Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




OS NOSSOS CAMPEÕES de 2021 (20)

Julius Coelho, em 20.07.21

"Os Nossos Campeões de 2021"... é uma colecção de 27 posts, exclusiva do Camarote Leonino, que tem como finalidade homenagear todos os elementos do futebol profissional do Sporting CP, pela conquista da Liga NOS 2020/21.

O leitor pode escrever a sua opinião sobre a importância de cada elemento campeão que nós apresentamos nesta colecção, registo que ficará para a bonita história deste espaço.

process.jpg

GONZALO PLATA, 20 anos, 1.78m, avançado extremo direito/esquerdo, internacional equatoriano, no Sporting desde 2018 com contrato até 2024, utilizado em 9 jogos da Liga, 1 como titular e 8 como suplente/199 minutos, 1 golo,1 assistência, notas do Camarote (Notas de Julius) 3.2 média.

Os adeptos do Sporting gostam muito do seu futebol, da sua irreverência, dos seus dribles em curtíssimos espaços, jogador de grande explosão, que arranca com facilidade com a bola nos pés provocando o caos nas defesas adversárias, castigando-os muitas vezes com cartôes amarelos mas que, ao mesmo tempo, mostrou tremenda imaturidade.

Desde que chegou à selecção principal, passou a ser um ídolo. Os equatorianos  depositam enorme esperança no seu futuro. Talvez por isso, não teve tino na cabeça e quis ter a lua muito depressa antes de fazer a viagem até lá.

Em Janeiro, sofreu um tremendo revés quando fez finca pé para o deixarem sair para a Liga espanhola e com isso foi-lhe decretada a travessia no deserto. Foi despromovido à equipa B, o que o fez desaparecer das opções do treinador Rúben Amorim durante três meses, desde o fim de Fevereiro a fins de Abril.

Reapareceu precisamente no que todos consideram o jogo do título com aquela fantástica vitória da equipa em Braga.

Parece ter compreendido a lição, apresentou-se com mais humildade e disposto a aceitar as regras do treinador e do grupo e dessa forma voltou a ter oportunidades. Terminou a época com um golo de soberba execução na última jornada, na goleada ao Marítimo.

É, sem dúvida, dos jovens que os adeptos esperam mais e pode ser que nesta nova época seja o seu momento de explodir em grande nível.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Imagem de perfil

De Leão do Norte a 20.07.2021 às 10:29

Caro amigo Julius,
O Plata é dos jogadores que alimenta o imaginário dos adeptos mas também consegue levar ao desespero os treinadores.
O segredo para o sucesso da sua carreira vai estar na forma como alia a sua magia à disciplina necessária.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 20.07.2021 às 12:32

Está em crescimento, vem do tipo de futebol de rua e necessitava formá-lo, torná-lo mais adulto e mais consistente, tem excepcionais capacidades, mas o ambiente que vive além clube principalmente quando viaja à sua seleção, provocam-lhe sonhos indisciplinados, terá que manter a humildade para os poder realizar um dia.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 20.07.2021 às 12:39

O problema é que tem passado quase tanto tempo na selecção como no clube.
E cada vez que vem precisa de nova formatação!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 20.07.2021 às 12:44

Só depende dele, esta travessia que fez quando foi despromovido á equipa B foi uma lição que ele não vai querer repetir seguramente, quando a cabeça não pensa o corpo é que paga.
Conheço muito bem a América do Sul, o Equador e imagino o que lhe metem na cabeça quando vai lá jogar á sua seleção, terá que crescer e perceber que só mantendo a humildade pode chegar mais longe.
Imagem de perfil

De Greenlight a 20.07.2021 às 11:31

Plata é rápido e muito forte no um contra um. É daqueles jogadores que pode desbloquear um jogo. Agora que temos defesas laterais de sobra, espero que Amorim o coloque a jogar mais à frente onde, de facto, pode render.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 20.07.2021 às 12:38

É forte no um para um e num muito curto espaço de terreno, tem a velocidade de ataque da serpente, pode tornar-se gigante, pode ser trabalhado num futuro próximo, inclusive para carregar a bola mais de trás.
De todas as formas era necessário aprender a defender, passando pelo mesmo processo que passou por exemplo o André Carrillho.

Hoje é seguramente mais e melhor jogador, mais adulto, tem tudo para explodir.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo