Organismos do Estado. Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De RCL a 16.03.2021 às 21:38

Onde isto já vai............ de treinadores de futebol chegámos aos médicos.
Felizmente os médicos tem uma Ordem na verdadeira acepção da palavra.
A maioria dos médicos tem uma formação de excelência, provaram nesta epidemia, foram com os outros profissionais, à cabeça os enfermeiros, autenticos heróis.
O nosso Serviço Nacional de Saúde foi a maior conquista do 25 de Abril
O que seria do país há 50 anos com este virus?
SL
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 17.03.2021 às 09:23

Falei nos médicos, porque na CS deram como exemplo estes profissionais de saúde., que não podem exercer a sua profissão sem fazerem o seu curso e os respectivos estágios. Todas as pessoas atentas sabem a dificuldade que os alunos têm para entrar nas respectivas faculdades, pois são barrados pelas notas de cada um e pelo números sempre diminutos de aceitação de inscrições.
Ninguém me convence, que um aluno de 20 valores é melhor médico, que um que tenha menos pontuação. O Rúben Amorim não tem o 4º grau, mas já provou que num ano de profissão fez mais que a maior parte dos representantes da associação, que fizeram queixa de um colega e pior que isso querem que ele não exerça a sua profissão. . Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De RCL a 17.03.2021 às 12:06

Caro Fernando Albuquerque
Ainda não existe "medidor de vocações". Os estudantes do secundário fazem todos exames nacionais e subemetem-se a concurso documental, Tem 6 hipoteses de escolha, são colocados de acordo com as médias. A de medicina nem é a mais elevada.
Seria "perigoso" abrir faculdades de medicina privadas que só iriam beneficiar quem tivesse mais rendimentos económicos. E depois, poderia haver exames ao Domingo à tarde como em alguma outras privadas.
Talvez mais uma faculdade? no Algarve? Mas o rigor terá de ser pedra base na formação dos médicos, e a Ordem dos Médicos está atenta.
Portugal tem 1 médico/ 515 habitantes, ocupa o 3º lugar na CEE.
Não é por aí, os problemas são outroS.
SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo