Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




AntonioCosta20.jpg

O Governo vai permitir o regresso da Liga NOS, que foi suspensa em 12 de Março, após 24 jornadas, a partir de 30 e 31 de Maio, e da final da Taça de Portugal, mas não da 2.ª Liga.

Faltam disputar 90 jogos do principal escalão, que é liderado pelo FC Porto, com um ponto de vantagem sobre o Benfica, assim como a final da Taça de Portugal, que vai opor Benfica a FC Porto.

Na altura da suspensão, Nacional e Farense ocupavam os dois lugares de subida na 2.ª Liga, com os madeirenses no primeiro lugar, com 50 pontos, mais dois do que os algarvios.

1.ª - Porquê a 1.ª Liga e não a 2.ª?

2.ª - Porquê a final da Taça de Portugal, se todas as outras provas sob a alçada da Federação Portuguesa de Futebol foram canceladas?

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


31 comentários

Sem imagem de perfil

De aracaçu a 01.05.2020 às 14:46

Não faz sentido. Se a 2ª liga foi cancelada, e atribuídos os lugares que as equipas ocupavam à data, a 1ª também devia ser. Mesmo que não fosse atribuído o título de campeão. O Porto ia directamente à LC, Benfica à pré-eliminatória da LC, Braga directamente à LE e Sporting à 3ª pré-eliminatória da LE.

Acredito que António Costa ainda esteja a fazer uma forcinha para que o seu clube seja campeão, mesmo que não possam sair às ruas para festejar.

P.S. Fora do assunto, mas realmente há comunicação social que não tem dignidade nenhuma nem um pingo de amor próprio. Depois de há poucas semanas o JJ ter-lhes dito irritado com a perseguição no aeroporto que fossem "levar com o vírus", hoje à sua partida para o Brasil, lá estavam eles a rebaixar-se, como "Cãeszinhos" atrás dele e a fazer-lhe a pergunta do costume quando volta a treinar em Portugal.

Não compreendo este tipo de jornalismo. por isso é que não me interessa se os jornais desportivos estejam em dificuldades, e mesmo assim continuam a fazer capas incendiárias e a dar voz a quem não merece nem percebe de desporto.

Nas 2 áreas mais melindrosas em Portugal, que causam mais excitação e irritação às pessoas, que são a política e o futebol, a grande maioria dos jornalistas dessa área são Péssimos!! Os de cultura, arte, cinema, teatro, música, etc. Dão-lhes de 10 a Zero.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 01.05.2020 às 16:40

O jornalismo desportivo português é um tema que dá pano para mangas!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo