Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Paz selada em meia hora"

Rui Gomes, em 05.01.15

 

ngE44CD945-2322-4FC2-BEAF-84BEAC035C4F.jpg

 

O título do post é a manchete de hoje no jornal "A Bola", em uma reportagem da autoria de Hugo Forte, em que descreve o que decorreu na reunião entre Bruno de Carvalho e Marco Silva. Como ele teve acesso a esta informação está no segredo dos "Deuses", mas, confirmando-se a genuinidade da mesma, torna-se por de mais evidente que alguém presente na dita reunião "soprou" essa informação para a praça pública.

 

Em síntese, eis as questões principais que são reportadas pelo jornalista:

 

-  A reunião teve lugar no sábado, dia 3 do corrente, pelas 13h00, na Academia de Alcochete;

 

- A iniciativa da reunião partiu de Bruno de Carvalho;

 

- A reunião não durou mais de meia hora;

 

- Marco Silva anuiu ao encontro, pois também teve consciência de que protelar a situação de guerra fria entre presidente e treinador era insustentável;

 

- Bruno de Carvalho ouviu diversas sensibilidades e quase todas se mostraram contrárias ao despedimento de Marco Silva;

 

- A resolução de Bruno de Carvalho para despedir o treinador foi tomada no dia 26 de Dezembro, quatro dias depois da outra reunião entre as partes;

 

- Nessa outra reunião, Bruno de Carvalho exigiu que Marco Silva se retratasse das palavras por ele proferidas após o jogo com o Nacional;

 

- Na reunião deste sábado, Marco Silva tentou esclarecer as questões que se levantaram na sequência das declarações públicas e nos escritos de José Eduardo;

 

- Marco Silva ainda mais tentou esclarecer a não existência de qualquer declaração de repúdio, por parte do Conselho de Administração da SAD;

 

- Não houve tempo para a abordagem de muitas questões, inclusive da questão de reforços em Janeiro;

 

- Marco Silva gostava de ver reforçado o centro da defesa com um jogador experiente e também não veria com maus olhos a aquisição de mais um jogador para o centro de ataque, uma vez que vai perder Slimani nos próximos tempos;

 

- Em resumo, posições foram clarificadas, sempre no pressuposto que os interesses do Sporting estavam acima de qualquer ego.

 

Bem... meia hora não dá para muita coisa mas, pelos vistos, foi o suficiente para "selar a paz", pelo menos no imediato. O jornalista refere que Marco Silva anuiu ao encontro de sábado com o objectivo de resolver o diferendo entre as partes. Enquanto estes sentimentos são perfeitamente lógicos e sensatos, teria sempre de anuir a uma reunião convocada pelo presidente, em representação da entidade patronal.

 

De resto, pela informação disponibilizada, pouco mais pode ser apurado neste momento, além, evidentemente, da mensagem do presidente desse mesmo dia.

 

publicado às 16:57

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


25 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.01.2015 às 20:14

No seu caso, em particular, ficaria grato com o Postiga " !

Meu caro, se não quer acreditar no que está à frente dos olhos, nada o vai convencer.

A única coisa que não se conhece, publicamente, mas que também não é segredo algum, são os detalhes sobre as diferenças de opinião que já se arrastam há algum tempo, pelo desejo de BdC de ter uma parte mais interventiva no dia-a-dia da equipa. Tudo o resto é bem claro, não obstante alguns exageros por parte da imprensa.

O presidente provocou este episódio e decidiu, indiscutivelmente, despedir Marco Silva. As razões que o levaram a recuar já foram aqui extensivamente debatidas. E isto eu soube sem ser por intermédio da comunicação social. Aliás, até é um facto indubitável, que só apoiantes de BdC como o Petinga, recusam aceitar.

Mais nada posso/devo avançar neste momento.


Sem imagem de perfil

De Petinga a 05.01.2015 às 20:45

Quer dizer, BdC quis despedir MS mas no preciso momento em que A Bola colocou isso no seu site foi à Sporting TV dizer que isso era mentira. E nao despediu MS. Que facto indubitável, este... tudo é bem claro, como escreve... "alles klar, wie trübes wasser" como por aqui se diria.

Quando nao consegue sustentar a sua argumentacao, o Rui tem tendencia a tentar colar rótulos às pessoas. Deixe-se lá dessa de apoiante de BdC - que raio de apoiante, este, que escreve que BdC cometeu erros neste processo e saiu muito mal visto de toda esta história... o
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.01.2015 às 21:39

Como queira, não vou insistir mais com os mesmos argumentos.

Curiosamente, todos aqui no blogue, e algures, porventura, o conhecem como um devoto apoiante de BdC, mas até isso nega. Tudo bem.

P.S. O Bruno veio a público, na ocasião, negar que Marco Silva estava despedido. Nunca negou, então ou posteriormente, que não tivesse sido essa a sua intenção.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo