Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os milhões de Jorge Jesus

Rui Gomes, em 06.06.15

 

FGWAESWES.jpgsoccer_ball.jpg

 

Como era de esperar, o escopo das conjecturas centra-se no salário que Jorge Jesus vai receber durante os três anos do vínculo contratual que assinou pelo Sporting. Muito provavelmente, como é a norma nestas questões, nunca saberemos ao certo, mas diversas versões estão a ser noticiadas. Esta é apenas uma dessas versões:

 

Jorge Jesus vai ganhar 2,650 milhões de euros líquidos por ano, que implica um salário bruto anual de 5 milhões de euros. Deste montante 53% é para impostos: 38,5% de IRS - 11% para a Segurança Social e 3,5% relativos à sobretaxa de IRS.

 

Ao supracitado valor, acrescem, ainda, prémios por objectivos nas provas nacionais e europeias em que o Sporting participa. Não há prémio de assinatura, os 5 milhões de euros já contemplam direitos de imagem e o primeiro salário será pago em Agosto.

 

De forma a garantir este vencimento ao treinador, os custos do Sporting elevam-se ao mínimo de 6,187 milhões de euros por ano, já que, como entidade patronal, terá de pagar à Segurança Social 23,75% do salário do seu empregado, nunca menos de cerca de 1,187 milhões de euros por ano. Tendo em conta os três anos de contrato, estamos perante nunca menos de 18,561 milhões de euros de encargo para o Sporting.

 

Bem... a única observação possível é desejar que quem do Sporting fez as contas saiba o que está a fazer e que hajam muitos sucessos desportivos.

 

publicado às 04:10

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


24 comentários

Sem imagem de perfil

De L a 06.06.2015 às 09:18

Muito sinceramente não sei o que é pior, quando nos chamavam clube demasiado elitista ou agora que já nos chamam lavandaria demasiada elitista. O que sei é que o Sporting podia e já devia ter dado muito mais explicações. E a guerra com o eterno rival ainda mal começou.

Um excelente fim-de-semana para todos no Camarote Leonino.
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 06.06.2015 às 09:23

Bom dia,

Ainda tenho as ideias um pouco baralhadas, com a movimentação desta semana. Se esperar uma silly season quente, confesso, que não esperava, tanto calor, tão cedo.

Sobre o Treinador JJ, julgo que fiquemos melhor, no sentido, em que qualquer jogador do Sporting, sabe ao que vai, quando entrar na academia. É para trabalhar e para ganhar.

Esta movimentação, lembra-me e a outros o verão quente de 93, pelo que espero e desejo, que o final, seja muito diferente. Confesso estar algo apreensivo, porque considero o mestre da tática a antítese da identidade do Sporting Clube de Portugal, não estando convicto que o futuro treinador esteja disposto a seguir a filosofia do clube.

Sendo apologista da tese de que uma estrutura forte, torna o treinador forte, a confirmar-se, fico desagrado com a saída de Inácio, deixando-me a pensar, no que mais tivemos supostamente de ceder para obter os préstimos do pastilhas.

Sem dúvidas que estrategicamente, foi um golpe muito bem elaborado, mas, se não ganharmos a Supertaça, com toda a certeza, por muito que alguns digam que não, o balão pode começar a esvaziar. Acredito que iremos melhorar coletivamente, mas, sem colinho e manto protetor, a vida vai ser mais difícil.

Estou entusiasmado no sentido que o que nos transparece é uma candidatura real ao título, aliás, somente esta mudança, faz com que a pasquinada nos considere candidatos - curioso, porque ainda não se sabe com que planteis se vai iniciar o ano -, como acredito que os próprios jogadores vão sentir que têm um treinador que vai exigir o máximo deles.

Financeiramente, sou da opinião que o campeonato português não vale o que se paga por JJ, mas, se existirem as vitórias desejadas e valorização dos ativos, penso que facilmente se recupera o investimento, desde que, não se entre numa espiral desmesurada de contratações com vencimentos proibitivos. Fico no entanto um pouco apreensivo, como justificar perante alguns jogadores, não podermos melhorar os vencimentos em alguns milhares de euros, esperando eu, que os mesmos entendam que JJ tem a capacidade de numa época os valorizar, de forma a serem transferidos por uma verba superior, aquela, que eventualmente poderiam valer à data de hoje.

Sobre a saída de MS, gostava que tivesse sido de uma forma mais limpa, até porque, iria valorizar ainda mais a manobra de Bruno de Carvalho.

SL
Sem imagem de perfil

De Bernardo Salvador a 06.06.2015 às 10:05

Bom-dia!
Acredito que para se justificar/abafar o despedimento do Marco Silva, treinador querido pelos sócios (ainda que não consensualmente), só mesmo a contratação de um treinador cuja competência não deixa dúvidas. E esse é sem dúvida, Jorge Jesus. Fará ele do Sporting uma equipa ganhadora? Tudo vai depender de quantos atletas da equipa B e/ou dos juniores teriam que nascer 10 vezes para fazerem parte do plantel principal e de quais (leia-se quanto custarão) os reforços que certamente irá exigir.
Tenho seguido como sempre o CL e do muito do que aqui leio, a ideia que fica é que não parece que o Bruno de Carvalho, uma vez mais (reconheça-se-lhe o mérito) soube escolher o treinador e, desta vez, com o valor acrescentado de ter sido o melhor treinador a actuar actualmente em Portugal e "sacado" (justamente) ao Benfica.
Permitam-me a provocação: será que o Jorge Jesus vai transformar o Naby Sarr num Garay, de modo a ser vendido ao preço do David Luiz?
Saudações!
Sem imagem de perfil

De m1950 a 06.06.2015 às 10:22

Antes de mais devo louvar a sua inteligência a comentar em todo este processo pois ao contrário de outros já deve ter entendido que este : "de onde vem o dinheiro?" é uma tentativa de humilhação ao clube que está a ser feita na TV , porque parece uma quando uma criança menor chega a casa com algo que não foi comprado pelos pais , quando Porto e Benfica teem investimento ninguém pergunta a razão pela qual , e agora o país está em choque pela minimização que faziam ao Sporting.

O segundo ponto é a coerência pois muitos diziam e eu inclusive que não íamos para a frente sem o investimento , e o investimento pelos vistos apareceu , agora vão ser colocadas provocações de modo a tirar o impacto da dor dos benfiquistas e mentir acerca de mudança no capital da SAD de forma a que o Sporting seja obrigado a dizer de onde vem o dinheiro para dar esclarecimentos como se tivéssemos a falar de um entidade menor.

Nunca ninguém perguntou como é que o Sporting com património superior ao Benfica e ao Porto teve desde há 40 anos menos apoios que os seus rivais.

Parabéns a todos os que tiveram nesta operação para trazer investimento e dar justiça à história do Sporting.

Os mesmo "perguntadores" já querem colocar uma questão de all-in ao Sporting , o Sporting tem menor passivo que o Benfica , e tem maior ativo ao contrário do que se diz , a organização Benfica tem simplesmente um colo maior dos patrocínios que várias forças em Portugal se movimentaram para que assim fosse , sendo a Sagres o mais escandaloso com 12 anos de contrato.

Jesus mesmo não ganhando o campeonato , naquilo que é uma gestão da SAD ser campeão é estar permanentemente na champions , valorizar ativos , e crescer nas receitas fixas e massa critica como venda de camisolas , bilheteira , enfim a marca Sporting saíra valorizada , logo dizer que se não formos campeões é um desastre , é outra estupidez dos que fizeram tudo para anular uma das maiores operações de força da nossa história.
Sem imagem de perfil

De esse antonio a 06.06.2015 às 10:23

Para que não haja dúvidas, sou Sportinguista desde que me conheço. Mas, afinal, JJ é o melhor treinador em Portugal? O que é que fez até agora? Se não fossem as ajudas do 'colinho' teria ganho o quê?
Continuo a pensar que, para bem do Sporting, nem chegará ao Natal.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.06.2015 às 11:37

Sendo verdade e correctos os numeros que o Rui Gomes apresenta no Post temos um facto incontronável o Sporting ficará nestes 3 anos origado a ganhar algo,
titulo(s) ou fazendo boas campanhas na champion. A unica forma de dar sustentabilidade ao investimento.
Estes numeros nao irão resistir á falta de titulos e ás derrotas isso é claro.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.06.2015 às 11:52

A pergunta imediata que se coloca é o que vai passar com os jogadores nucleares da equipa , já não vão ser vendidos? Estou muito curioso
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.06.2015 às 11:53

Jesus irá fazer de Montero um Jonas?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.06.2015 às 11:57

No post anterior (“Jorge Jesus oficializado no Sporting”) Indiano refere que “voltámos à estaca zero” com contratação de Jorge Jesus. E tem toda a razão. O vocabulário que foi gasto durante dois anos para fundamentar uma política financeira e de gestão desportiva vai inteirinha para o caixote do lixo. Chegou JJ e começa uma nova era.

Em termos desportivos não é necessariamente mau, embora receio de modelos que assentam exclusivamente numa pessoa. Neste aspecto, apenas me deixa descansado o facto de reconhecer que JJ sabe delegar funções e competências e avaliar o desempenho de cada protagonista. Desde há dois anos isso acontece pela primeira vez no Sporting pois, BdC, na sua magnificência considera que tudo gira em torno de si, sendo o alfa e o ómega de todo o processo.

Preocupa-me e muito as consequências do ponto de vista financeiro. Não me convenço com a conversa dos capitais próprios da SAD. De facto, neste momento há uma folga financeira que decorre de parte dos 10M€ do empréstimo financeiro e dos lucros da época desportiva. Mas, em breve esse dinheiro estará esgotado e será necessário outro para manter a máquina em funcionamento. Dirigismo kamikaze, chamou-lhe o Indiano. Acertou em cheio, pois arriscou-se tudo na roleta russa.

Duas notas:
1ª Afinal, qual é a diferença, de facto, da nova política financeira do Sporting actual, daquela que foi aplicada por Godinho Lopes? No essencial, consiste na mesma estratégia: investir no limite para multiplicar os dividendos. O busílis é quando o plano fracassa!
2ª Em 1931 o Sporting foi buscar um treinador vencedor ao Benfica. Arthur John que não concluiu a 2ª época. O presidente Oliveira Duarte deciu-se por um novo paradigma e despediu o treinador… depois de elogiar o seu trabalho!
Sem imagem de perfil

De m1950 a 06.06.2015 às 12:19

O Zargo terá de ter atenção a vários pontos , sendo que um deles é por exemplo a conversa que aqui tivemos sobre as receitas do SCP , a política retracionista do SCP que consistia sobretudo na redução de custos tinha um limite , o Sporting apresentava lucros não porque tinha crescido mas sim porque reduzia os custos , hoje vai investir de modo a aumentar o seu volume financeiro.

Não entendo o porque de Zargo comparar esta política a de Godinho Lopes , não estão a ser vendidos passes de jogadores para investir e certamente o crédito a chegar não é bancário , Godinho prometeu 100M só não disse que eram de dívida.

Bruno foi acusado de não ter investimento , pois aí está o investimento. Com Guilherme Pinheiro da KPMG na SAD e com Carlos Vieira não acredito sequer que o Sporting esteja a entrar em caminhos financeiros pouco viáveis, temos uma SAD saneada e com administradores de credibilidade , o que possibilita a entrada de investidores , que tanto se pediu e se dizia que não apareciam.

Sabe o que diz o meu neto(que me faz rir muito) a minha nora quando está a moer-lhe a cabeça: "Mas o que é que foi agora?"
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.06.2015 às 12:53

Amigo m1950

Começo pelo fim: "Mas o que é que foi agora?" E acrescento que até parece que há aqui uns indivíduos como o Zargo que nunca estão satisfeitos com nada!

Há um problema central: foi construída uma narrativa que sustentou uma determinada filosofia para a gestão financeira, desportiva e organizacional do clube. Considerava existirem incongruências e erros graves nessa orientação, mas percebia qual era.

De repente, há uma viragem de 180 graus e um determinado número de dogmas foi pela borda fora. Sobre a parte financeira, a função da "estrutura", o papel do treinador e o próprio banco dos suplentes. Até a conferência de imprensa durou dois minutos! ;)
Numa noite tudo acabou, como se tivesse verificado um golpe de Estado.

Vem o esperto do costume e disse meia dúzia de balelas sobre quase tudo: Marco Silva, proveniência do dinheiro, Jorge Jesus e respectivo pagamento e outras que não disse (o poder efectivo do presidente, o destino de Inácio...).

Entretanto, escolheu-se bem um argumento: fomos aos focinhos dos lampiões! E temos milhões de sportinguistas a repetirem satisfeitos que fomos aos focinhos dos gajos.
O m1950 sabe que esta história de irmos aos focinhos deles é antiga, vem pelo menos desde o tempo do Eusébio, e não me recordo de grandes proveitos para o Sporting.

"Mas o que é que foi agora?" Pois, é uma sensação de que a história está mal contada e que se a bola bater na trave o Sporting vai viver tempos ainda mais difíceis do que o pós-Godinho Lopes.








Sem imagem de perfil

De iorda9 a 06.06.2015 às 13:33

Mas onde é que é dito ou no que te baseias para dizer que é uma viragem a 180 graus ?

Quantos ordenados do Jesus é falta para se atinguir os valor de GL ?

Os custos operacionais no tempo de GL rondavam os 64M / 65M - agora vamos passar de aprox. 22M para um valor que entre entradas e saidas de treinador e jogadores quase que aposto que se situará entre os 28M e 30M

isso não é uma viragem a 180º (quanto muito a 20º ou 30º) e arrisco-me a dizer que com JJ, no minimo o 3º lugar está garantido e com grandes hipoteses de não ficar por aqui - ou seja quase que garantimos participações consecutivas ou no minimo regulares na fase de grupos da champions e basta isso para em termos financeiros termos o retorno do investimento feito
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.06.2015 às 14:46

Amigo iorda9

Este desatino todo porque "no mínimo o 3º lugar está garantido"? Permite que te diga que não havia necessidade!

O JJ não vem para ficar em 3º. Nem em 2º. Verás quem paga a factura se alguma coisa falhar!
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 06.06.2015 às 15:17

Não estou a pôr a fasquia no 3º lugar - nada disso, mas com JJ creio que enterramos de vez a conversa de quem são os 3 grandes e sabes tão bem como eu que o interesse de muitos era ficamos num segundo patamar, com o braga e os campenatos serem disputados a 2

Agora temos mais condições para lutar pelos titulos, mas não partimos da Pole posicion - quanto muito e depende do resto do defeso partimos em igualdade com porto e benfica - até porque em termos de orçamente continuaremos de certeza a ser o 3º orçamento e provavelmente muito distante pelo menos do porto

Agora se a vinda de JJ significar um bom aumento de receitas e faltar o titulo de campeão - sinceramente não sei como reagirão os adeptos, mas o primeiro a pagar a factura é BC - mais do que o proprio Sporting - a vinda de Jesus é um risco maior para BC do que para o clube- isso sem duvida
Sem imagem de perfil

De m1950 a 06.06.2015 às 13:44

Não me parece uma questão de ir ao focinho , muito menos que estejamos a colocar ó futuro financeiro do clube em causa , eu digo isto pelos resultados apresentados até agora e pela competência ímpar desde que o Sporting tem SAD com que teem sido efetuadas as coisas.

E peço desculpa por me repetir , o Bruno de Carvalho teria de apresentar soluções de investimento mais tarde ou mais cedo , tal como disse a política retracionista tem limites , o Sporting não cresceu como se diz nos últimos tempos , emagreceu e deu lucro mas o volume de negócios não teve alterações significativas , para aumentar esse volume tem de investir e ganhar a maioria dos investimentos que vai fazer , é possível investir e ter rigor financeiro se a situação da SAD estiver saneada.

Não compreendo a razão pela qual se fazem comparações com Godinho Lopes , que teve uma política onde nem sequer conseguia assegurar massa salarial , vendia passes para sustentar os mesmos jogadores , a única coisa que Godinho teve foi acesso a crédito , e pela situação de Portugal hoje não me parece que o Sporting esteja a fazer investimento com dinheiro emprestado pelos bancos.

Financeiramente o Sporting está estruturado para ter proveitos acima dos custos mesmo sem o negócio principal das SADs - a transação de jogadores. É esta a diferença nas contas de SCP , SLB , e FCP , primeiro na metodologia com que calculamos os nossos ativos intangíveis como jogadores , nós apresentamos os ativos numa avaliação pelo preço de aquisição , enquanto o Benfica dava mesmo valores aos jogadores através do seu fundo , Benfica Stars Fund , onde era acionista , por exemplo compraram 20% de Cardozo por 4M , o que quer dizer que nas contas que o Benfica faz para dizer "temos maior ativo que passivo" , o Benfica contava com Cardozo a valer 20M , depois foi vendido a 5M segundo me lembro. Já no Sporting , o William Carvalho vale zero euros , por ter sido um jogador que veio da formação. É neste negócio de transação de jogadores que temos de crescer , de modo a aumentar também a nossa receita fixa como são os patrocínios valorizando a nossa marca , que é o que JJ vem fazer.

Com JJ a SAD do Sporting será sempre campeã , pois vai estar todos os anos na champions , a valorizar jogadores , a valorizar o próprio emblema do Sporting , ser campeão será uma questão apenas emocional para os adeptos, para uma SAD ser campeão é isto.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.06.2015 às 14:52

m1950

Surpreende-me a sua credulidade relativamente ao futuro próximo do Sporting. Para além de uma narrativa parcial do que se passou no clube, não pondera a possibilidade da bola bater na trave e não entrar.

Sem ofensa, vejo semelhança no seu discurso e no dos sportinguistas que apoiaram os tempos megalómanos de Godinho Lopes!
Ressalvo que verifico apenas semelhança e que não estabeleço qualquer vínculo doutro género e que não permite qualquer extrapolação.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 06.06.2015 às 17:40

Esteja à vontade Zargo.

Mas de facto dou credibilidade às finanças do Sporting , não tenho qualquer motivo para desconfiar de nada , com todos os exercícios operacionais positivos até agora , ainda para mais com administradores como Guilherme Pinheiro da KPMG e Carlos Vieira , o primeiro está lá pelos creedores para a execução da reestruturação financeira, e ainda há o da Holdimo.

Não só não vejo qualquer paralelismo entre a situação com Godinho , como não entendo qual é outro lado da questão para atribuir parcialidade na minha leitura.

"Bater na trave e não entrar" é a cultura actual do Sporting que JJ vem para quebrar , o lema dos derrotados , dos quases , do parente pobre dos grandes do futebol português.

Financeiramente o Sporting vai crescer com Jorge Jesus , porque uma SAD é campeã , estando na liga dos campeões , valorizando os seus ativos e a sua marca de modo a obter mais apoios financeiros como patrocínios , e nesta matéria Jesus foi Hexacampeão no Benfica , e não vejo hipótese de não o ser no Sporting , só se não lhe forem dadas condições de trabalho , o que não me parece o caso. Tudo vai aumentar no Sporting , exigência , adeptos no estádio , número de sócios , basicamente , JJ é o investimento que vai ajudar a incrementar o volume financeiro do SCP , na tal conversa que já tivemos.

Este era o meu desejo é normal a minha crença que tudo irá correr bem.
Sem imagem de perfil

De Leao de Coimbra a 06.06.2015 às 12:36

"BESI mandatado para vender 21% da SAD." 30% da Holdimo + 21% = 51%...
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 06.06.2015 às 13:12

O caro leu o rodapé da noticia...eu, li o conteúdo que diz em grosso modo o seguinte.

É um aumento de capital de 18 Milhões de euros, que estava previsto e aprovado em Assembleia Geral pelos Sócios do Sporting, ainda antes de ontem Carlos Vieira afirmou que o Sporting não vai perder a maioria. O risco de perder a maioria, poderá se dar em 2026 penso eu, se o Sporting não conseguir pagar os 130 Milhões das VMOCS.

SL
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 06.06.2015 às 13:17

Só faltou dizer que o JJ vai para o SCP :)!

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo